Justiça bloqueia R$ 39 mi da BioSaúde para pagar servidores de UPAs

A Justiça do Maranhão bloqueou nesta semana R$ 39,2 milhões do instituto BioSaúde para pagamento de trabalhadores que prestam serviços em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) no estado.

A decisão é do juiz Douglas de Melo Martins, titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, numa ação protocolada pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh).

O instituto é acusado de ter dado calote em terceirizados de várias UPAs (saiba mais).

Com os recurso bloqueados, a Emserh, então, espera pagar salários e diferenças de 13º.

_________________Leia mais
Saúde do MA atrasa pagamentos de médicos, enfermeiros e auxiliares


2 ideias sobre “Justiça bloqueia R$ 39 mi da BioSaúde para pagar servidores de UPAs

  1. Por que Flávio Dino não mandou cancelar o contrato com essa empresa, visto que o dinheiro é do Estado? Tambem bastaria um telefonema do Secretário Lula para a empresa dando pressao. A iniciativa de bloquear o dinheiro através da justiça foi apenas um ato de encenação para mostrar que o Maranhão é de todos nós .

  2. Mais uma comprovação de que o governo de Dino só é eficiente e competente para os seus…Ah, Maranhão teu povo não tem sorte com esses gestores de mudança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *