GRAVE! Assessor de Nicolao Dino é preso em escândalo do grampo da JBS

Com informações do Conjur

O procurador da República Ângelo Goulart Villela foi preso na manhã desta quinta-feira (18/5). Ele é acusado de receber dinheiro para repassar informações ao empresário Joesley Batista, dono do frigorífico JBS, a respeito de investigações que o envolvem. A prisão foi decretada pelo ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, a pedido da Procuradoria-Geral da República.

A informação foi passada à PGR pelo próprio Joesley Batista em delação premiada. Segundo o empresário, Goulart recebeu suborno para repassar informações sigilosas sobre a operação chamada de greenfield, que investiga corrupção, lavagem de dinheiro e fraudes em fundos de pensão de funcionários de estatais.

Goulart atualmente trabalha na Procuradoria-Geral Eleitoral. Também nesta quinta houve diligências de busca e apreensão no gabinete do procurador. Tudo foi acompanhado pelo vice-procurador-Eleitoral, Nicolau Dino, e pela subprocuradora-geral da República Cláudia Sampaio.

Pedido

O Blog do Gilberto Léda obteve os autos do pedido de Impeachment, protocolado ainda na noite de ontem (17) pelo deputado federal Alessandro Molon (Rede).

 

LEIA NA ÍNTEGRA O PEDIDO DE IMPEACHMENT PROTOCOLADO POR MOLON


4 ideias sobre “GRAVE! Assessor de Nicolao Dino é preso em escândalo do grampo da JBS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *