A crítica injusta sobre o “retorno” do passe escolar

Do blog do Jorge Aragão

É necessário sempre estarmos cobrando das nossas autoridades melhorias e mais comprometimento com a coisa pública, mas é necessário também termos bom senso e não criticarmos apenas por criticarmos.

O início da semana foi marcado por críticas a Prefeitura de São Luís, na gestão Edivaldo Júnior, pelo retorno temporário do passe escolar aos estudantes ao utilizarem o transporte público.

O Sistema de Carga e Recarga de Cartões Magnéticos apresentou uma falha técnica, algo que precisa ser evitado pela empresa responsável, mas além de não ter tido nenhuma interrupção por falta de pagamento, a Prefeitura de São Luís agiu rapidamente.

O problema deverá ser solucionado até, no mais tardar, no início da tarde desta quarta-feira (19), e para evitar que os estudantes, que possuem o direito assegurado da meia-passagem, não fossem prejudicados optou pelo retorno, obviamente temporário, do passe escolar.

A medida tomada, acertada na opinião do Blog, foi criticada por alguns, que se limitaram apenas a criticar, mas em momento algum apresentaram outra alternativa. Agora imagina se a gestão do prefeito Edivaldo tivesse ficado inerte diante do problema, se não tivesse tomado nenhuma medida, qual seria a reação?

Desta forma, fica parecendo que a crítica viria de qualquer forma, pois essas parecem nitidamente críticas ainda por conta do resultado eleitoral das urnas no ano passado. Ou seja, se não agir é criticado por omissão, se toma uma medida que assegura um direito adquirido aos estudantes, a crítica também acontece.

O problema desses críticos de plantões é que de tanto fazerem a crítica sem fundamento, quando efetivamente fizerem uma crítica pertinente, infelizmente não terá o mesmo efeito.

Só lembrando que o passe escolar adquirido terá validade até o fim do mês de abril, mesmo com o retorno do Sistema de Carga e Recarga, isso para evitar que qualquer estudante se sinta prejudicado.

A crítica para qualquer gestor, principalmente aqueles que buscam acertar, é relevante, mas é necessário que se tenha um mínimo de bom senso para fazer.

7 ideias sobre “A crítica injusta sobre o “retorno” do passe escolar

  1. Quanta puxação de saco! Claro q foi por falta de pagamento. Essa q foi a falha técnica. Prefeito q não paga ninguém. Só falta vcs dizerem q as lombadas eletrônicas tb apresentaram “falha técnica” e por isso foram retiradas. Tá certo…

  2. todo gestor público tem que trazer melhorias para a nossa população pois eles são bem remunerados. E outra no mês passado aconteceu a mesma coisa com essa bilhetagem eletrônica então me compre um bode kkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *