Barra do Corda: avô de criança que morreu com diarreia diz que não havia médico em hospital

Familiares do menor Rafael Viana, de Barra do Corda, que morreu no último fim de semana de diarreia após ser atendido no hospital municipal Edson Lobão, contestaram, em entrevista a um programa de TV local, a versão da Secretaria Municipal de Saúde de que a criança teria sido normalmente atendida na cidade.

Segundo Renato Viana e Ronaldo Cardoso, avô e tio da vítima respectivamente, havia um médico na unidade de saúde, mas ele não prestou atendimento. Eles confirmam que levaram a criança inicialmente a um hospita particular, onde também não havia atendimento – um médico conhecido da família ainda tentou socorrer a vítima. Já no hospital administrado pela Prefeitura de Barra do Corda, também não houve quem prestasse socorro adequado.

“Quando a gente chegou os médicos não se encontravam lá. Não teve atendimento, não teve médico. Isso é o que sempre acontece aqui em Barra do Corda há muito tempo. Eu mesmo já fui atendido lá nessa situação. Eu tive que correr pra fora, graças a Deus eu escapei, mas se depender de Barra do Corda a situação sempre vai ser essa”, declarou Renato Viana.

Ronaldo Cardoso acrescentou que quem prestou socorro à criança foram duas enfermeiras. “Na realidade, lá quem atendeu a criança foram só duas enfermeiras. O médico ficou só olhando a criança na mesa, aos delírios, quase falecendo e ele simplesmente nem levantou da mesa nenhuma vez. Foi na hora que eu tomei atitude de retirar ele para Presidente Dutra”, relatou o tio. Foi no trajeto à cidade vizinha que Rafael Viana faleceu.

Veja acima a reportagem completa.

O caso

O caso de negligência com a saúde pública que terminou em tragédia e revoltou a população da cidade de Barra do Corda, no sertão maranhense, foi denunciado aqui no domingo (17) – reveja.

De acordo com  que já havia sido apurado, Rafael Viana havia sido levado ao Hospital Municipal Edson Lobão com quadro de diarreia e vômitos e visivelmente desidratado. Ele morreu simplesmente porque não conseguiram reverter o quadro na cidade.

Segundo a família, eles foram aconselhados por atendentes a levar a criança ao Hospital Geral de Presidente Dutra, que seria o mais próximo a contar com equipe apta ao atendimento. Mas, não resistindo ao quadro, morreu durante o trajeto para a cidade vizinha.

Outro lado

Em nota ao blog, a Prefeitura de Barra do Corda garantiu, ainda no domingo, que havia um médico no hospital – parentes da vítima disseram que não – e que ele prestou atendimento, mas sem conseguir reverter o quadro de diarreia e vômito. Por isso a criança foi encaminhada a Presidente Dutra.

Ainda segundo a nota, o prefeito Eric Costa já orientou o secretário de Saúde a instaurar sindicância e acionar o Ministério Público para apurar as responsabilidades no caso.

15 ideias sobre “Barra do Corda: avô de criança que morreu com diarreia diz que não havia médico em hospital

  1. Rapaz acho que vi você aqui perto da rua da famen. se não era você era um cabra parecido eeeheehehehe

    Um abraco parabens pelo Blog

  2. Realmente a classe medica deixa muito a desejar no quesito educação. Me pergunto se na faculdade tem um cadeira que ensina a ser grosso e mal educado! ou raça do caralho…

  3. Eu trabalho em Hospitais de SLZ e recebo freqüentemente pctes advindos do interior.
    Perguntas:
    1) “dr” Jerônimo, sabedor (acho!?) do potencial de gravidade do caso, por quê não a encaminhou logo para onde tivesse suporte intensivo (Pres. Dutra)?
    2) “dr” Assis, enviou e ACOMPANHOU o pcte em ambulância com suporte mínimo de oxigênio, material de intubação e uma caixinha de psicotrópicos (em caso de PCR) até o destino final??? ou mandou com DEUS, a mãe e uma auxiliar de enfermagem abanando a coitadinha???
    3) “drs da lei” avaliem se as condutas foram as previstas pela Sociedade Brasileira de Pediatria e pelo Ministério da Saúde ou se foram condutas malucas “inventadas” dos “medicuzin” despreparados da Barra do Corda…
    Afirmações:
    1) Quase 100% dos casos complicados que chegam à SLZ são mal conduzidos no hospital de origem…
    2) Não vai dar em nada!!! Já vi muitos casos piores de negligência que nunca foram punidos e o MP e o CRM são quase sempre omissos e coniventes (irmão deste, amigo daquele, pedido do deputado, etc)
    3) Morreu mais um filho de pobre!!! Infelizmente o coitadinho virou um singelo número…

    • Dr. jeronimo sabia da gravidade do caso e encaminhou para o hospital , pois sabia que lá tinha o cateter para o procedimento de urgencia que o caso exigia, mas como no hospital não tinha médico, ou tinha, mas todos sabem que estes só sabes passar cibalena, encaminhou a criança sem nem olhar para o socorrão de presidente dutra….essa é a verdade dos fatos. no trajeto a criança morreu. Prefeito èric, qual o motivo pelo qual o senhor não contratou dr jeronimo e dr. edson, já que estes dois médicos moram em barra do corda????????????Sr. prefeito, pare de colocar questoes políticas em primeiro lugar..respeite o povo mais pobre que foi quem o elegeu….

  4. Gilberto, a morte dessa criança está sendo investigada?
    O Secretario Ricardo Murad já se manifestou no caso?

    Obrigado!

  5. EITA RAÇA DESGRAÇADA ESSA RAÇA DE TELES, É UMA HERANÇA MALDITA COM SEUS FANÁTICOS SANGUESSUGAS. COMPRAM BLOGUEIROS FURRECAS COM DINHEIRO ILÍCITO, VOCÊ PODERIA NETTO FERREIRA CONTEÚDO IMBECIL PODIA FALAR DE ONDE É A FONTE DE TANTO RICURSO DO SEUS DEPUTADORZINHO, OU SERÁ QUE É CAGÃO E TEM MEDO DE ACABAR COMO DÉCIO SÁ? HÁ NÃO ESQUECI, DÉCIO SÁ ERA JORNALISTA COMPROMISSADO COM A VERDADE JÁ VOCÊ É PREOCUPADO EM AGRADAR SEU DEPUTADO HEIM? HEIM? NINGUEM MERECE. SOBRE A MORTE DESSE MENINO RAFAEL BASTA OLHA E ASSISTIR BEM O VÍDEO ONDE O VÔ RENATO E O TIO RONALDO FALAM, ESTÃO QUERENDO INCRIMINAR ERIC COSTA, MAS SE CONTRADIZEM AO MESMO TEMPO E MOSTRAM A VERDADEIRA REALIDADE, PODERIA TER 50 MÉDICOS NO HOSPITAL E NÃO SALVARIAM A VIDA DAQUELE INOCENTE, A TÉ AGORA A PREOCUPAÇÃO É EM ATINGIR DE FORMA RIDÍCULA O PREFEITO, MAS A VERDADE TÁ LÁ NAQUELE VÍDEO FALADO PELA PRÓPRIA FAMÍLIA, SEGUNDO A FALA DO TIO DO MENINO O RONALDO A MÃE DA CRIANÇA RELATOU QUE A CRIANÇA PASSOU A NOITE INTEIRA VOMITANDO E COM DIARRÉIA, DE QUEM É A VERDADEIRA CULPA MEU IRMÃO? PORQUE ESSA MÃE NÃO LEVOU ESSA CRIANÇA PRO HOSPITAL, QUE SEJA DO MEU CONHECIMENTO A CIDADE DE BARRA DO CORDA TEM UM MATERNO INFANTIL E É PRA LÁ QUE SE LEVAM AS CRIANÇAS, E QUALQUER PAI, QUALQUER MÃE SABE QUE NO SEGUNDO VÔMITO A CRIANÇA JÁ ESTÁ PERDENDO LEUCÓCITOS, JÁ COMEÇA A DESIDRATAR, ENTÃO MEUS QUERIDOS A CULPA NÃO ESTÁ EM MÉDICOS NEM EM HOSPITAIS, NÃO CONVÉM AGORA CULPAR A OU B,VAMOS SER NO MÍNIMO SOLIDÁRIOS COM A DOR DA FAMÍLIA, MORREU UM INOCENTE, MAS NÃO VAMOS SER CEGOS EXISTE AÍ NESTE CASO UMA GRANDE MAQUIAGEM, QUE MERECE SER ANALISADA, PREFEITO ERIC COSTA MONTE UMA SINDICÂNCIA MANDE INVESTIGAR O PAI, A MÃE, A EMPREGADA QUEM QUER QUE SEJA NA CASA DESSA CRIANÇA, SABE LÁ O QUE DERAM PRA ESSE MENINO QUE VENHA A TER CAUSADO ESSA INFECÇÃO, ENQUANTO A DR JERÔNIMO ESTAVA NA HORA CERTA NO LUGAR ERRADO TENHO CERTEZA QUE TENTOU SALVAR ESSA VÍTIMA DA MELHOR FORMA MAS NÃO É DEUS, É SIM UM HOMEM, HUMANO NÃO É PERFEITO, OUVI DIZER QUE A MÃE DA CRIANÇA FALOU QUE ELE TENTOU SALVAR O MENINO DE TODAS AS FORMAS, OU SEJA, QUANDO LEVADO AO HOSPITAL PARTICULAR O MENINO JÁ DEVIA ESTÁ NUM ESTADO CRÍTICO, LAMENTÁVEL. ENTÃO NÃO VAMOS TAPAR O SOL COM A PENEIRA MEU POVO E VAMOS CUIDAR MELHOR DE SEUS FILHOS.

  6. Sr. Renato Viana Santos.

    Deus realmente te livrou algumas vezes. Deus é Deus de Justiça, Deus te quer vivo, para quem sabe, se arrepender de tudo que você fez. nós colhemos o que plantamos. Deus visita nossas iniquidades até a quarta geração. pense, reflita, entregue sua vida a cristo.