Edilázio repudia decisão de Flávio Dino e lamenta fim da Expoema

edilazioO deputado estadual Edilázio Júnior (PV) repudiou nesta segunda, na Assembleia Legislativa, a decisão do governador Flávio Dino (PCdoB) de tirar da Associação de Criadores do Estado do Maranhão (Ascem), o controle do Parque Independência, local onde tradicionalmente se realiza a Expoema.

O tema foi explorado na coluna Estado Maior, da edição de ontem, e ganhou forte repercussão no Legislativo e entre os próprios criadores, que já anunciaram a provável não realização da Expoema este ano. O evento, que já faz parte do calendário tradicional do estado, ocorre sempre no mês de setembro.

Para Edilázio Júnior, mais uma decisão intempestiva e incoerente do governador Flávio Dino.  O Parque Independência estava cedido à Ascem pelo Executivo até o ano de 2026. A cessão se deu por meio de um contrato de comodato, assinado em 1990 e ratificado em 2009.

“Estive na semana passada com o presidente da Associação dos Criadores do Maranhão, senhor José Assub, e ele me falou muito entristecido do que vinha acontecendo, da forma como nós aqui sabemos, ditatorial que o governador Flávio Dino trata todos. Não existe nenhuma justificativa para findar o contrato que existe até o ano de 2026”, disse.

Edilázio afirmou que além de afetar o turismo, o fim da Expoema resultará num impacto gigantesco na economia local, uma vez que o evento movimentava mais de R$ 20 milhões por ano.

“Nós temos um parque de exposição. Fortaleza tem um parque, Teresina também. Nós já não temos mais o Carnaval, não temos mais o São João e agora vamos perder algo que era já tradicional em nosso calendário. Movimentava-se na Expoema mais de R$ 20 milhões e gerava-se mais de 2 mil empregos diretos e indiretos. Estou falando de restaurantes, comércios, operadores de máquinas agrícolas, enfim, tratadores. Mas agora o governador Flávio Dino sem ter o menor diálogo com a Associação dos Criadores, acabou com tudo isso”, completou.

__________________Leia mais

Dino não quer federalização do Itaqui, mas toma Parque Idependência

4 ideias sobre “Edilázio repudia decisão de Flávio Dino e lamenta fim da Expoema

  1. esse não sabe nem aonde fica a expoema, só vivi na lagoa tirando onda, duvido se pedir para esse aí visitar o local aonde funciona a expoema sozinho ele acerta, rapaz, só muito óleo de peroba mesmo.

  2. O espaço está lá, será que os “ofendidos” não tem dinheiro para alugar ? Estão tão quebrados que não podem se coçar ??? Se estiverem, basta ir ao gabinete do palhaço, digo deputado , que ele arruma algum. … Eita Maranhão sem sorte …

  3. ESSE PLAYBOY DEVERIA , EM PRIMEIRO LUGAR, ASSUMIR POSTURA DE POLÍTICO PROBO , DEFENDENDO OS MAIS POBRES , POIS , COM CERTEZA, FORAM ESTES QUE O ELEGERAM, E NÃO OS EMPRESÁRIOS ,QUE SEMPRE SE LOCUPLETARAM DO DINHEIRO PÚBLICO ,COMO OS FAZENDEIROS AMIGOS DA OLIGARQUIA; EM SEGUNDO LUGAR, ELE COM BARBA OU SEM , É RIDÍCULO , QUE SÓ SE TORNOU DEPUTADO ATRAVÉS DA INTERFERÊNCIA DIRETA DA SOGRA DESEMBARGADORA, CHANTAGEANDO PREFEITOS CORRUPTOS DO INTERIOR PARA APOIÁ-LO NA SUA CANDIDATURA À DEPUTADO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *