NOVO AUMENTO? Canindé Barros parte pra cima de empresários do SET

O secretário Municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, não gostou nada da declaração do superintendente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luis (SET), Luis Claudio Siqueira, de que os empresários consideram R$ 4,16 como sendo a tarifa ideal do transporte público de São Luís para manter os investimentos no setor  (reveja).

Em entrevista ao programa Ponto Continuando, na noite de ontem (22), Barros desconsiderou a possibilidade de a Prefeitura aderir a uma planilha de custos estabelecida pelos donos de empresas de ônibus.

“Nós não temos que seguir planilha de empresário. A Prefeitura tem sua planilha e nós estamos seguindo o que é correto. O empresário tem o direito de reclamar, agora ele tem que provar que realmente ele necessita de R$ 4,16”, afirmou.

Sobre a possibilidade de o “sistema parar” – como disse o representante do SET -, mesmo após o reajuste aplicado nesta semana, o secretário garantiu que o Município fará valer o contrato assinado após a licitação do sistema.

“Nós temos um contrato e o contrato tem suas regras para serem cumpridas. A Prefeitura está cumprindo o que o edital exige e esperamos que o empresário cumpra o que ele precisa fazer no sistema de transporte. Todos eles participaram de uma licitação, tiveram conhecimento do edital, sabiam que tinha um investimento de quase 400 ônibus com ar-condicionado. Se eles não cumprirem, a Prefeitura vai buscar o seus direitos”, ameaçou.


3 ideias sobre “NOVO AUMENTO? Canindé Barros parte pra cima de empresários do SET

  1. Relembrando que na gestão de Edvaldo Holanda Júnior teve em.menos de 1 ano dois aumento de passagem alguém.lembra ? Pois é em junho de 2014 teve aumento de.passagem após.9 meses em.marco de 2015 novamente outro aumento alguém.acha que que.agora.nao.pode.acontcer o mesmo ? Aumento 2 vezes de passagem aguarda p ver na0 acho difícil já que.o.prefeito tá nas.maos.dos empresários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *