TJ manda Polícia Civil suspender greve; PF apoia grevistas

O desembargador do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), Kleber Carvalho, determinou hoje (4) que o Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Maranhão (Sinpol) suspenda o movimento grevista, deixando de promover, divulgar ou incentivar qualquer medida que impeça ou embarace a regular e contínua prestação do serviço público inerente à atividade policial desempenhada pelos policiais civis do Estado do Maranhão.

De acordo com a decisão, o descumprimento da determinação judicial incide em pena de multa diária de R$ 20 mil, além do desconto salarial dos dias não trabalhados daqueles servidores que continuarem em greve após a declaração da ilegalidade. O Sinpol tem 15 dias para apresentar contestação.

A ação civil pública, com pedido de antecipação de tutela, foi ajuizada pelo governo Flávio Dino (PCdoB), após a cvategoria iniciar paralisação, por tempo indeterminado, das as atividades da Polícia Civil do Estado do Maranhão.

a98e385815865ab0dceac625d322e801Apoio

Também nesta terça-feira o Sindicato dos Servidores da Polícia Federal do Maranhão (SISPFEM) emitiu nota de apoio ao movimento.

“A notícia de um aumento diferenciado para os cargos integrantes da carreira da Polícia Civil causa grande indignação”, dizem os servidores da PF no comunicado oficial.

Cultura: nomeação de Felipe Camarão é recado de Flávio Dino a Eliziane Gama

elizianeÉ um recado claro à deputada federal Eliziane Gama (PPS) a nomeação de Felipe Camarão como novo secretário de Estado da Cultura – no lugar de Ester Marques, exonerada mais cedo.

Com a mudança de secretários, o governador Flávio Dino (PCdoB) diz à popular socialista que não quer nem ouvir falar das suas indicações para a pasta. E tira-lhe uma força que ela teve no início do governo, ao bancar a indicação da própria Ester para o posto.

Ainda no início de julho, quando já se prenunciava a queda da então secretária da Cultura, apostava-se que Eliziane mantivesse o controle da pasta.

Ela chegou a indicar dois possíveis substitutos: o atual secretário-adjunto de Economia Criativa da Secma, Altemar Lima, e o militante do PPS Paulo Matos.

Dino, no entanto, vetou ambos. E agora, usa a nomeação de Felipe Camarão para dar um “freio de arrumação” na Secma e, ao mesmo tempo, impedir as investidas de Eliziane.

Só não vê quem não quer.

Ester Marques não resiste a crise com setor cultural e cai da Secma

ester_camaraoA jornalista e professora Ester Marques não é mais secretária de Estado da Cultura. Como antecipado há semanas (reveja), ela não resistiu à crise com o setor cultural e foi exonerada pelo governador Flávio Dino (PCdoB).

Para o seu lugar foi chamado Felipe Camarão, que deixa a Secretaria de Estado da Gestão e Previdência (Segep) e tem como missão reorganizar a casa.

Fontes do blog citam “mudanças na rotina administrativa”, promovidas pela ex-secretária, que prejudicaram o funcionamento da pasta.

No lugar de Camarão na Segep assume a atual adjunta, Lilian Guimarães.

Ester Marques, contudo, não sai de vez do governo. Ela ganhou – assim como Paulo Guilherme (ex-CCL) – uma assessoria especial no Governo do Estado.

Turbulência

Foi turbulenta a meteórica passagem de Ester Marques pela Secma. Nos sete meses que esteve à frente da pasta ela acumulou polêmicas com indicados da deputada federal Eliziane Gama (PPS) e, na última semana, enfrentou protestos de vários artistas e líderes de brincadeiras.

Nem o sucesso do projeto “Mais Cultura e Turismo” ela conseguiu capitalizar, já que toda a bem-sucedida ação é atribuída à Secretaria de Estado do Turismo (Setur).

Oficialmente, Flávio Dino diz que, abrigada em cargo de assessora especial no Palácio dos Leões, ela cuidará do PAC Cidades Históricas. A nomeação, contudo, parece mais um prêmio de consolação para evitar (ou anteceder) uma demissão sumária.

Roseana registra em livros suas passagens pelo Governo do Maranhão

Impressos em dois volumes, os livros trazem o registro de tudo o que Roseana Sarney realizou em seus dois períodos como governadora do Maranhão

roseana A ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) registrou em dois livros suas duas passagens pelo Governo do Maranhão. Investimentos feitos no Maranhão nos períodos de 1995 a 2002 e 2009 a 2014  e que transformaram a vida da população maranhense agora estão compilados nas publicações.

roseana2Programas e projetos nas áreas de saúde, educação, agricultura familiar, infraestrutura, emprego e renda, qualificação profissional, segurança, agricultura, indústria, comércio, energia e portos, cidadania e valorização do servidor público estão registrados nos livros que serão lançados em agosto.

As obras detalham as políticas e os resultados alcançados em seus quatro mandatos como governadora do Estado. Princípios e conceitos que nortearam o planejamento estratégico e estudos e pesquisas que embasaram os programas e projetos realizados, além de mapas e fotografias de momentos significativos de sua gestão, dão ao leitor um completo painel sobre o que foi feito nos seus dois períodos de governo.

roseana3Roseana, que está em Brasília, entregará o primeiro exemplar de cada volume para o vice-presidente da República, Michel Temer. As publicações serão disponibilizadas a instituições públicas, bibliotecas, entidades de classe e associações comunitárias.

“O Maranhão terá em mãos um registro transparente de tudo o que planejei, executei e deixei como legado para o povo do meu Estado”, afirmou Roseana.

NOTINHAS DA TARDE

Esse é meu

O deputado federal Waldir Maranhão (PP) tem dito que vai brigar pelo comando da Codevasf no Maranhão.

O posto está prometido ao ex-deputado Sétimo Waquim (PMDB), mas Waldir tem dito que o cargo é do PP e ninguém tasca.

Só lembrando: a Codevasf é ligada ao Ministério da Integração Nacional, comandada pelo PP de Waldir.

vieiraTransição em Pedreiras

Assim que assumiu o mandato como prefeita de Pedreiras, Fátima Vieira reuniu todo o secretariado de Totonho Chicote. Ela decidiu não demitir ainda nenhum auxiliar, nem nomear secretários novos.

O objetivo é possibilitar que a nova gestão tenha melhor conhecimento da realidade municipal, numa espécie de transição, a partir das informações de quem já estava no comando da Prefeitura.

Servidores comissionados também não foram exonerados, mas os pagamentos de salários não serão feitos nessa semana, até que a nova prefeita tome pé da situação financeira do Município.

Greve I

dadosEm greve mesmo após a pressão do Governo do Estado – que anuncia a ilegalidade do movimento e ação judicial para barrar a paralisação -, os policiais civis do Maranhão contestam dados do Executivo sobre a quantidade de cargos ocupados e vagos no sistema de segurança pública.

Segundo os grevistas, há um déficit de 743 homens, entre delegados, investigadores, auxiliares, legistas e demais cargos da estrutura.

Veja no quadro ao lado.

Greve II

Desde o início do movimento os policiais também têm divulgado imagens da situação das Delegacias de Polícia do interior do estado.

Eles reclamam de que, em alguns casos, as condições são completamente insalubres.

Veja exemplos dos DPs de Montes Altos e Porto Franco (clique para ampliar).

montes_altos montes_altos2 porto franco2 porto_francoDecisão

O vice-presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, deputado Wellington do Curso (PPS), comemorou hoje (4), a decisão o juiz Clésio  Coelho Cunha, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, que manda a Uema acatar as inscrições de candidatos que ainda não tenham Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no ato da inscrição para o vestibular no Curso de Formação de Oficiais.

A decisão do magistrado acata indicação do popular-socialista na qual solicitava justamente a sensibilidade da universidade UEMA e do Governo do Estado, a fim de que pudessem revogar a exigência da CNH no ato da inscrição.

“Parabenizamos a  louvável decisão do juiz Clésio Coelho”, destacou.

Paço do Lumiar

O contador e blogueiro Neto Cruz, pode ser o mais novo sangue na política do município de Paço do Lumiar.

Morador do município, ele conhece a realidade local, e confirmou pré-caqndidatura a vereador da cidade.

“No momento certo vou escolher a sigla que melhor identifique com a ideia de representar nossa gente da Câmara de Vereador de Paço do Lumiar”, disse.

Baixada

glalbertDurante viagem de trabalho realizada no fim de semana, o deputado Glalbert Cutrim (PRB), assumiu o compromisso de viabilizar, junto ao Governo do Estado, novos benefícios para a população da Baixada Maranhense.

Glalbert assegurou que, já a partir desta semana, trabalhará para que novas ações em favor das cidades que integram a região sejam executadas, tais como a recuperação de trechos da MA 014; asfaltamento da estrada que dá acesso a Pedro do Rosário; continuação da obra de pavimentação da estrada de Matinha até outros povoados e apoio financeiro do governo estadual para que seja colocada em funcionamento a Unidade de Beneficiamento de Pescado do município de Matinha.

“No primeiro semestre, apresentamos vários pleitos em favor da Baixada e muitos deles, hoje, são realidade. Conversei diretamente com a população e com a classe política, que nos pediram apoio no sentido de tornar realidade algumas novas reivindicações. Já a partir de hoje trabalharei visando fazer com que estes pleitos sejam atendidos pelo governador Flávio Dino”, explicou o deputado.

Secretário de Flávio Dino, petista é assaltado e fica “puto de raiva”

romaoUm secretário do governador Flávio Dino (PCdoB) foi assaltado em São Luís, na noite ontem (3), em São Luís e declarou-se “puto de raiva” em sua conta pessoal no Facebook.

Paulo Romão é do PT e atualmente ocupa o cargo de adjunto da Secretaria de Estado Extraordinária da Juventude (Sejuv).

Segundo o petista, no assalto tomaram-lhe o celular.

“Entre ficar com o celular e ganhar uma facada, eu entreguei sem pestanejar!!”, relatou.

Flávio Dino não curtiu.

Sousa Neto colhe assinaturas para a PEC 300 estadual

sousaDepois de esperar, em vão, por uma posição do governador Flávio Dino (PCdoB) a respeito da proposição de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que equiparasse os salários dos policiais militares do Maranhão aos do Distrito Federal, o deputado Sousa Neto (PTN) decidiu, ele mesmo, começar a colher assinaturas para a chamada “PEC 300 estadual”

Na reabertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa, o parlamentar informou que já conta com três assinaturas para a proposição. E reiterou a cobrança ao governador.

“O governador Flávio Dino prometeu construir uma alternativa para a PEC 300 nesta Casa, mas não parece propenso a cumprir sua palavra, por isso estamos colhendo assinaturas para apresentar essa proposta”, declarou.

A PEC 300, em tramitação na Câmara dos Deputados desde 2008, tem como fim o fim de tornar o salário inicial dos PMs do DF o piso nacional da categoria. Mas a matéria enfrenta resistências em Brasília.

Flávio Dino (PCdoB), no entanto, defendeu da PEC em Brasília em dois momentos: quando ainda era deputado federal e quando recebeu líderes da categoria, no ano passado, quando ainda era presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur).

Na segunda ocasião, prometeu, se eleito fosse, “construir” na Assembleia uma saída estadual à PEC 300.

“Primeiro, a gente precisa ganhar, claro. Em a gente ganhando, se até lá vocês não acharem uma saída nacional, a gente constrói uma lá na Assembleia, nada impede”, declarou, então, o atual governador.

Edivaldo Jr. implanta direitos estatutários de professores de SLZ

edivaldo_geraldoO prefeito Edivaldo garantiu nesta segunda-feira (3) a implantação de mais 374 direitos estatutários para os professores da rede municipal. Após o anúncio do chefe do Executivo Municipal, o termo de acordo que estabelece as diretrizes e o calendário de pagamento das gratificações previstas em lei para os educadores foi assinado em reunião na Secretaria Municipal de Educação (Semed), na qual o titular da pasta, Geraldo Castro, representou o prefeito Edivaldo.

“Estamos desenvolvendo a maior implantação de direitos da história do magistério de São Luís. Entendemos e reconhecemos os professores como uma categoria fundamental ao desenvolvimento social e à formação de nossos cidadãos e buscamos maneiras de valorização destes profissionais, a partir da concessão destes benefícios”, disse o prefeito Edivaldo.

O documento oficializado nesta segunda-feira estabelece a implantação de mais 374 direitos previstos no Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) dos educadores. Desse total, 37 são gratificações por difícil acesso, 38 progressões verticais e 299 são adicionais por titulação. De acordo com o documento assinado nesta segunda-feira, as progressões verticais e as gratificações de difícil acesso serão implantadas já na folha de agosto. Os restantes serão concedidos de forma gradativa, respeitando a ordem cronológica de protocolamento dos pedidos administrativos.

“Este é um processo que vem desde 2013, no início da atual gestão, quando implantamos os adicionais, progressões e gratificações que estavam atrasados. Esta é a gestão que vem buscando corrigir os problemas e garantir as condições de valorização e respeito dos profissionais do magistério”, disse o titular da Semed.

Também presente à assinatura do documento, a presidente do Sindicato dos Profissionais do Magistério da Rede Municipal de São Luís (Sindeducação), Elisabeth Castelo Branco, destacou a importância do ato para a categoria. “O sindicato entende que esta é uma conquista da categoria de professores, principalmente para quem está esperando há muito tempo. Para nós, é muito importante que esses direitos sejam implantados”, disse Elisabeth.

A definição de critérios para lotação e remoção de servidores do magistério é outra conquista dos professores garantida pela Prefeitura de São Luís. O anseio antigo da categoria foi contemplado na última semana, com a apresentação da minuta da portaria que estabelece os direitos dos educadores no que diz respeito à lotação e remoção dos profissionais do magistério nas diversas unidades de ensino. O documento foi apresentado em reunião realizada no auditório da Prefeitura de São Luís e que também contou com a presença do secretário Lula Fylho (Governo), Myttz Rodrigues (Administração) e José Cursino Raposo Moreira (Planejamento).

(Da assessoria)

Fábio Câmara: depois de Castelo, Waldir Maranhão

camaraDois dias depois de reunir-se quase secretamente com o deputado federal João Castelo (PSDB) – reveja -, o vereador Fábio Câmara (PMDB) esteve hoje (30) com o presidente estadual do PP, deputado Waldir Maranhão.

O peemedebista figura como pretenso candidato a prefeito de São Luís, mas jura de pés juntos que não tem tratado  de eleições nesses encontros.

Com Castelo, diz que “discutiu a cidade”; a Waldir foi apenas levar seus cumprimentos pela passagem de ano do pepista.

Nunca é demais lembrar que no PP a prioridade de candidatura é da também vereadora Rose Sales.