Mariano em carta antes de morrer: “Culpa não pode ficar só comigo”

O médico Mariano de Castro, apontado pela Polícia Federal como operador do esquema desbaratado pela Operação Pegadores, teve vazada uma carta de próprio punho dias antes de suicidar-se em Teresina.

Ele foi encontrado morto por enforcamento no apartamento onde estava em prisão domiciliar, conforme decisão do TRF-1 (reveja).

Na carta – divulgada durante a semana pelo blog do Neto Ferreira -, o médico relata detalhes do esquema e reclama de ter levado “a culpa sozinho”.

“Conversar com Rafael e Thiago… Para Pinto e Tema ir a Lula e Flávio Dino… A culpa não pode ficar só comigo…”, diz trecho do manuscrito.

O governo nunca se posicionou sobre o teor dessas declarações. Em nota oficial divulgada após o suicídio, a SES disse lamentar “que o médico Mariano de Castro e Silva seja mais uma vítima do período absolutamente autoritário que vive o Brasil, com restrição de direitos, presunção de culpa e ofensa a preceitos fundamentais da nossa Constituição”.

O trecho do comunicado deixa clara a intenção do governo de comparar o caso de Mariano de Castro ao de Luiz Carlos Cancellier, reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que se matou em outubro de 2017, após ser afastado da função por ter sido preso temporariamente na Operação Ouvidos Moucos, da Polícia Federal, na qual era investigado por tentar obstruir investigações internas e deixar de tomar medidas para coibir deficiências na fiscalização da aplicação dos recursos no programa de educação à distância.


6 ideias sobre “Mariano em carta antes de morrer: “Culpa não pode ficar só comigo”

  1. Pingback: “Pode ser suicídio ou homicídio”, diz médico-legista sobre morte de Mariano - Blog do Zé da Graça

  2. essa morte pode colocar na conta deste governo corrupto, alguem e realmente tolo a ponto de acreditar que um funcionario intermediario duma secretaria seria capaz de desviar todo esse montante sem a conivencia e o apoio das camadas superiores a ele? morte muito suspeita essa

  3. Isso é que é governar diferente, página virada etc… É escândalos pra todo lado. Esse governador deveria era renunciar, já deu demonstração de que não tem capacidade para governar nosso estado. Nossa bandeira não é vermelha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *