Sem dinheiro para pagar profissionais da Saúde, governo Flávio Dino gastará R$ 820 mil com WhatsApp

Eleitores maranhenses começaram a receber, no fim do mês de maio, mensagens de WhatsApp como a publicada acima, de um número de São Paulo.

Intitulado de “WhatsApp de Todos Nós”, o serviço tem como conteúdo notícias favoráveis ao governo Flávio Dino (PCdoB).

Agora, sabe-se que se trata de uma plataforma de envio de mensagens paga pelo Governo do Maranhão, contratada justamente em maio.

Segundo o edital do pregão, serão enviadas 900 mil mensagens, ao custo de R$ 820 mil até o final de 2018. A plataforma pode enviar até 3 mil mensagens por dia.

A vencedora da licitação foi a Ideia Inteligência em Pesquisa Ltda. (baixe aqui o contrato, divulgado hoje (11) pelo Atual 7).

Sem dinheiro para a saúde

O que chama atenção no caso é que a contratação – supérflua diga-se de passagem -, de quase R$ 1 milhão, ocorre justamente em um momento em que vários profissionais da saúde reclamam por falta de pagamentos no Maranhão.

No Hospital Carlos Macieira (HCM), por exemplo, a Gerir diz que tomou um calote de R$ 63 milhões do governo Flávio Dino antes de ter o contrato rescindido pela Secretaria de Estado da Saúde (saiba mais).

Por lá, assumiu a Acqua, que, segundo funcionários do hospital, ainda não pagou os salários de maio, tampouco depositou valores referentes ao transporte dos trabalhadores.

No caso dos terceirizados oriundos da BioSaúde – agora admitidos pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), ligada à SES -, o problema é com o pagamento do 13º salário.

Enquanto todos os demais servidores receberão ainda nesta semana a primeira parcela, o ex-BioSaúde não receberão nada, segundo informou a própria Emserh em comunicado publicado com exclusividade pelo Blog do Gilberto Léda no fim de semana (reveja).

Para para o “WhatsApp de Todos Nós” não vai faltar verba…


19 ideias sobre “Sem dinheiro para pagar profissionais da Saúde, governo Flávio Dino gastará R$ 820 mil com WhatsApp

  1. Mas chora. Quanto o Governo do Estado gastou, por décadas, beneficiando o sistema Mirante, em detrimento dos demais veículos de comunicação do Estado?

  2. Vish agora o WhatsApp e pago? E 900 mil por um aplicativo de mensagens… Realmente Maranhão estar de mal a pior…. ForaDino!!!
    FlávioDinoNuncaMais

  3. As pessoas leem a matéria, mas não compreendem do que se trata e saem logo em defesa do governo do estado, gastar recursos com aquilo que não é prioridade é no mínimo desrespeito para com a população principalmente aquelas que dependem dos hospitais e escolas públicas, a cada dia eu me convenço que os políticos no Brasil vivem num palco, representam seus papéis, mas quem de fato vive a tragédia somos nós eleitores.

  4. Sem sucesso na tentativa de convencer o povo com suas propagandas enganosas, Fávio Dino pretende gastar R$ 1 milhão para enviar mensagens a partir do whatsapp às vésperas das eleições. Uma verdadeira lambança com recursos públicos, para fazer promoção pessoal.

  5. Leda
    O povo do Maranhão não a maioria nasceu pra ser moleque de recado do governo desde e de governo anteriores e triste ver um povo tão idiota é enganado e aceita na pior cara de pau só pode ser em troca de contra cheque sem trabalhar e o.pior sem nenhum.constragimento
    Uma lástima

  6. Chora papai , mas antes de chorar mostrar os milhões que tua governadora gastava sem nessecidade com a Mirante isso é troco de padaria a Mirante e todo a mídia SARNEYSTA gastava milhões. É Flávio Dino dinovo

  7. Uma correção, a emserh não adimitiu nenhum funcionário da biosaude, estão pagando os salários mas não assinaram as carteiras, não estão pagando INSS e nem FGTS é isso já tem meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *