No MA, 45 presos saem na Páscoa e decidem ficar logo pro Natal

Pelo menos 45 detentos beneficiados com a saída temporária de Semana Santa não voltaram ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas no prazo estabelecido pela Justiça.

A informação é da1ª Vara de Execuções Penais de São Luís, que autorizou as saídas.

Segundo a portaria de liberação, o retorno dos internos deveria ocorrer até o fim da tarde de terça-feira (18). Mas eles parecem ter decidido ficar logo nas ruas até o Natal.

“Esses apenados que não retornaram ao presídio já são considerados foragidos”, afirmou a juíza Ana Maria Almeida, titular da 1ª VEP. Por isso, já foram expedidos mandados de prisão contra os fugitivos.

Durante todo o ano passado, foram autorizadas cinco saídas temporárias de presos do sistema prisional maranhense. No total, 180 deles também não voltaram aos presídios onde cumpriam penas.

3 ideias sobre “No MA, 45 presos saem na Páscoa e decidem ficar logo pro Natal

  1. Isso é um absurdo, esse critério que essa juíza usa pra liberação desses apenados precisa ser revisto urgentemente. Mas 45 bandidos nas ruas, como que já não bastasse os que já estão nas ruas.

  2. Está provado que a justiça é cega. Muita coisa legal é imoral . Tirar bandidos da cadeia sob argumento de ficar com a família é totalmente imoral para nós cidadãs e cidadãos que vivemos sob as armas dos bandidos que infestam nossa cidade.

  3. Concordo Bia infelizmente é assim além de comer e dormir gratuitamente e ainda usufruir de direitos como auxilio reclusão. O país inteiro é imoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *