VÍDEO! Desembargador agride casal homoafetivo em São Luís

O desembargador Jaime Ferreira de Araújo – colocado compulsoriamente em disponibilidade em 2014, pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), após assediar sexualmente uma candidata a juíza (reveja aqui e aqui) – foi novamente denunciado ao CNJ.

Agora, pesa contra ele acusação de agressão a um casal homoafetivo, ocorrida em outubro do ano passado. O corregedor nacional de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, determinou que Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) colha do magistrado informações sobre o ocorrido.

Jaime Ferreira foi denunciado após agredir, verbal e fisicamente, o casal Vinicius Martins/Ravian Garrido, em uma clínica do Medical Jaracaty.

Eles se desentenderam por conta da ordem de atendimento.

O desembargador chegou primeiro ao local, na manhã do dia 26 de outubro, mas discutiu logo com o zelador do estabelecimento e, nervoso, não pegou uma senha ao entrar na clínica.

Vinicius Martins e Ravian Garrido, que chegaram depois, sem saber do corrido antes, pegaram logo a senha número 01 – sobrou a senha 02 para Ferreira.

A partir disso, deu-se uma discussão – quando, segundo o casal, eles foram chamados de “veados, moleques, casal de bichas” – e, em certo momento (veja no vídeo), o desembargador desferiu um chute contra um dos jovens.


28 ideias sobre “VÍDEO! Desembargador agride casal homoafetivo em São Luís

    • A “punição” do “excelentíssimo” será a aposentadoria compulsória. Ou seja, será definitivamente afastado de suas funções de juiz, mas recebendo os seus proventos integrais, se não estiver enganado.
      É uma esculhambação esse nosso Poder Judiciário.

  1. Caso o ocorrido fosse com outro profissional não pertencente a carreira jurídica, não teria repercussão alguma, haja vista que já presenciei várias discussões e agressões em clínicas por conta de ordem de chegada e ninguém falou a respeito, não sei porque o motivo de tanta repercussão…mas o problema é o envolvido ser pertencente ao poder judiciário, por isso o Brasil é esse lixo de país, só vale neste neste lugar quem é político, cantor sertanejo e jogador de futebol.

    • Toda agressão deve ser denunciada, independente da profissão do agressor. E, em sendo da área jurídica, o cidadão deveria ser exemplo de conduta, já que é conhecedor da lei. E quanto á punição, como já é sabido, sempre gera afastamento, mas recebendo seu salário (exatamente o que aconteceu, como descrito, com o desembargador em questão), ou seja, recebe férias remuneradas! Em que outra profissão um profissional impedido de exercer suas funções continua recebendo salário?

  2. No caso concreto,as vítimas eram homossexuais…e se fosse ao contrário, como seria a reação? pois é, sendo bichas ou veados como assim falou o juiz, está tudo errado. por essas e outras, que o congresso tem que votar a lei de abusos de autoridades.

  3. ACHEI Q ELE TIVESSE AGREDIDO FEITO ALGO GRAVE, ETC… E TAL! ESTÃO FAZENDO UMA TEMPESTADE EM COPO D´ÁGUA NO VIDEO N TEM AUDIO N DA PRA COMPROVAR A AGRESSÃO VERBAL, N TENHO COMO COMENTAR AGORA QUANTO AO “CHUTE” ESTÃO DE BRINCADEIRA NÉ? CHAMAR ISSO DE AGRESSÃO É FALTAR COM A VERDADE E OUTRA FALTOU BOM CENSO DO CASAL GAY, MESMO O MAGISTRADO TENDO VACILADO É NOTÓRIO Q ELE CHEGOU PRIMEIRO E MERECIA SER ATENDIDO PRIMEIRO

    • Pois me diz quem tu és, que quando eu te encontrar na rua vou te dar um chute pelas costas, daí o teu discurso vai mudar rapidinho. Rapaz, agressão é agressão independente de onde é de como, houve uma intenção nítida de machucar o rapaz… Outra, aqui foi exposto de maneira sintetizada, pega o Jornal Pequeno do Domingo desse final de semana e lê a matéria completa que vais entender.

    • Quero ver se alguém te der um chute pelas costas, se tu não irias mudar esse teu discurso. Qualquer tentativa de machucar alguém é considerada agressão, o problema é que pimenta no C%#* dos outros é refresco. Nitidamente o “excelentíssimo” quis machucar o rapaz. Não devemos fazer vista grossa pra agressão verbal, que é a pior nesse caso… pelo jeito teve testemunha e lembre-se, era em um ambiente comercial.

  4. Se o casal de bicha tivesse chamado ele de tarado, baixinho, velhote etc não estaria tendo essa polemica toda. Esse povo também já extrapola, andam de mãos dadas, se beijam e locais públicos, são metidos a salientes e temos que achar a coisa mais normal do mundo?….menos…bem menos!!

  5. Agora todos vão criticar o dispositivo que pune os magistrados com a aposentadoria compulsória. É só aprovar a PL proposta pelo Dep. Weverton Rocha que absurdos como esse serão punidos exemplarmente. Só que ao invés de apoiar, induzidos pela mídia, o povo brasileiro se colocou contra o PL. Vai entender…

    • Bem lembrado. Esse pessoal.que critica quão brandas são essas punições é, em sua maioria, o mesmo que crucificou WR pelo projeto do abuso de autoridade

  6. No vídeo da pra ver claramente que o desembargador chegou primeiro a clínica. Entendo como uma falta de educação por parte do casal . Que por sinal o rapaz que aparece de bermuda pelo visto tá bem exaltado . Sem contar que eles são dois homens contra o desembargador que é idoso.

    • ngm questiona isso. os próprios rapazes fazem questão de relatar esse fato. agora se eu chego depois a um local, tenho como saber que quem já está lá não pegou senha?

  7. Pingback: Desembargador diz que foi chamado de “velho” por casal homoafetivo | Gilberto Léda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *