Maranhense pede impeachment de Fux por liberação de auxílio-moradia a juízes

O advogado Pedro Leonel de Carvalho, do Maranhão, enviou ao Senado pedido de impeachment do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Ele alega que o magistrado cometeu crime de responsabilidade ao autorizar, em 2014, por liminar, o pagamento de auxílio-moradia a 17 mil juízes e 13 mil membros do MP, e não ter submetido o caso ao plenário até hoje.

Leonel diz que a canetada de Fux custou R$ 4,2 bilhões aos cofres públicos. O pedido foi encaminhado à advocacia da Casa.

O ministro foi criticado no Congresso por ter, segundo parlamentares, debochado de Aécio Neves ao condená-lo ao recolhimento noturno, em setembro.

Penduricalho

Na semana passada, o Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) acatou pedido do juiz Carlos Roberto Gomes de Oliveira Paula, que abriu mão não apenas do auxílio-moradia, mas de todos os penduricalhos incluídos em seu contracheque.

Foram excluídos, a pedido do magistrado maranhense, os auxílios moradia, saúde, livro (sim, juiz tem auxílio para comprar livros) e alimentação (relembre).

__________________Leia mais
“Pura hipocrisia”, diz AMMA sobre renúncia de juiz a “penduricalhos”
Servidores do TJ apoiam juiz que rejeitou penduricalhos no salário


2 ideias sobre “Maranhense pede impeachment de Fux por liberação de auxílio-moradia a juízes

  1. Excelente PEDRÂO, esse auxilio moradia é uma das maiores sacanagens da história do Brasil e nada acontece.
    LUIZ FUX ,ministro do STF concedeu o auxílio moradia a todos os juízes, e depois este custo se espalhou para promotores, defensores e sei lá mais oque, em troca de elegerem a filha dele MARIANA FUX, com 31 anos, recém formada , para desembargadora do TJ-RJ.
    Esse ministro devia estar preso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *