Prefeitura fortalece barreira imunológica com vacinação domiciliar de cães e gatos

Agentes de saúde vacinam animais de casa em casa
(Crédito: Divulgação Secom)

Com o objetivo de fortalecer a barreira imunológica contra a transmissão do vírus da raiva, a Prefeitura de São Luís tem trabalhado para cumprir a meta de imunizar 160 mil cães e gatos da capital. No último fim de semana, foi concluída mais uma etapa da vacinação em bairros da capital totalizando 81.324 animais imunizados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus). A vacinação é a forma mais eficaz de combate à raiva.

Para o secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, a estratégia adotada na gestão do prefeito Edivaldo tem o objetivo de ampliar a cobertura vacinal, facilitando o acesso à vacina. “Esse é um trabalho colaborativo entre a Prefeitura e a população ludovicense. É através dessa parceria que estamos avançando com a vacinação e é por meio desse comprometimento que vamos garantir que a raiva permaneça longe de nossa cidade”, enfatizou o gestor.

Nos dias 10 e 11 de novembro, as equipes da Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ) estiveram em bairros como Chácara Brasil, Turu I, Jardim de Fátima, Cohab Anil I, II, III e IV , Cohatrac I, Planalto Anil I, II, III e IV, Jardim das Margaridas, Forquilha, Cruzeiro do Anil, Aurora, Parque Universitário, Isabel Cafeteira, Pirapora e Conjunto Santos Dumont. As atividades acontecem também no Conjunto Jaguarema, João de Deus, Residencial João Alberto, Residencial Edson Lobão, São Cristóvão, Parque Universitário, João de Deus, Cohapan, São Bernardo, Vila Brasil e Ipem São Cristóvão.

No próximo fim de semana, nos dias 17 e 18 de novembro, a ação terá prosseguimento em bairros da área do Tirirical. Na sexta-feira (17), a visita domiciliar acontece das 13h às 17h, e no sábado, das 7h às 13h. A visita domiciliar permitiu a vacinação de 53.400 cães e 27.924 gatos, facilitando o acesso à imunização e mantendo o controle epidemiológico, por meio da oferta permanente da vacina.

O coordenador da UVZ da Semus, João Batista Pires, afirmou que apesar de não ter casos registrados de raiva, é importante prosseguir com a vigilância. “Estamos trabalhando para conscientizar a população para a importância da vacina. Grande parte dos ludovicenses que possuem animais já aderiram à campanha e, por esse motivo, estamos avançando cada vez mais”, disse.

São vacinados animais que têm pelo menos três meses de idade, exceto os animais que estejam doentes e as fêmeas no último mês de gestação. Nesses, e em outros casos que impeçam a imunização domiciliar, como ausência dos moradores, os proprietários dos animais devem procurar na Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ), localizada na  Estrada de Ribamar, para realizar a vacinação.


4 ideias sobre “Prefeitura fortalece barreira imunológica com vacinação domiciliar de cães e gatos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *