No MA, desembargador manda OAB submeter advogado a novo Exame de Ordem

O desembargador Jaime Ferreira de Araújo, do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), deu um polêmico despacho ao decidir um processo em que um advogado pedia a liberação de um veículo apreendido.

O defensor protocolou um habeas corpus, pedido considerado equivocado pelo magistrado, que registrou isso na sua decisão.

Até aí, tudo bem.

O problema foi a forma como Jaime Ferreira fez isso.

O desembargador declarou, no despacho, que o advogado “não detém conhecimentos mínimos para o exercício da profissão” e chegou a sugerir que a OAB-MA o inscreva “na Escola da Advocacia” para que seja submetido a um novo Exame de Ordem.

Veja:

“Verificando que o advogado impetrante não detém conhecimentos mínimos para o exercício da profissão, determino que sejam impressas todas as peças do presente processo – inclusive esta decisão – a serem encaminhados ao Presidente da Seccional local da OAB, para que sua Excelência mande inscrevê-lo, ex ofício, na Escola da Advocacia para que seja submetido a uma nova prova daquela entidade. Não sendo ele aprovado na prova de que se trata, reúna sua Diretoria para decidir se cassam ou não a Carteira daquele que ajuíza ação temerária, que Rui Barbosa, se vivo fosse, teria vergonha de dizer que pertenceria à mesma categoria profissional deste impetrante”.

Outro lado

O Blog do Gilberto Léda já entrou em contato com a Seccional Maranhense da OAB e aguarda posicionamento sobre o caso.


16 ideias sobre “No MA, desembargador manda OAB submeter advogado a novo Exame de Ordem

  1. E o desembargador presidente do Tribunal de Justiça deveria inscrever o Sr. Jaime Ferreira na “Escola de Ética e Bons Costumes do TJ-MA”, para ele não mais assediar candidatas nos concursos da magistratura e também para aprender a tratar com educação e urbanidade colegas de profissão.

    • Sem a mínima necessidade disso. Como se ele fosse um grande conhecedor do direito. Tanto que não é, que se fudeu no caso da moça que assediou. E se não mexesse os pauzinhos em Brasília até hoje ainda estaria afastado do cargo. Sem se falar que ele e a sua família estão envoltos no rumoroso caso do aluguel camarada da Clínica Eldorado no Turu.

  2. Posso estar enganada, mas acho que foi esse desembargador que chegou a ser afastado das funções em razão de um suposto assédio a uma juíza.
    Que coisa ein

  3. MUITO BEM DESEMBARGADOR QUE ADVOGADINHO DE MERDA UM CARA DESSE SÓ JOGA A PROFISSÃO PARA BAIXO, PARA LAMA ONDE ESTUDOU ESSE ESTUPIDO. ESSE ASNO , ESSA BESTA ISSO É MOTIVO DE PIADA . EU IRIA MAIS LONGE MANDAVA RASGA O DIPLOMA DESSE IMBECIL.

  4. Esse desenbargadorzinho deveria ter vergonha de emitir esse tipo de sentimento com um advogado. Logo ele que é um […]! E nem por isso foi mandado fazer uma reavaliação para saber se ele poderia exercer a função que exerce. Me comprem um bode!

  5. Muitas vezes pensamos que somos Deuses, mas não passamos de aprendizes na escola do Cristianismo. Antes do autoritarismo, exibição de força e poder, pensemos como nos sentiríamos na condição da vítima? Como gostaríamos que fôssemos julgados se estivessemos na mesma condição?
    Reflitamos o quanto antes, para que o remorço não nos desfaleça.
    Ao advogado, meus cumprimentos, votos de solidariedade e persistência. Bons estuddos!

  6. Que moral esse desembargadorzinho tem para expor um advogado dessa forma?afastado do TJ por 2 anos por ter assediado uma candidata ao concurso da magistratura vem querer se prevalecer da situação. J

  7. Qual a correlação desse suposto assédio sexual com a burrice do advogado? eu jamais constituiria esse advogado para resolver uma causa para mim.

  8. Pingback: OAB-MA repudia desembargador que mandou advogado refazer Exame de Ordem « Alves & Araujo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *