NOTINHAS DA TARDE

Esse é meu

O deputado federal Waldir Maranhão (PP) tem dito que vai brigar pelo comando da Codevasf no Maranhão.

O posto está prometido ao ex-deputado Sétimo Waquim (PMDB), mas Waldir tem dito que o cargo é do PP e ninguém tasca.

Só lembrando: a Codevasf é ligada ao Ministério da Integração Nacional, comandada pelo PP de Waldir.

vieiraTransição em Pedreiras

Assim que assumiu o mandato como prefeita de Pedreiras, Fátima Vieira reuniu todo o secretariado de Totonho Chicote. Ela decidiu não demitir ainda nenhum auxiliar, nem nomear secretários novos.

O objetivo é possibilitar que a nova gestão tenha melhor conhecimento da realidade municipal, numa espécie de transição, a partir das informações de quem já estava no comando da Prefeitura.

Servidores comissionados também não foram exonerados, mas os pagamentos de salários não serão feitos nessa semana, até que a nova prefeita tome pé da situação financeira do Município.

Greve I

dadosEm greve mesmo após a pressão do Governo do Estado – que anuncia a ilegalidade do movimento e ação judicial para barrar a paralisação -, os policiais civis do Maranhão contestam dados do Executivo sobre a quantidade de cargos ocupados e vagos no sistema de segurança pública.

Segundo os grevistas, há um déficit de 743 homens, entre delegados, investigadores, auxiliares, legistas e demais cargos da estrutura.

Veja no quadro ao lado.

Greve II

Desde o início do movimento os policiais também têm divulgado imagens da situação das Delegacias de Polícia do interior do estado.

Eles reclamam de que, em alguns casos, as condições são completamente insalubres.

Veja exemplos dos DPs de Montes Altos e Porto Franco (clique para ampliar).

montes_altos montes_altos2 porto franco2 porto_francoDecisão

O vice-presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, deputado Wellington do Curso (PPS), comemorou hoje (4), a decisão o juiz Clésio  Coelho Cunha, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, que manda a Uema acatar as inscrições de candidatos que ainda não tenham Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no ato da inscrição para o vestibular no Curso de Formação de Oficiais.

A decisão do magistrado acata indicação do popular-socialista na qual solicitava justamente a sensibilidade da universidade UEMA e do Governo do Estado, a fim de que pudessem revogar a exigência da CNH no ato da inscrição.

“Parabenizamos a  louvável decisão do juiz Clésio Coelho”, destacou.

Paço do Lumiar

O contador e blogueiro Neto Cruz, pode ser o mais novo sangue na política do município de Paço do Lumiar.

Morador do município, ele conhece a realidade local, e confirmou pré-caqndidatura a vereador da cidade.

“No momento certo vou escolher a sigla que melhor identifique com a ideia de representar nossa gente da Câmara de Vereador de Paço do Lumiar”, disse.

Baixada

glalbertDurante viagem de trabalho realizada no fim de semana, o deputado Glalbert Cutrim (PRB), assumiu o compromisso de viabilizar, junto ao Governo do Estado, novos benefícios para a população da Baixada Maranhense.

Glalbert assegurou que, já a partir desta semana, trabalhará para que novas ações em favor das cidades que integram a região sejam executadas, tais como a recuperação de trechos da MA 014; asfaltamento da estrada que dá acesso a Pedro do Rosário; continuação da obra de pavimentação da estrada de Matinha até outros povoados e apoio financeiro do governo estadual para que seja colocada em funcionamento a Unidade de Beneficiamento de Pescado do município de Matinha.

“No primeiro semestre, apresentamos vários pleitos em favor da Baixada e muitos deles, hoje, são realidade. Conversei diretamente com a população e com a classe política, que nos pediram apoio no sentido de tornar realidade algumas novas reivindicações. Já a partir de hoje trabalharei visando fazer com que estes pleitos sejam atendidos pelo governador Flávio Dino”, explicou o deputado.

Secretário de Flávio Dino, petista é assaltado e fica “puto de raiva”

romaoUm secretário do governador Flávio Dino (PCdoB) foi assaltado em São Luís, na noite ontem (3), em São Luís e declarou-se “puto de raiva” em sua conta pessoal no Facebook.

Paulo Romão é do PT e atualmente ocupa o cargo de adjunto da Secretaria de Estado Extraordinária da Juventude (Sejuv).

Segundo o petista, no assalto tomaram-lhe o celular.

“Entre ficar com o celular e ganhar uma facada, eu entreguei sem pestanejar!!”, relatou.

Flávio Dino não curtiu.

Sousa Neto colhe assinaturas para a PEC 300 estadual

sousaDepois de esperar, em vão, por uma posição do governador Flávio Dino (PCdoB) a respeito da proposição de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que equiparasse os salários dos policiais militares do Maranhão aos do Distrito Federal, o deputado Sousa Neto (PTN) decidiu, ele mesmo, começar a colher assinaturas para a chamada “PEC 300 estadual”

Na reabertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa, o parlamentar informou que já conta com três assinaturas para a proposição. E reiterou a cobrança ao governador.

“O governador Flávio Dino prometeu construir uma alternativa para a PEC 300 nesta Casa, mas não parece propenso a cumprir sua palavra, por isso estamos colhendo assinaturas para apresentar essa proposta”, declarou.

A PEC 300, em tramitação na Câmara dos Deputados desde 2008, tem como fim o fim de tornar o salário inicial dos PMs do DF o piso nacional da categoria. Mas a matéria enfrenta resistências em Brasília.

Flávio Dino (PCdoB), no entanto, defendeu da PEC em Brasília em dois momentos: quando ainda era deputado federal e quando recebeu líderes da categoria, no ano passado, quando ainda era presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur).

Na segunda ocasião, prometeu, se eleito fosse, “construir” na Assembleia uma saída estadual à PEC 300.

“Primeiro, a gente precisa ganhar, claro. Em a gente ganhando, se até lá vocês não acharem uma saída nacional, a gente constrói uma lá na Assembleia, nada impede”, declarou, então, o atual governador.

Edivaldo Jr. implanta direitos estatutários de professores de SLZ

edivaldo_geraldoO prefeito Edivaldo garantiu nesta segunda-feira (3) a implantação de mais 374 direitos estatutários para os professores da rede municipal. Após o anúncio do chefe do Executivo Municipal, o termo de acordo que estabelece as diretrizes e o calendário de pagamento das gratificações previstas em lei para os educadores foi assinado em reunião na Secretaria Municipal de Educação (Semed), na qual o titular da pasta, Geraldo Castro, representou o prefeito Edivaldo.

“Estamos desenvolvendo a maior implantação de direitos da história do magistério de São Luís. Entendemos e reconhecemos os professores como uma categoria fundamental ao desenvolvimento social e à formação de nossos cidadãos e buscamos maneiras de valorização destes profissionais, a partir da concessão destes benefícios”, disse o prefeito Edivaldo.

O documento oficializado nesta segunda-feira estabelece a implantação de mais 374 direitos previstos no Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) dos educadores. Desse total, 37 são gratificações por difícil acesso, 38 progressões verticais e 299 são adicionais por titulação. De acordo com o documento assinado nesta segunda-feira, as progressões verticais e as gratificações de difícil acesso serão implantadas já na folha de agosto. Os restantes serão concedidos de forma gradativa, respeitando a ordem cronológica de protocolamento dos pedidos administrativos.

“Este é um processo que vem desde 2013, no início da atual gestão, quando implantamos os adicionais, progressões e gratificações que estavam atrasados. Esta é a gestão que vem buscando corrigir os problemas e garantir as condições de valorização e respeito dos profissionais do magistério”, disse o titular da Semed.

Também presente à assinatura do documento, a presidente do Sindicato dos Profissionais do Magistério da Rede Municipal de São Luís (Sindeducação), Elisabeth Castelo Branco, destacou a importância do ato para a categoria. “O sindicato entende que esta é uma conquista da categoria de professores, principalmente para quem está esperando há muito tempo. Para nós, é muito importante que esses direitos sejam implantados”, disse Elisabeth.

A definição de critérios para lotação e remoção de servidores do magistério é outra conquista dos professores garantida pela Prefeitura de São Luís. O anseio antigo da categoria foi contemplado na última semana, com a apresentação da minuta da portaria que estabelece os direitos dos educadores no que diz respeito à lotação e remoção dos profissionais do magistério nas diversas unidades de ensino. O documento foi apresentado em reunião realizada no auditório da Prefeitura de São Luís e que também contou com a presença do secretário Lula Fylho (Governo), Myttz Rodrigues (Administração) e José Cursino Raposo Moreira (Planejamento).

(Da assessoria)

Fábio Câmara: depois de Castelo, Waldir Maranhão

camaraDois dias depois de reunir-se quase secretamente com o deputado federal João Castelo (PSDB) – reveja -, o vereador Fábio Câmara (PMDB) esteve hoje (30) com o presidente estadual do PP, deputado Waldir Maranhão.

O peemedebista figura como pretenso candidato a prefeito de São Luís, mas jura de pés juntos que não tem tratado  de eleições nesses encontros.

Com Castelo, diz que “discutiu a cidade”; a Waldir foi apenas levar seus cumprimentos pela passagem de ano do pepista.

Nunca é demais lembrar que no PP a prioridade de candidatura é da também vereadora Rose Sales.

A JATO… TJ declarou ilegal greve da Polícia Civil antes do início do movimento, diz governo

greve greve2No mesmo dia em que policiais civis do Maranhão iniciaram a greve geral da categoria, o Governo do Estado divulgou informação de que o Tribunal de Justiça decidiu, ainda no ano passado, pela ilegalidade de qualquer movimento paredista da Polícia Civil.

Segundo nota oficial do Executivo, também está mantida multa diária de R$ 10 mil ao Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Maranhão (Sinpol) em caso de descumprimento da ordem judicial.

O governo garante que executará a multa e anunciou nova ação para manutenção dos serviços de segurança pública, já protocolada nesta segunda-feira (3).

A ação pela ilegalidade do movimento paredista foi ajuizada ainda em 2014 quando os policiais anunciaram uma paralisação.

O Sinpol recorreu dessa decisão inicial, antes de anunciar a greve deste ano, mas ela acabou sendo mantida.

Em greve desde as 8h de hoje, investigadores, comissários e escrivães reclamam maior reajuste salarial. Eles tiveram 5% e nenhuma proposta salarial para os próximos anos, como ocorreu com os policiais militares – que tiveram previsão de aumento até 2018 –; e com os delegados, que tiveram um reajuste de cerca de 70% até junho de 2016.

Durante o movimento paredista a classe garante o funcionamento de 30% do efetivo nas delegacias e regionais.

wellingonApoio

Os policiais receberam, também nesta segunda, o apoio do deputado estadual Wellington do Curso (PPS). Ele visitou o Sinpol e ouviu as reivindicações da categoria.

“Independentemente de questões políticas, enquanto parlamentar, estou em defesa dos policiais, dos cidadãos maranhenses, da segurança pública, dos direitos humanos e das minorias. Como membro da Comissão de Segurança da Assembleia, coloco-me à disposição dos demais membros para que juntos possamos mediar a situação e conseguir chegar ao acordo esperado”, afirmou.

Iziane Marques assina com o Sampaio, novo time do MA na LBF

 A jogadora Iziane Marques assinou hoje (3) contrato com o Sampaio Correa, novo representante do Maranhão na Liga de Basquete Feminino (LBF).

Estrela do Maranhão Basquete nas três primeiras temporadas da LBF, ela encabeça agora a equipe que surge de uma dissidência no primeiro time maranhense na liga.

É provável que o estado tenha dois representantes na Liga deste ano.

O anúncio oficial deve ser feito nos próximos dias.

Flávio Dino tenta barrar nomeação de aliada de Sarney para a Pesca

genildeO governo Flávio Dino (PCdoB) segue perseguindo adversários políticos.

A vítima da vez é a ex-secretária de Estado do Meio Ambiente, Genilde Campagnaro.

Indicada pelo PMDB local – com a chancela do ex-senador José Sarney (PMDB) e do deputado federal Sarney Filho (PV) – para a Superintendência da Pesca no Maranhão (órgão ligado ao Ministério da Pesca), Campagnaro é funcionária de carreira da Sema e precisa ser cedida do órgão estadual para o federal a fim de assumir o cargo.

Ocorre que o atual titular da Sema, Marcelo Coelho (PSB), resolveu barrar a cessão.

Para isso, pediu a formulação de um parecer da assessoria jurídica da pasta, baseado num Processo Administrativo Disciplinar (PAD) que, segundo fonte do blog, sequer existe.

Além disso, para tentar dar consistência à manobra, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) protocolou na Justiça Federal ação contra a ex-secretária por supostas irregularidades em um contrato da Sema com a Tramitty Business to Government, na gestão dela.

Esse processo, no entender do Executivo, também impediria a cessão. A ação sequer foi aceita pela Justiça, mas o teor das denúncias vazou rapidamente à mídia alinhada ao Palácio dos Leões.

E assim segue o “Governo da Mudança”…

Detran: empresa contratada não possui veículos suficientes para alugar

detranFuncionários do Detran-MA denunciam que a empresa contratada para alugar veículos ao órgão não tem condições de cumprir o contrato.

O contrato foi firmado com a Marca Representações Comercias Ltda, por R$ 1,9 milhões, após adesão a uma ata de pregão presencial realizado pelo Governo do Tocantins.

A empresa deveria fornecer 27 veículos. Mas apenas oito já foram entregues.

Motivo: como assumiu contratos em outros estados, a Marca Representações não possui carros suficientes para atender a demanda local.

Assim, a empresa aguarda o pagamento da primeira fatura para, só então, adquirir mais veículos e colocar à disposição do órgão.