NOTINHAS DA TARDE (crise no PTN)

Aluísio emplaca mais um

O PTN tem novo comando no Maranhão. O ex-secretário adjunto de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública, Laércio Costa, assumiu a presidência estadual da legenda, atendendo a convite da presidente nacional, Renata Abreu, e do deputado federal Aluísio Mendes, líder do bloco formado pelo PSDC, PTN e PTdoB na Câmara Federal.

“Aceitamos o convite com o compromisso de expandir e fortalecer o PTN no Maranhão. Hoje já contamos com 88 comissões provisórias e nove diretórios no interior, e vamos definir um cronograma de visitas aos municípios, mantendo contato com as diversas lideranças que poderão aderir a esse nosso projeto”, declarou Laércio Costa.

Crise

A mudança no comando do partido, no entanto, provocou uma crise.

Em nota emitida na manhã de hoje (8), o deputado estadual Souza Neto – que era presidente do PTN até ontem – disse que só soube do troca-troca pela imprensa e avaliou a atitude da direção nacional do partido como um “convite subliminar, rasteiro e covarde para desfiliação”.

Repercussão

O caro leitor pode aguardar que a crise no PTN ainda poderá ter novos desdobramentos, principalmente se for confirmado o direcionamento do partido pró-Edivaldo Holanda Júnior (PDT) em São Luís.

aluguelContradição

O secretário de Estado de Trabalho e Economia Solidária, Julião Amin (PDT), tem vivido uma contradição na pasta que comanda.

Enquanto servidores terceirizados reclamam de salários atrasados – alguns têm até dois meses para receber -, a Setres aluga prédio por R$ 60 mil mensais.

Detalhe: o prédio ainda está fechado, em reforma. Mas a conta está chegando.

Nota: Em nota, a Setres diz que o contrato de aluguel é de “apenas” R$ 30 mil por mês (ah, se o prédio fosse do Edinho Lobão…) e jura que não havia atrasos de terceirizados, embora eles tenham quitado um mês devido apenas um dia antes de enviar o comunicado ao Blog do Gilberto Léda.

Abre o olho, MPT!

Líder

O deputado federal Weverton Rocha foi escolhido ontem (7) para ser o líder do PDT na Câmara em 2016. Mesmo de licença do mandato, Rocha teve a unanimidade dos votos na reunião, dirigida pelo presidente da legenda, Carlos Lupi, e com a presença do ministro das Comunicações, André Figueiredo.

Weverton seria o sucessor natural de André Figueiredo, por ser o vice-líder da bancada, mas como está de licença, o posto ficará com o deputado Afonso Motta até o final do ano. O PDT tem hoje 21 deputados, mas a expectativa, segundo Weverton Rocha, é que chegue a 35 com a abertura da janela partidária.

“Não é fácil ter o reconhecimento da maioria, em qualquer ambiente. Obrigado pela confiança de todos os companheiros de partido”, disse.

Novo caminho?

O jornaista Marco D’Eça anuncia em seu blog que o deputado federal Zé Reinaldo (PSB) já tem novo pupilo.

Depois de abandonar o projeto de eleição da também deputada federal Eliziane Gama (Rede), o socialista agora trabalharia para garantir a candidatura de Neto Evangelista (PSDB).

Há quem diga que essa seja uma estratégia para barrar as pretensões do tucano João Castelo.

Calados

Nenhum deputado deu sequer um pio sobre as acusações feitas por Fernando Furtado (PCdoB) de que há na Assembleia Legislativa quem negocie no TJ, por R$ 100 mil  e R$ 200 mil, decisões favoráveis a prefeitos cassados.

Quem cala…

Esperança

Da vereadora Rose Sales, pré-candidata a prefeita de São Luís pelo PV, em entrevista ao Programa Ponto Final: “Eu não costumo brincar, nem nunca brinquei, com a esperança do povo”.

Recado para alguém?

Candidato?

O deputado estadual Wellington do Curso (PPS) evita tratar especificamente do tema, mas não diz que não quando perguntado se poder ser candidato a prefeito de São Luís.


2 ideias sobre “NOTINHAS DA TARDE (crise no PTN)

  1. Pingback: NOTINHAS DA TARDE (crise no PTN) | Ame Sua Cidade

  2. Pingback: Crise no PTN: e agora Ricardo Murad | Gilberto Léda

Os comentários estão fechados.