Tecnologia de pavimentação melhora vias de São Luís

Com o objetivo de promover maior durabilidade da pavimentação asfáltica na cidade, a Prefeitura de São Luís está realizando manutenção corretiva e preventiva com tratamento superficial do asfalto em vias com grande fluxo de veículos, como a Avenida dos Holandeses.

O serviço é complementado com etapa de fresagem do pavimento nas áreas onde o asfalto apresetna deformação garantindo uma superfície uniforme, evitando trepidações e permitindo que o veículo se desloque de forma suave e confortável. O tratamento preventivo é executado pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) e integra o programa Asfalto na Rua.

A ação contemplará outras avenidas da capital. Com o serviço, o poder público municipal tem o objetivo de fortalecer o pavimento, tornando-o mais resistente e seguro às ações do tempo, como irregularidades, microfissuras, deterioração e fatores climáticos.

O secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antonio Araújo, explica o objetivo desse investimento do poder público municipal. “Sob orientação do prefeito Edivaldo, estamos utilizando tecnologia de pavimentação para a promoção das políticas públicas na área da infraestrutura. Essa é uma ação que apresenta resultado positivo em relação ao custo-benefício, tendo em vista que o trabalho conserva o asfalto”, destacou o titular da Semosp.


4 ideias sobre “Tecnologia de pavimentação melhora vias de São Luís

  1. Olha Gilberto, não podemos falar do prefeito. Ele tem se esforçado.
    Mas, a qualidade do serviço e do asfalto é uma porcaria.
    Pelas fotos tá nitido que estão vendendo lebre e entregando gato.
    Se é pra fazer, que façam direito.

  2. Que tecnologia de pavimentação é essa? To pensando que vou ler algo sobre o estado da arte em pavimentação asfáltica. Não entendi nada! Essa é a famosa terra da mentira…

  3. Serviço porco, vagabundo e mal feito esse que a prefeitura está fazendo, principalmente na Avenida dos Holandeses. A pista ficou cheia de ondulações e um pouco perigosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *