VÍDEO DO DIA: Bolsonaro bate continência para Sarney

Chamou atenção em Brasília, hoje (6), um cumprimento do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), ao ex-presidente José Sarney (MDB).

Após participar de solenidade no Congresso alusiva aos 30 anos da Constituição Federal, o ex-capitão do Exército Brasileiro despediu-se dos membros da mesa.

Ao se dirigir a Sarney, Bolsonaro cumprimentou-o com uma respeitosa continência.

É já que Flávio Dino publica “textão” no Facebook…

 


25 ideias sobre “VÍDEO DO DIA: Bolsonaro bate continência para Sarney

  1. Bolsonaro. Como qualquer militar tem essa “mania”. Sarney foi presidente da República, e nós pms, forçadas armadas prestamos continência aos chefes de Estado (governador e presidente). Já me peguei prestando tal cumprimento de respeito para um professor, como forma de.respeito. Algo normal da nossa vivencia dentrp do militarismo. Nada de anormal isso

  2. Pela sua idade, experiência, inteligência e prestigio, o Sarney merece o respeito de todos os brasileiros, especialmente nós maranhenses e, tem mais: quando ele desaparecer, não haverá outro líder político de igual envergadura, tal como ocorreu com Ivo Pitangui na cirurgia plástica, Oscar Niemeyer na arquitetura, Airton Sena na corrida de fórmula 1, Pelé na bola, Luiz Gonzaga na sanfona, Chacrinha no auditório e outros seres insubstituíveis em seus talentos.

  3. Pingback: "A nação brasileira muito deve a José Sarney”, diz Dias Toffoli - Gilberto Léda

  4. A postura agressiva de Flávio Dino contra Bolsonaro e o juiz Moro deixou o governo do estado isolado a nível federal. Não adianta ter o quociente de inteligência alto se o quociente emocional é muito baixo . Lembrando que a Secretaria de Saúde está sendo investigada pela polícia federal.

    • Torcendo para a conclusao desta Operacao Pegadores, e ver Carlos Lula preso! As Unidades de saude estao piores, salarios atrasados, equipamentos sucateados ja.. e a farra de indicacoes continua

  5. Sou Oficial Tenente Coronel R/R da PMMA. A título de informação, e já calando as bocas dos maldosos de plantões, informo que a continência militar não é um ato de submissão, subserviência ou rebaixamento. Trata-se tão somente da saudação feita pelos militares para outros militares ou qualquer cidadão ou cidadã. É um ato cordial e respeitoso convencionado a bastante tempo e regulamentado nas Forças Armadas e Auxiliares. Portanto, não estranhem quando um militar cumprimentar cordialmente qualquer pessoa da comunidade.

  6. Pingback: Toffoli destaca habilidade de Sarney durante a transição democrátia – Blog do Samuel Bastos

  7. Em primeiro lugar, o termo correto não é bater continência, e sim, prestar continência. Prestar continência é apenas um cumprimento militar e não um ato de subserviência como muitos pensam. Nesse caso, o presidente eleito Jair Bolsonaro, apresentou corretamente um cumprimento militar de respeito ao ex-presidente José Sarney, que merece ser assim reverenciado por toda a sua trajetória política, ao contrário de outros ex-presidentes que não merecem esse tipo de respeito. Da mesmo forma, a continência que o nosso presidente prestou à bandeira dos Estados Unidos da América, foi uma forma de cumprimento a toda nação norte-americana representada pela bandeira, apesar das críticas que esse ato provocou por parte de pessoas politicamente alienadas.Parabéns ao presidente Bolsonaro pela sua postura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *