Acusado de estupro, dirigente do PCdoB é afastado em Timon

A direção do PCdoB de Timon decidiu afastar do posto de vice-presidente, provisoriamente, o filiado Clemilton Colaço.

O comunista foi preso sob acusação de estupro de menores de idade. As vítimas são sobrinhas da atual companheira do dirigente partidário.

Inicialmente o partido disse apenas que aguardaria o desenrolar das investigações, para só então definir o futuro de Clemilton na legenda (reveja). Mas dada a gravidade da denúncia e a repercussão negativa do caso, resolveram pelo afastamento imediato.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *