Precatórios: credores são estimulados a cobrar sequestro de verbas do Estado

Num grupo de discussão por e-mail que debate e troca informações pela internet sobre a situação dos pagamentos (ou não) de precatórios pelo Governo do Estado, uma nota enviada neste fim de semana chamou a atenção de leitores do blog.

precatoriosNela, o moderador do grupo anuncia o valor que será creditado nas contas do Executivo amanhã (30) – são R$ 104.129.417,57 – e estimula os credores a “fazer uma visitinha” ao presidente do TJ, desembargador Guerreiro Júnior, para que ele determine o sequestro das verbas.

“Esta semana será outra boa ocasião para o TJMA fazer um sequestro de verbas via BacenJud para começar a pagar a fila de precatórios. Vamos destravar esta fila! […] Favor transmitir esta mensagem para tranquilizar o dr. Guerreiro; pode sequestrar tranquilo, tem dinheiro suficiente no Tesouro!”, diz a mensagem.

E reforça, mais adiante: “Só lembrando que na terça, às 11.00, o Tesouro Nacional repassa mais de R$104 mm ao Maranhão! Dê uma passadinha no TJ e lembre o dr. Guerreiro que é um bom dia para fazer o primeiro sequestro. Vamos destravar esta fila! (sic)”.

É. Cada um joga com as armas que tem.


Uma ideia sobre “Precatórios: credores são estimulados a cobrar sequestro de verbas do Estado

  1. Não adianta estratégia. O desembargador Guerreio Jr. foi à Rádio Mirante e, feito secretário de Roseana, disse que não vai obrigar o governo a pagar precatórios para não inviabilizar o Estado. Ou seja: é o Poder Judiciário submisso ao Executivo, dizendo que não vai cumprir a lei.

Comentários encerrados.