Sérgio Muniz desafia Dino: “Deixem a decisão transitar em julgado”

O advogado Sérgio Muniz, ex-membro do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), fez hoje (9) um interessante desafio ao governador Flávio Dino (PCdoB) e a seus aliados que foram declarados inelegíveis pela juíza Anelise Reginato, de Coroatá.

Como os comunistas dizem que a decisão é teratológica e que não produz efeito algum, Muniz propôs que todos os condenados pela magistrada não recorram e deixem a sentença transitar em julgado.

“Já que a decisão da juíza de Coroatá não produz efeito algum e alguns comunistas dizem que foi um desatino da juíza, desafio os condenados declarados inelegíveis a deixar a teratológica decisão transitar em julgado”, destacou.

O advogado, é claro, sabe que para suspender os efeitos da decisão é necessário um recurso ao TRE-MA. Ou seja: a decisão produz, sim, efeitos. E os comunistas também sabem disso.


8 ideias sobre “Sérgio Muniz desafia Dino: “Deixem a decisão transitar em julgado”

  1. Recorrer da sentença é um direito assegurado pela Constituição aos litigantes e não será com pilhérias e deboches que a sentença deixará de ser olhada com enorme desconfiança.
    Para que não paire dúvidas acerca da correção da decisão é indispensável que o processo seja revisto pelas instâncias superiores quando, então, saberemos se se trata de decisão teratológica ou não.

  2. Quem é esse caboclo mesmo? Ah sim, foi aquele advogado que simplesmente foi chamado de mentiroso pela Polícia Federal acerca do paradeiro da sua cliente, a Lidiane Leite. Fora as outras confusões em que vive envolvido.
    Sinceramente….

  3. Flávio Dinossauro e sua turma estão mesmo inelegíveis, o que eles têm que fazer é seguir a orientação, mas não a arrogância, do advogado do capeta que é Cuba. Esse programa mais asfalto todos sabemos que é um programa eleitoreiro. Muda Maranhão, nossa bandeira não é vermelha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *