OPINE! Andrea Murad diz que ludovicenses reprovam mudanças nas avenidas Litorânea e dos Holandeses

andrea_avenidas

A deputada estadual Andrea MUrad (PMDB) comentou hoje (29) a notícias de que o governo Flávio Dino (PCdoB) vai transformar as avenidas dos Holandeses e Litorânea em vias de mão única – cada uma em um sentido (saiba mais).

O projeto foi apresentado ontem (28). Serão investidos R$ 59 milhões nas obras – R$ 55 dos quais oriundos de empréstimo da Caixa Econômica Federal, aprovado pela Assembleia (reveja aqui e aqui).

Segundo a parlamentar, “os ludovicenses não aprovaram” o projeto, classificado por ela como “uma insanidade”.

Como o tema é polêmico, o Blog do Gilberto Léda pede a opinião dos leitores.

27 ideias sobre “OPINE! Andrea Murad diz que ludovicenses reprovam mudanças nas avenidas Litorânea e dos Holandeses

  1. Imagina um turista na litoranea, vai atras de um bar, passou por um que gostou, pra voltar ter q pegar a holandeses! Imagina uma sexta, o cristão quer ir comer uma peixada na litoranea, pegar congestionamento quilométrico por causa do pico, imagina o fluxo de veículos, qnd tiver acidente, n ter outra via pra escoar.. só dá bola fora esse governo.. e outra, pra prolongar até o araçagy, n precisa passar por áreas de dunas? Que são protegidas por lei ambiental?

    • Não é bem assim. Os engenheiros vão fazer estudos minuciosos
      e deve ficar como aqueles retornos de Brasília.
      Fique tranquilo e esqueça os interesses de políticos primam para que projetos de adversários nunca darem certo.

      • rsrsrsrs

        é uma piada né?

        Engenheiros com estudos minuciosos no MA.

        Aqui qualquer obra publica é feita sem projeto executivo. Quem dirá com um “estudo minucioso”.

        rsrsrsrsr

  2. Pois é podia pegar esse dinheiro e prolongar aí sim ele resolvia muito o trânsito… a litorânea não precisa disso é uma via bastante larga os engarrafamentos que acontece é entono da pracinha onde tem os brinquedos, tudo por conta dos carros mal estacionado e pelas paradas para decidas dos veículos….

  3. Se 2018 não chagar logo esse comunista vai mudar a capital do maranhão para rosário, porque aquela ponte do estreito dos mosquitos vai cair. Essa de colocar mão única nessas duas avenidas deve ser ideia de Marcio Jerry. Me compre um bode…

  4. A ideia é ótima. O que tem que acabar é essa mentalidade de interior tipo a dessa deputada. Coisa mais normal do mundo em cidade grande é a adoção de medidas como essa, além de vias reversíveis, número mínimo de retornos nas grandes vias, proibição de estacionar veículos em grandes avenidas,etc.

  5. É impressionante como todos os elevados, túneis, viadutos e avenidas foram feitas por Roseana. E aquela Via Expressa? De fazer inveja em algumas capitais. São Luís precisa de novas ruas e avenidas e elevados também. Onde estão os elevados do Calhau e da Forquilha? Tão anunciados por Holandinha? Holanda e Flávio Dino não têm peito pra fazer nem uma ruelinha, por isso querem fazer essa insanidade. Livra aqui e joga o problema pra outro ponto da cidade. Sem novas vias meu caro, necas de mobilidade urbana em São Luis!!!

  6. Ele vai acabar com a Litorânea. Deixará de ser um lugar aprazível e agradável para viver o inferno do trânsito urbano de massas.
    Provavelmente quer deixar a marca de ter instalado o primeiro BRT do Maranhão. Embute o equívoco de DIRECIONAR ERRADO ESSE TRANSPORTE DE MASSA. Explico: O Araçagy/Raposa tem um quantun de demanda de passageiros que não corresponde à grande massa da Ilha. Ou seja, pretende instalar o transporte de massa onde a massa é pouca, se comparado com a Área Itaqui-Bacanga ou Cidade Operária-Olímpica . Você pode até pensar em deslocar o fluxo Cidade Operária-olímpica para o Araçagy, para que lá as pessoas tomem o BRT, mas é uma volta tão grande que pouca gente o fará. Vai criar elefante branco. Basta ele ver que há 20 anos se fala do Araçagy como ” o futuro”, só que este não chegou e nem chegará nos próximos 20 anos. Até hoje o Colégio Maristas/Araçagy pena para se manter. Os terrenos no Araçagy/Raposa são caros, ele não vai conseguir instalar grandes conjuntos populares naquela área.

    • A intenção é dá um transporte de massa de qualidade para que os donos de veiculo deixem seus carros em casa, como nas grandes cidades pelo mundo à fora. Não se faz mudanças estruturais pensando a curto prazo.

  7. Provavelmente está disposto a pagar o preço do desgaste sofrido por Hadad em São Paulo, com medidas que achou modernas e necessárias mas … na contramão da opinião geral.
    Que comece pela extensão da Litorânea, essa sim, desejada por quem pensa grande e no futuro, dos negócios, do turismo etc … que geram empregos.

  8. Algo precisa ser feito pra melhorar o trânsito na região e aproveitar mais a litorânea. Fazendo bem feito, acho que pode dar muito certo e ser bem positivo, a exemplo do que ocorreu na Beira Mar de Fortaleza e na Boa Viagem, em Recife.

  9. Gilberto, seria interessante você postar parte ou detalhes do projeto para termos uma opinião formada sobre o assunto, tipo quantos retornos de quadra vai ter, como ficará o início e o final de cada via(pode haver estrangulamento em horários de pico) a pavimentação da litorânea está preparada para aguentar tráfego pesado e intenso, como ficará as áreas de estacionamento das duas vias, etc… etc… etc…

  10. Aprovado a cidade tem que crescer 4 vias de escoamento uma delas será de estacionamento. O Presidente da Mob é um visionário com as respectivas habilidades para transformar a mobilidade urbana da capital e do interior do Estado.

  11. Não só é uma boa idéia, como deveriam estender o mesmo para a dupla Daniel de La Touche/São Luis Rei de França e São Marcal e Kennedy/Franceses e Getúlio Vargas

  12. Tudo depende de uma avaliação inicial do tráfego nas duas avenidas, com todos os seus detalhes de contagem volumétrica de tráfego e outros fatores.
    Você olhando o projeto de longe, é muito lindo. Entretanto, acho q deveria ter sido feito uma consulta popular sobre o projeto, porque afeta vários setores sendo o principal o TURISMO da região.
    Voltando o projeto, pegaram o exemplo de varias cidade para realizar o projeto em vez de fazer um estudo detalhado do mesmo. Como vai ficar a ligação da Litorânea com a Holandeses e no sentido contrario? E muito bom você ter 04 ou 05 faixas em um único sentido, o problema e na ligação das mesma onde vai ocorrer afunilamento do trânsito, gerando novamente enormes engarrafamentos.
    Essa é a minha visão de longe dos projetos, pois não tive acesso ao detalhamento do projeto apresentado.
    Grato!

  13. O engraçado que as pessoas comentam, sem se quer ve o projeto é a mania dos defensores de Dino e qQualquer outra família contra. Aqui so tem engenheiro de transito, é cada uma
    Como vou ser contra ou da uma opnião sem ver o projeto?

  14. O prolongamento da Litorânea até o bairro do Olho D’água é muito necessário mas na avenida dos Holandeses bastava acabar com os enormes retornos redondos e fazer cruzamentos com semáforos e retornos de quadra que resolveria o problema da lentidão do trânsito. Esses retornos enormes da Litorânea e da Guajajaras não existem mais em nenhuma outra cidade do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *