Profissionais denunciam precariedade da UPA Vila Luizão

Profissionais da UPA da Vila Luizão denunciam que a diminuição da quantidade de leitos disponíveis na unidade tem prejudicado o atendimento e exposto a população a mau tratamento.

“De 10 leitos em enfermaria, agora só restam 4”, garante um dos trabalhadores, que procurou o Blog do Gilberto Léda.

Por causa disso, há casos de internações de crianças em cadeiras nos corredores do local, junto com pacientes adultos

Além disso, prossegue o denunciante, o setor de urgência, que conta com 2 médicos para atendimento pediátrico, agora deve ficar com apenas 1 pediatra no plantão noturno.

Outro lado

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) foi procurada pelo blog e emitiu a segunda nota sobre o caso.

A Secretaria de Estado da Saúde informa que investe permanentemente em serviços de manutenção preventiva e reformas para garantir atendimento de qualidade e eficácia das unidades que gerencia.

Nesse sentido, esclarece que em breve ampliará para 31 o número de leitos pediátricos na UPA da Vila Luizão, o que tornará a unidade referência para atendimento infantil na capital.

A SES esclarece também a escala de plantões atende a demanda da unidade.


3 ideias sobre “Profissionais denunciam precariedade da UPA Vila Luizão

  1. Os fornecedores da Sec.Saúde e da Emserh estão a muitos meses sem receber, a dívida só aumenta e eles vão parar de fornecer para não falir.
    Isso aconteceu porque Flávio DIno gasta demais, acreditando que as receitas iriam aumentar, com a crise provocada pela gastança petista as receitas caíram.
    Resultado é que muita gente dentro do governo que ainda preserva a lucidez vê o governo paralisado pela irresponsabilidade do governador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *