Após testes, PM aprova apenas 162 “excedentes” em São Luís

pmsCandidatos que prestaram o último concurso da Polícia Militar do Maranhão vão se reunir amanhã (12), em audiência na Assembleia Legislativa, a pedido do deputado estadual Wellington do Curso (PPS), para discutir formas de tentar convencer o Governo do Estado a convocar mais “excedentes” para o Teste de Aptidão Física (TAF).

No início do ano, o Executivo anunciou a convocação da 1 mil policiais militares oriundos do certame. Mas, após os testes físicos, apenas 162 foram aprovados para a capital, segundo os “excedentes”.

O objetivo é conseguir fazer com que o Governo do Estado continue chamando candidatos que prestaram o concurso, antes de realizar um novo.


4 ideias sobre “Após testes, PM aprova apenas 162 “excedentes” em São Luís

  1. Se de 1000 convocados apenas 162 conseguiram passar, atesta o despreparo desses excedentes. O sistema de segurança pública já é falha, ainda mais convocando e dando margem pra que excedentes dos excedentes possam vir a assumir, sem o devido preparo. Já que o governador quer tanto aumentar o efetivo, que faça novo concurso. E aos que não foram tão bem, mais uma chance se de preparar e alcançar uma posição melhor e abrir pra que novos interessados prestem concurso.

    • ôhhh meu patrão, é para isso que existe o TAF, para selecionar somente os que estão preparados, e se só 162 passaram é pq eles estão totalmente preparados a entrar na corporação. E se o governador que aumentar o efetivo em caráter de urgência o correto mesmo é usar os excedentes. Se vc não fez o concurso só lamento, estude para quem sabe 2017 ou 2018 você passar na prova, pq esse concurso ainda está em vigência até 2016.

      PS: Espero que no próximo vc fique como excedente para ver se ainda vai ter a mesma opnião.

Comentários encerrados.