Assaltantes da Pitágoras estão sendo apresentados no Plantão do Cohatrac

Os quatro assaltantes (conforme atualização feita pela polícia agora há pouco) que assaltaram alunos nas dependências da Faculdade Pitágoras, na noite de ontem, estão sendo apresentados neste momento no Plantão do Cohatrac. Até o momento, a polícia ainda não revelou as identidades dos assaltantes. Um deles era estudante da própria faculdade e teria facilitado a ação.

Após o crime, os assaltantes fugiram em dois veículos  pelas ruas do Parque Vitória. A polícia deverá dar, nas próximas horas, novos detalhes acerca das prisões.

SEGUEM FOTOS DOS ASSALTANTES

Motorista “fura” blitz no Cohafuma e atropela policial militar

Policial foi atingido pelo veículo

Um motorista ainda não-identificado “furou” uma blitz da Polícia Militar do Maranhão (PM) e atropelou um PM. O fato aconteceu por volta da 1h de hoje no bairro Cohafuma. De acordo com informações da polícia, aparentemente o motorista estava com sinais de embriaguez. Já o policial teve lesões cervicais e foi encaminhado para um hospital.

Ainda de acordo com testemunhas, os policiais fizeram sinais para que o motorista parasse, o que acabou não acontecendo. Equipe do Samu foi mobilizada para atendimento ao policial militar. Já o motorista foi encaminhado para o Plantão Central.

URGENTE! Tentativa de assalto termina com PM ferido na Pitágoras

Alunos se concentram do lado de fora após minutos de pânico

Uma tentativa de assalto resultou agora há pouco em pânico e uma pessoa ferida na Faculdade Pitágoras, no Turu. De acordo com as primeiras informações, quatro homens em um veículo Voyage entraram na unidade e, ao anunciarem o assalto em uma das salas, foram confrontados por um policial militar que, aparentemente, assistia aula.

Ainda de acordo com as primeiras informações, o PM estaria armado e reagiu. Ele foi ferido em uma das mãos. Já os bandidos fugiram.

Atualização às 22h20

De acordo com a polícia, além do Voyage, outros homens em um Civic. De acordo com testemunhas, os homens entraram em uma das salas que estava tendo aula e anunciaram o assalto. Na fuga e após levarem vários pertences, um dos estudantes que seria policial atirou. Até o momento, ninguém foi preso. O policial ferido foi encaminhado para o Hospital Socorrão II.

Não se sabe como o grupo teve acesso à parte interna da faculdade. O  blog está aberto a qualquer esclarecimento.

 

Suspeita de fraude no Enem no Maranhão será investigada

A Polícia Federal apontou que há indícios de suspeita de fraude na execução do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Maranhão. A informação foi confirmada pelo delegado responsável pelas investigações, Franco Perazzoni, em entrevista coletiva. De acordo com a PF, além do Maranhão, outros doze estados (Pernambuco, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás,  Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Piauí, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo) também terão a aplicação do exame verificada.

As ações fazem parte da operação Passe Fácil, com o cumprimento de 62 mandados judiciais, sendo 31 de busca e apreensão e 31 de condução coercitiva. A PF não informou, até o momento, quantos destes mandados foram cumpridos no Maranhão.

A PF confirma ainda que os mandados de busca e condução coercitiva estão relacionados a pessoas que já estavam sob suspeita de terem fraudado o Enem em edições anteriores. “Identificamos pessoas sob suspeita de terem fraudado e estão próximas de serem indiciadas. Então, sabendo que estariam fazendo a prova nesse ano, agimos no sentido de garantir que elas sejam punidas e evitar novas fraudes”, afirmou o delegado.

Ausência

Segundo o Inep, órgão responsável pela aplicação das provas, dos 6.731.344 inscritos, 2.156.449 se ausentaram no segundo dia. Os dados são preliminares, e poderão sofrer alterações após checagem do instituto.

Chacina em São Luís pode ter relação com morte de PM e enteado

Corpos permaneceram por vários minutos na estrada da Maioba

Uma chacina registrada no fim da noite de ontem (12) no bairro Pedrinhas, em que três pessoas foram assassinadas, pode ter relação com a morte do policial militar Josélio Rocha Silva, do 9º Batalhão e Yuri de Paula Silva, vulgo Chacal, na tarde deste domingo, 12, na Maioba. De acordo com informações da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), a suspeita é de as disputas entre facções rivais tenham motivado as mortes violentas.

O que leva a polícia a aumentar a suspeita da relação entre os casos foi a prisão, ontem, 12, de dois homens identificados como Álvaro Teixeira Santos, de 27 anos e Werberth Mendes Pinho, vulgo Bebeto, acusados de autoria e participação na morte do PM e do enteado dele. Em depoimento, os homens presos confirmaram que há outras pessoas envolvidas nos assassinatos. Para a polícia, estes homens podem ter sido responsáveis pela chacina no bairro Pedrinhas.

De acordo com a SHPP, as três pessoas mortas em Pedrinhas durante uma seresta não teriam antecedentes criminais. Para os investigadores, as mortes são uma espécie de acerto de contas após a morte de Chacal, que seria integrante do PCM. De sábado até o início da manhã desta segunda-feira foram registradas 10 mortes violentas.

E pelo jeito virão mais por aí…

 

 

URGENTE! Policial militar e enteado são mortos na Maioba

Corpos permaneceram por vários minutos na estrada da Maioba

Um policial militar identificado apenas como Jocélio, do 9º Batalhão da PM foi morto agora há pouco na Maioba, em Paço do Lumiar. O enteado dele, de idade não-revelada, também morreu. No confronto, uma criança de apenas um ano de idade foi ferida. O seu estado de saúde ainda não foi revelado.

De acordo com as primeiras informações, o PM estava em companhia do enteado quando homens em dois veículos, sendo uma Saveiro de placa OJF-8595 e um Peugeot de placa NHA-6987 se aproximaram da dupla efetuando tiros. Os autores fugiram. A polícia está em diligências atrás dos homens.

As investigações ainda irão esclarecer as causas reais do crime.

 

Delegado Lawrence relata ação da polícia em Paraibano

Delegado relata trabalho da polícia em Paraibano

O delegado-geral da Polícia Civil do Maranhão, Lawrence Melo, encaminhou texto ao blog em que cita ação importante realizada recentemente na cidade de Paraibano. Na ocasião, a polícia elucidou a morte do professor Ivanildo Ferreira Costa, brutalmente assassinado no município. Dois menores são acusados do crime.

A insegurança citada pela população na cidade motivou a promoção de um ato público, conforme publicado aqui no blog (leia aqui)

 

LEIA A NOTA

No dia 12 de maio de 2017, na cidade de Paraibano/MA, após intensas investigações ao longo de uma semana, a Polícia Civil desta 12 Regional, com o apoio da SEIC, elucidou o crime que resultou na morte do professor IVANILDO FERREIRA COSTA, conhecido como professor MANIM.

Foram conduzidos o menor W.A.N., de 17 anos e J.F.S.S., de 16 anos de idade, que confessaram a autoria do latrocínio, ocorrido na noite do dia 04 de maio de 2017.
Os menores infratores confessaram que levaram o professor para as proximidades do lixão de Paraibano, onde lhe amarraram com fita adesiva e depois lhe assassinaram com uma facada na região do pescoço.
Os menores confessaram que no dia seguinte após cometerem o crime, atearam fogo no veículo do professor na tentativa de destruir provas.
O aparelho celular da vítima ficou na posse de um dos adolescentes, que enterrou o objeto no quintal de casa, vindo a ser recuperado por policiais civis da SEIC, na noite desta sexta-feira.
O celular de um dos menores que foi utilizado para marcar o encontro com o professor também foi apreendido.
Segundo eles, a motivação teria sido para roubar o carro do professor e posteriormente utilizá-lo para realizar o sequestro de uma criança em Paraibano, quando exigiriam a quantia de R$50.000,00 pelo resgate.
Equipes da Polícia Civil de Paraibano, sob o comando do Delegado Joao Marcelino, juntamente com equipes da Polícia Civil da SEIC, PC de Colinas, do Delegado Titular de Passagem Franca, Dr. Fábio Amaral e de equipes da 12a Delegacia Regional de Polícia Civil de São João dos Patos, sob o comando do Delegado Regional Taveira, obtiveram êxito na elucidação deste crime que causou comoção em toda a região do médio sertão maranhense.

Lawrence Melo Pereira
Delegado Geral da PCMA

Justiça determina que Lucas Porto seja avaliado por peritos do Hospital Nina Rodrigues

Lucas Leite Ribeiro Porto foi preso pela morte de Mariana Costa. Crédito: Globo.com

(Com informações da CGJ)

O juiz titular da 4ª Vara do Tribunal do Júri, José Ribamar Goulart Junior, determinou que o acusado Lucas Leite Ribeiro Porto seja submetido a exame de avaliação mental, a ser realizado por peritos psiquiatras do Hospital Nina Rodrigues. A decisão resultou de pedido dos advogados da defesa, durante audiência de instrução, realizada nesta quinta-feira (18), no salão de julgamento do 4º Tribunal do Júri, que colheu o depoimento da última testemunha que restava ser ouvida no processo. Foram expedidas cartas precatórias para ouvir outras duas testemunhas.

A defesa de Lucas Porto instruiu o pedido de laudo psiquiátrico com base no Artigo 49 do Código de Processo Penal, que diz que “quando houver dúvidas sobre a integridade mental do acusado, o juiz ordenará (…) seja este submetido a exame médico-legal”. O promotor de justiça Gilberto Câmara França Júnior reconheceu o direito do acusado de ser submetido a este procedimento e se manifestou pelo acolhimento.

Ao instaurar o incidente de insanidade mental, o magistrado formulou alguns quesitos para a avaliação psiquiátrica: 1 – O acusado era, ao tempo do crime, doente mental ou portador de desenvolvimento mental incompleto ou retardado? 2 – Em caso positivo, era inteiramente incapaz de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com este entendimento? O incidente de insanidade mental deixa suspensa a ação penal até a conclusão do laudo médico, sem prejuízo do cumprimento das cartas precatórias, já expedidas e as diligências no procedimento de quebra de sigilo de dados telefônicos.

Lucas Leite Ribeiro Porto é acusado de estuprar e matar, por asfixia, Mariana Menezes de Araújo Costa Pinto, cunhada dele. Conforme a denúncia, os crimes ocorreram no dia 13 de novembro de 2016, entre as 15h14 e 15h54, no apartamento da vítima, no Edifício Garvey Park, bairro do Turu. O acusado foi incurso pelo Ministério Público nos artigos 121, Parágrafo 2º, III, IV, V e VI c/c artigo 69 e 213, caput, todos do CPB.

BARBARIDADE: Homem mata a companheira na frente do filho no interior do Maranhão

Um crime bárbaro chocou a população da cidade de Senador Alexandre Costa (MA). De acordo com informações da Polícia Militar, um homem identificado por Raimundo Nonato Lima dos Santos matou com vários tiros a própria companheira, Antônia Rita Conceição da Silva, por volta das 13h de ontem (8).

Segundo a ocorrência, o crime aconteceu no Povoado Marituba. Ainda de acordo com a polícia, o homem bateu primeiramente no filho que derrubou sem querer um prato de comida, enquanto almoçavam. Ao defender o filho, houve uma discussão entre autor e vítima.

A polícia ainda não prendeu o autor. Até às 19h30 de hoje, dia 9, ele permanecia foragido.

 

 

 

Polícia já tem pistas dos assaltantes de agência bancária em Itinga

Agência ficou bastante danificada após a explosão. Foto: Divulgação

A polícia já tem pistas dos assaltantes que “estouraram” mais uma agência bancária no Maranhão, desta vez, na cidade de Itinga do Maranhão, na madrugada de hoje (8). Segundo a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), eram sete homens que chegaram até a cidade em um veículo ainda sem identificação e usaram explosivos para o acesso à agência, que seria do Bradesco.

Até o momento, não há informações sobre o valor retirado. Esta é uma prática criminosa que, justiça seja feita, havia sido aparentemente controlada pelas forças policiais do nosso estado.

A polícia ainda investiga se, neste caso mais recente, há participação de pessoas oriundas de outros estados.