Após greve, Flávio Dino não reduz alíquota do diesel, mas aumenta preço da gasolina

Reportagem da Folha de S. Paulo aponta que o governo Flávio Dino (PCdoB) foi um dos 13 que aumentaram o preço de referência sobre o qual incide o ICMS da gasolina após a greve dos caminhoneiros.

Com um detalhe: o Maranhão é um dos poucos – foram apenas três – que promoveram esse aumento sem diminuir a alíquota do ICMS sobre o óleo diesel.

“Maranhão, Piauí e Pernambuco aumentaram o preço de referência da gasolina, mas ainda não mexeram no diesel, apesar dos apelos do governo federal para que os tributos estaduais acompanhem a concessão dos subsídios”, diz a Folha de S. Paulo.

O ICMS dos combustíveis é cobrado sobre um preço de referência chamado de PMPF (preço médio ponderado final), que é definido pelas secretarias estaduais de Fazenda a cada 15 dias, de acordo com pesquisa nos postos.

Sobre esse preço incidem alíquotas que variam por produto e por estado.

Ainda de acordo com a Folha, desde o fim da paralisação dos caminhoneiros, 17 estados reduziram o PMPF do diesel, acompanhando a queda de preço provocada pelas subvenções concedidas pelo governo federal para encerrar a paralisação.

O Maranhão, não…

Leia aqui a íntegra da reportagem.


8 ideias sobre “Após greve, Flávio Dino não reduz alíquota do diesel, mas aumenta preço da gasolina

  1. Vc esqueceu de falar do aumento dado na sexta pelo governo federal 1 % na gasolina… procurar passar a informação todas também é jornalismo.

  2. Preço de combustível não é da ossada de governo estadual é do governo federal, passa a informação correta sem apelação e PERSEGUIÇÃO . Faz uma matéria aí mostrando que o grupo de comunicação globo acaba de nomear Flávio Dino como o melhor GOVERNADOR do Brasil. Será que você tem coragem .

    • Deixa eu te explicar uma coisa: o preço de referência do combustível, sobre o qual incide o ICMS (que é imposto estadual), é definido pelo governo estadual.
      Mas, só para o bom exercício da lógica, admitamos que vc esteja correto e que o preço do combustível seja da “ossada do governo federal”. Me explique, então: pq os comunistas do Maranhão vivem comemorando o fato de o nosso estado ter a gasolina mais barata (ou menos cara) do país?

  3. Pingback: Wellington do Curso diz que Flávio Dino “massacra população" ao aumentar preço da gasolina - Gilberto Léda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *