Governo Flávio Dino tenta se apropriar do ID Jovem, do governo Temer

O governo Flávio Dino (PCdoB), que já se notabilizou por apropriar-se de obras deixadas pelo governo Roseana Sarney (PMDB) tenta, agora, “faturar” com o êxito de um programa do governo Michel Temer (PMDB) – que o comunista não cansa de chamar de “golpista”.

Na terça-feira (12), numa tentativa de camuflar essa prática recorrente, a Secretaria Extraordinária de Juventude do Estado (Sejuv) teve a ideia de “lançar” o programa ID Jovem, no município de Vargem Grande.

Ocorre que o ID Jovem é um programa federal e foi lançado recentemente pelo presidente Michel Temer, por meio da Secretaria Nacional da Juventude da Presidência da República (SNJ), comandada pelo maranhense Assis Filho.

A Identidade Jovem, ou simplesmente ID Jovem, é o documento que possibilita acesso aos benefícios de meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos e também a vagas gratuitas ou com desconto nos transportes interestaduais para jovens de 15 a 29 anos com renda familiar de até dois salários mínimos.

Agora, o mais curioso é que na semana passada o secretário nacional de Juventude, Assis Filho, estava no Maranhão cumprindo agenda oficial e lançaria o ID Jovem, no dia 5, justamente em Vargem Grande, mas sua equipe foi surpreendida com o cancelamento da Caravana no município, sem qualquer aviso prévio ou justificativa.

O Blog do Gilberto Léda apurou que que o cancelamento do evento no município foi feito pela secretária de Estado da juventude, Tatiana Pereira, para evitar a presença de Assis Filho e, assim, lançar o programa sozinha.

Além disso, da mesma forma que já fez nos municípios de São João dos Patos, Paço do Lumiar – e pretende fazer no final do mês em Coroatá – a secretaria estadual já monta uma agenda em vários municípios, sem qualquer autorização da Secretaria Nacional de Juventude.

Mesmo assim, a Caravana ID Jovem oficial já passou pelos municípios de Timon, São José de Ribamar e São Luís, onde foi sucesso. A SNJ também já lançou o programa em Imperatriz, Grajaú, Bacabeira, Rosário, Caxias e Buriti Bravo.

E para todos os eventos o Governo do Estado foi convidado a participar, tanto que a secretária Tatiana Pereira e seu adjunto, Paulo Romão (PT), chegaram a estar pessoalmente em vários desses lançamentos organizados pela Secretaria Nacional de Juventude nos municípios.

Vale destacar que a SNJ, em acordo com a UNESCO, contratou coordenadores do Programa ID Jovem em todos os 27 estados do país, através de um seletivo público. No Maranhão, por exemplo, o coordenador é o jovem David de Sousa Santos, que a aliados tem reclamado do tratamento recebido por parte da Sejuv. Diz ele que não tem sido procurado para alinhar agendas em conjunto, o que comprova a tentativa de apropriação do ID Jovem por parte dos comunistas.


2 ideias sobre “Governo Flávio Dino tenta se apropriar do ID Jovem, do governo Temer

  1. As obras e programas são do estado e não de pessoas,muito embora os Sarney’s tinham o costume de batizar tudo como o nome da oligarquia,mas isso acabou,rsrsrs. E Temer não vem usando tudo deixado por Lula e Dilma:Bolsa família,minha casa minha vida…rsrsrs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *