Inscrições abertas para VIII Conferência Estadual da Advocacia do MA

Claudio Lamachia e Thiago Diaz, presidentes do Conselho Federal e da Seccional Maranhense, recebem a advocacia maranhense para debater temas atuais

Estão abertas as inscrições para o maior evento da advocacia maranhense, aguardado por estudantes e profissionais do Direito, a VIII CONFERÊNCIA ESTADUAL DA ADVOCACIA DO MARANHÃO, que será realizada entre os dias 23 e 25 de agosto, no Hotel Luzeiros, em São Luís. A organização é da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Maranhão (OAB/MA), por meio da Escola Superior de Advocacia (ESA). O evento integra a programação do Mês do Advogado.

Advogados e estagiários inscritos na OAB/MA e adimplentes com a Seccional terão direito a inscrições gratuitas. Para os demais profissionais, o valor da taxa é de R$ 100,00, estudantes de outras áreas, pagam somente 50% desse valor. As vagas são limitadas e os participantes receberão certificado com carga horária de 30h/a. Os advogados e estagiários adimplentes devem levar dois kilos de alimentos não perecíveis (exceto sal) para doação a instituições de caridade. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site www.oabma.org.br/esa.

O presidente do Conselho Federal da OAB (CFOAB), Cláudio Lamachia, é o convidado especial da OAB/MA e fará a abertura do evento, no Hotel Luzeiros, às 19h. Estão confirmadas as presenças também de Luís Cláudio Chaves, vice-presidente do CFOAB, além de Marcus Vinicius Furtado Coêlho, membro honorário vitalício do Conselho Federal.
A conferência tem como tema “Em Defesa da Democracia e Advocacia: Novos Desafios do Direito”. Em observação à configuração atual do cenário político e econômico brasileiro, a conferência visa ser um referencial para os profissionais da advocacia, uma vez que discutirá temas da atualidade.

Durante os três dias, atividades como painéis, lançamentos de livros e palestras abordarão, entre os assuntos: Operação Lava-Jato, a importância da advocacia para a garantia do Estado Democrático, os sistemas de precedentes, direito da família e plano de carreira na advocacia.

Com uma intensa programação voltada para a capacitação, qualificação e valorização da classe, a atual gestão da OAB/MA desenvolve, ao longo deste mês, o Mês de Advogado, diversas atividades contemplando os profissionais que atuam na capital e no interior do estado, por meio da Itinerância da OAB/MA e CAAMA.

Aluisio cobra a recuperação da MA-006

O deputado Aluisio Mendes (Podemos) denunciou da tribuna da Câmara Federal o descaso do governo Flávio Dino com a MA-006, rodovia estadual que interliga a região sul ao norte do Maranhão, atendendo municípios como Grajaú, Fortaleza dos Nogueiras e Formosa da Serra Negra.

Ele destacou que a recuperação daquela estrada é mais uma das promessas de campanha não cumpridas pelo governador Flávio Dino.

“A MA-006 é uma importante artéria de desenvolvimento do Maranhão, por onde escoa a produção do agronegócio e do polo gesseiro, e por onde transitam muitas vidas, como os estudantes da região que têm sua formação nos campi do IFMA, da UFMA e da UEMA em Grajaú”, ressaltou Aluisio Mendes.

Aluisio lembrou que, quando foi à região pedir votos, Flávio Dino disse que a primeira estrada que seria recuperada, caso ele fosse eleito, era a MA-006.

“Ele até chorou quando disse que a obra seria uma prioridade e um compromisso moral, já que sua família é da região e ele conhecia o sofrimento das pessoas que precisavam transitar por aquela rodovia”, afirmou.

Para Aluisio Mendes, Flávio Dino precisa parar de culpar os governos anteriores pelas mazelas da sua gestão, e trabalhar para honrar seus compromissos com a população, principalmente daquela região do Maranhão, onde ele teve quase 80% dos votos.

“Dificilmente ele terá coragem de voltar a Grajaú, Formosa da Serra Negra, Fortaleza dos Nogueiras e tantos outros municípios para pedir votos, sem ter cumprido suas promessas em todas as áreas”, finalizou.

Pedro Lucas assegura que obras no Maiobão estão aceleradas

O Governo do Maranhão, por meio da Agência Executiva Metropolitana (Agem), realizou nova vistoria nas obras de revitalização do canteiro central da avenida 10, no bairro do Maiobão, pertencente a cidade de Paço do Lumiar. Por lá os serviços que estão sendo desenvolvidos em parceria com a prefeitura da cidade, estão bem adiantados.

O presidente da Agem, Pedro Lucas Fernandes, esteve no local, durante a tarde deste sexta-feira 18. Neste momento, está sendo feito o calçamento. “Os serviços estão dentro do cronograma e tudo deve ficar pronto em pouco tempo. Nós queremos melhorar a mobilidade na área da MA-201, dar um local mais digno para os feirantes trabalhares e proporcionar um excelente local de lazer para as famílias que vivem aqui. Essa é a determinação do governador Flávio Dino, fazer obras que melhores diretamente a qualidade de vida das pessoas”, disse Fernandes.

O projeto de urbanização do canteiro central da Avenida 10, elaborado pela Agem e executado pela Secretária de Estado da Infraestrutura (Sinfra), vai beneficiar 49 feirantes, que atuam na MA-201.

Será colocada uma cobertura, para abrigar as barracas e quiosques, para a comercialização de hortifrúti, pescados e alimentos diversos – um total de 5.251m² de área construída. O local terá estrutura mais apropriada para receber os clientes e visitantes. Porque vai contar com arborização, equipamentos de ginástica, playground, além de banheiros públicos. Serão construídos estacionamentos e rampas de acessibilidade.

O projeto inclui ainda, a recuperação da quadra de areia, colocação de alambrado em todo perímetro e cobertura, iluminação adequada, para dar mais segurança e estrutura para a prática de esportes.

Procon/MA notifica Faculdade Estácio a solucionar falhas na oferta de cursos

Após denúncias de consumidores, o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/MA) notificou a Faculdade Estácio a prestar esclarecimentos quanto a oferta do curso de Nutrição e, também, falhas na prestação de serviço do curso de Direito.

Segundo denúncias, consta na grade curricular dos alunos do 6º período de Nutrição e nos períodos superiores, a cadeira de estágio. Entretanto, não está sendo oferecida, e a coordenação do curso não informou datas para início da atividade. Reclamações sobre o curso de Direito também foram formalizadas junto ao órgão, relacionadas ao desligamento de professores, o que resultou no descumprimento da grade curricular para este semestre, deixando de ser garantida diversas disciplinas obrigatórias, em alguns casos os alunos foram informados que teriam que cursar as cadeiras em turnos diferentes do que haviam se matriculado.  Além disso, o órgão recebeu denúncias de que disciplinas obrigatórias estão sendo transformadas em disciplinas semipresenciais sem o consentimento dos alunos.

Outro ponto questionado na notificação é referente ao aumento cobrado em determinadas disciplinas que tiveram a nomenclatura alterada, porém permanecem com a mesma estrutura curricular.

De acordo com o Procon/MA, a faculdade afronta o Código de Defesa do Consumidor, no artigo 39, inciso II, quando recusa atendimento dos consumidores e disponibiliza vagas sem ter capacidade para atender.

Segundo o presidente do Instituto, Duarte Júnior, estas são denúncias graves. “A educação é um direito básico do cidadão, assim como o acesso à publicidade com informação clara e a boa-fé das relações de consumo. Nós iremos analisar o caso com atenção e aplicar as sanções que forem necessárias”, explicou.

A instituição deve apresentar informações e soluções pertinentes ao caso, em até 10 dias, contados a partir do recebimento da notificação. O descumprimento pode se caracterizar como crime de desobediência nos termos do artigo 330, do Código Penal, ficando sujeito, ainda, às sanções administrativas e civis cabíveis.

Tema discute melhorias para conselheiros tutelares do Maranhão

O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), prefeito Cleomar Tema, reuniu-se nesta sexta-feira (18) com representantes da União de Conselheiros e Ex-Conselheiros Tutelares do Estado do Maranhão (UNICECTMA).

Na oportunidade, Tema, que estava acompanhado do vice-presidente da entidade, prefeito Djalma Melo, garantiu apoio a alguns pleitos que, segundo a União, irão contribuir para que centenas de conselheiros e conselheiras possam desenvolver melhor suas atividades no estado.

Cleomar Tema garantiu que irá conversar com os membros da bancada maranhense em Brasília com o objetivo de viabilizar, junto aos deputados federais e senadores, recursos oriundos de emenda de bancada para serem utilizados na aquisição dos chamados kits de equipagem, composto um veículo computadores; impressoras; geladeira e bebedouro.

Estes equipamentos, assim que forem adquiridos, serão distribuídos para os Conselhos Tutelares do Maranhão como forma de otimizar o trabalho dos seus integrantes.

O presidente da FAMEM também se colocou à inteira disposição da entidade para conversar com deputados estaduais e, desta forma, tentar, também através de emenda, obter recursos que serão destinados para compra de novos equipamentos para os Conselhos maranhenses.

A ideia da União é de que, por meio do programa Mais IDH, seja possível criar o chamado kit estadual de equipagem, composto por motocicleta; mobiliário; dentre outros itens.

“Estamos extremamente satisfeitos com o apoio e sensibilidade do presidente Tema. Ele é um gestor que valoriza o trabalho dos conselheiros e que sabe da importância dessa categoria para o fortalecimento do municipalismo. Nós, da União, só temos a agradecer este importante apoio do presidente da FAMEM”, disse o presidente da UNICECTMA, Darlan Ferreira Mota.

Cleomar Tema ressaltou o trabalho dos conselheiros tutelares maranhenses. De acordo com ele, é mais do que justo que a Federação contribua para que a categoria se fortaleça cada vez mais.

“Fortalecer os Conselhos significa fortalecer as políticas sociais em todas as cidades do Maranhão”, disse.

Entre os dias 27 e 30 de setembro, a União realizará, na cidade de Barreirinhas grande encontro que reunirá centenas de conselheiros de todo o Maranhão.

O evento também recebeu o apoio do presidente da entidade municipalista durante a reunião desta sexta-feira.

“Menino do Acre” diz que fez viagem no tempo e sabe do futuro

De Veja

Bruno Borges, de 25 anos, conhecido Brasil afora como “menino do Acre”, voltou para casa na madrugada da última sexta-feira após cinco meses desaparecido. Em entrevista por e-mail a VEJA, o estudante afirma que seu sumiço “estimulou as pessoas a adquirir conhecimentos” e que durante o período conseguiu “lapidar a pedra filosofal”.

Borges desapareceu em 27 de março. Em seu quarto, na casa dos pais, em Rio Branco, foram encontrados códigos escritos nas paredes, teto e chão, catorze livros criptografados asinados por ele e uma estátua do filósofo italiano Giordano Bruno – e nenhum móvel.

O primeiro volume lançado por Borges, TAC: Teoria da Absorção do Conhecimento, saiu em julho pela editora Arte e Vida e entrou para a lista dos mais vendidos do site PublishNews. A Polícia Civil do Acre chegou a investigar o desaparecimento, mas interrompeu o caso após encontrar “fortes indícios” de que se tratou de uma ação de marketing.A VEJA, Borges se negou a revelar seu paradeiro nos últimos meses e a esclarecer se o sumiço foi ou não um golpe publicitário. Disse que continua trabalhando em seu projeto e que, nas poucas vezes em que saiu de casa desde que voltou, foi bem recebido pelas pessoas na rua. Recorrendo a frases de efeito e respostas “simbólicas”, como frisou, insistiu que tudo o que faz é tentar “mudar a vida de milhares de pessoas para melhor através do despertar para o mundo do conhecimento”.

O que você fez no período em que ficou afastado? Busquei o autoconhecimento. Na alquimia, dizemos que o operador procede em busca da pedra filosofal. Assim também eu fiz. Pude receber novas ideias e tracei o esboço para inúmeros livros, já que ninguém se banha no mesmo rio duas vezes e que já não sou o mesmo de antes.

Como é o seu dia a dia hoje? Continuo voltado ao trabalho para conseguir concretizar minhas obras. No entanto, ainda estou tentando voltar para a realidade, é apenas uma questão de tempo.

Seus pais ficaram chateados por não terem sido avisados do seu plano? Sempre acreditei que este projeto iria mudar a vida de milhares de pessoas para melhor através do despertar para o mundo do conhecimento e da investigação da verdade. Percebi que deveria fazer inúmeros sacrifícios. Um deles era guardar sigilo e não avisar meus pais. Certamente, eles ficaram chateados. Eu me desculpei e busquei aprender com meu erro. A vida é assim, só podemos progredir errando.

O que seus pais falaram quando você voltou? Depois que eu me desculpei, eles me disseram que acabaram mudando para melhor e tiveram que crescer muito diante das dificuldades. Meus pais entenderam que esse projeto era como uma missão para mim e disseram que eu posso contar com eles. Espero poder retribuir todo o amor e carinho que eles têm por mim. Eu tenho os pais mais fortes do mundo, e os melhores. Mas acredito que quase todo filho diga o mesmo dos seus.

Tem saído às ruas? Tem sido assediado? Sempre gostei de ficar em casa e sou muito reservado. Ainda não estou saindo, estou concentrado no trabalho. Tem muitas coisas que preciso colocar em ordem. Mas saí uma ou duas vezes e fui muito bem recebido por todos. A cidade é pequena e as pessoas se conhecem, sempre fui de falar com todo mundo e por isso sou recebido com muito carinho. Sou muito grato por isso.

E seus amigos, falaram com você? Ainda não tive tempo de me reencontrar com todos, mas eles estão muito felizes por eu estar de volta. Sempre conversei muito sobre filosofia e outros assuntos com meus amigos, acho que ficou aquela saudade das discussões filosóficas em busca da verdade da vida. Eles aprenderam muitas coisas interessantes nesse período e eu também, e graças a isso enriquecemos mais ainda nossa amizade.

Você disse ao programa Fantástico que sumiu para buscar a verdade da vida. Encontrou? Gostaria de responder simbolicamente. Cada um recebe de acordo com o merecimento. Mas em pouco tempo eu consegui lapidar a pedra filosofal. Porém, ela logo se dissolveu. Felizmente, é preciso apenas uma centelha para que a semente de mostarda comece a brotar e criar raízes. Vai depender agora de minha fé fazê-la crescer e criar seus ramos.

Quando tomou a decisão de voltar? Quando percebi que já não conseguiria mais alcançar aquilo que vinha buscando para mim em isolamento. Toda a minha meta foi alcançada nos dois primeiros meses.

O que acha do apelido ‘Menino do Acre’? Acho muito legal! Não me importo muito de como as pessoas me chamam, se elas acham ‘Menino do Acre’ legal, então eu também acho. O importante é que as pessoas se sintam bem com a maneira de me chamar.

No seu livro você exalta o celibato. Você o pratica? O celibato é exaltado por mim em se tratando de processos criativos. É importante entender que se o celibato for praticado forçosamente acaba sendo prejudicial, mas, se ele advém de uma inspiração, torna-se um mecanismo importante de sublimação energética, visto que o indivíduo estaria utilizando esta energia para uma atividade criadora. Eu pratico o celibato de maneira intermitente, quando estou em processo criativo. Em geral passo meses, dependendo do meu projeto.

Você também afirma ter uma alimentação totalmente frugívora. Passo meses sendo frugívoro. Mas eu também adoto no meu dia a dia uma dieta vegana, por ser mais prática. Acredito que essa dieta ajuda nos processos criativos.

Você cita Hitler como exemplo de pessoa vegana, assexuada, que pratica o isolamento. Esses aspectos são importantes para alcançar objetivos. A pessoa que adota esses comportamentos pode escolher entre o trigo e a palha. Hitler entendia do assunto e de como deveria proceder, mas infelizmente ele resolveu tirar seus conteúdos do depósito de coisas ruins, e não das boas.

Por que você deixou seus livros codificados? Um dos objetivos era estimular as pessoas a revelar o que está oculto. Isso é só o começo para a senda do autoconhecimento que todos nós buscamos em vida. Essa foi uma maneira de instigar as pessoas a dar o primeiro passo.

De onde veio a inspiração para o código usado nos livros? Toda inspiração é de cunho alquímico. O resto, infelizmente, não há como dizer senão através de simbolismos.

Você acredita em vida extraterrestre? Não estamos sozinhos e nunca estivemos. Eu vou dizer em breve o que sei. Também pretendo apresentar uma pessoa que tem grandes revelações a fazer.

Você deixou catorze livros. Os outros treze serão publicados? Quando?Pretendo publicá-los gradualmente e em breve. Mas alguns livros talvez mereçam permanecer ocultos.

Do que tratam os outros treze livros? Cada livro trata de um assunto específico. Eu escrevi livros de filosofia (política e metafísica); ocultismo; psicologia; teologia; história; romance; antropologia (experiências religiosas); mesclei com física quântica e desenvolvi uma teoria cosmogônica e algumas teorias na área de viagens no tempo.

Você pode adiantar algo sobre a sua teoria na área de viagens no tempo? Tenho mais de cinco teorias nessa área. Desenvolvi algumas quando estive isolado. Os astecas utilizavam a fumaça dos corpos queimados em sacrifício para predizer o futuro. Existem substâncias alquímicas na natureza que podem facilitar o processo, mas em geral eu trabalho com a funcionalidade cerebral, conectando as informações (amor) em vez de discriminá-las (ódio). Eu já fiz alguns tipos de viagens no tempo e sei de algumas coisas que vão acontecer nos próximos anos. A minha primeira teoria já está toda no papel e vou colocar no meu blogem breve.

Você disse que fez tudo isso com a intenção de fazer as pessoas buscarem conhecimento. De que forma acha que o seu desaparecimento poderia estimular essa busca? Se eu não tivesse procedido assim, as pessoas não teriam ficado tão curiosas em tentar entender tudo o que eu havia deixado. A maneira como meu desaparecimento estimulou as pessoas a adquirir conhecimentos é perceptível pelo fato de milhares de pessoas terem passado a discutir filosofia e assuntos que enriquecem o espírito, deixando de lado muitas coisas hostis e pueris que estão tomando conta de nossa sociedade, especialmente os jovens. As pessoas começaram a procurar algo que desse sentido a suas vidas e a leitura foi estimulada. O Brasil carece disso.

Que tipo de conhecimento você acha que as pessoas devem buscar? Aquele que enriquece o espírito e que faz com que possamos nos conhecer melhor. O conhecimento mais útil é aquele que faz com que o indivíduo comece a agir em prol de ajudar não apenas ele mesmo, mas os seus semelhantes. Isso é utilitarismo.

O que pretende fazer agora? O futuro próximo já reina. A era virtual já está entre nós. Por mais que as pessoas não percebam, a partir de agora o conhecimento será mais valorizado. Quanto mais conhecimento você tiver, mais influente será na sociedade. Eu continuarei buscando aprender com os outros e com tudo ao meu redor. Ainda estou engatinhando.

Você está em que ano do curso de psicologia? Pretende retomar a graduação?Estou no 3º ano. Pretendo retomar e conseguir minha formação. Não podemos ficar parados, a sociedade exige nosso crescimento e nossa disciplina.

Haja coincidência

No início do ano, ao se descobrir que o dono de um imóvel alugado pela Funac na Aurora pertencia a um então colaborador da Emap – filiado ao PCdoB -, o governador Flávio Dino e o seu principal assessor, Márcio Jerry, ambos também do PCdoB, sustentaram que se tratava de uma coincidência.

“Só muita má fé ou ignorância para imaginar que num processo de locação de imóvel em uma Fundação se faz pesquisa de filiação partidária”, argumentou o governador

O caso gerou até um comentário do jornalista Alexandre Garcia. “Deve ser mera coincidência”, disse ele (reveja). Até comitê do PCdoB a casa foi em 2014.

Agora, descobre-se que o prédio pelo qual o governo comunista pagou R$ 990 mil de aluguel, mesmo com o imóvel ainda fechado, é da irmã da chefe da Assessoria Jurídica Contenciosa da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Haja coincidência…

STJ barrou pedido de Stênio Rezende para evitar julgamento pelo TRF

O deputado estadual Stenio Rezende (DEM) bem que tentou, mas não conseguiu barrar o julgamento, pela Segunda Seção do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, de uma ação penal em que ele acabou condenado por peculato e lavagem de dinheiro (reveja).

Em habeas corpus apreciado na quarta-feira (16), horas antes do julgamento do democrata pelo TRF, o ministro Joel Ilan Paciornik, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), indeferiu um pedido da defesa para que a sessão fosse suspensa, sob a alegação de que a Polícia Federal “extrapolou sua competência investigativa ao diligenciar para apurar responsabilidade de Deputado Estadual em supostos crimes contra a administração pública”, de forma velada.

Para o ministro, o pedido da defesa de Rezende poderia ter sido feito ao relator da matéria no próprio TRF e apreciado em plenário, no momento do julgamento colegiado.

“Não se pode perder de vista que não há impedimento ao julgador de levar, antes de adentrar a análise meritória, a questão prejudicial a debate como forma de preliminar no próprio voto ou mesmo em questão de ordem, o que, a propósito, é de praxe, o procedimento adotado pelos órgãos julgadores”, despachou ao indeferir a liminar.

Julgado, o parlamentar acabou sentenciado à perda dos direitos políticos por oito anos.

Crimes

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), o deputado Stenio Rezende inseriu dados falsos em declarações de Imposto de Renda de duas servidoras comissionadas da Assembleia Legislativa do Maranhão (Maria Raimunda Melo França e Ana Carolina Urucu Rego Fernandes), então lotadas em seu gabinete, sem o conhecimento ou anuência delas.

Ele também foi acusado de tomar para si e desviar, dolosamente, salários de outros funcionários lotados em seu gabinete.

Outras duas pessoas (Wander Luiz e Silva Carvalho e Socorro de Maria Martins Macedo), então nomeadas pelo democrata em seu gabinete, para auxiliá-lo no suposto esquema criminoso, também são réus no processo, estando enquadradas nos mesmos tipos de crimes.

ABSURDO! Em Paulo Ramos, ambulância é usada no transporte de merenda escolar

Um leitor do Blog do Gilberto Léda, morador de Paulo Ramos, registrou um absurdo na cidade durante a semana.

Ele flagrou uma ambulância do Municípios sendo utilizada para o transporte de merenda escolar.

“Imagine as crianças que irão ingerir essa merenda… Cheia de bactérias e contaminação hospitalar”, criticou nosso leitor, que poderia fazer, ainda, um  outro questionamento: imagina se um doente precisa de assistência da ambulância no momento em que ela estava carregada de merenda

Com a palavra o prefeito Deusimar Serra (PCdoB).

__________________Leia mais
Paulo Ramos: prefeito negligencia atendimento a filha de adversário

Luis Fernando confirma reajuste salarial para professores em Ribamar

 

O primeiro encontro da agenda oficial do prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, na manhã desta quinta-feira (17) foi com os profissionais da Educação. Na porta da prefeitura, os professores receberam o prefeito para ouvirem o anuncio de uma das medidas mais importantes em favor dos educadores e consequentemente, em benefício da educação.

Após o encontro com os professores, o prefeito alinhou com os representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) o encaminhamento à Câmara de Vereadores do Projeto de Lei que concede reajuste salarial na ordem de 7,64% aos servidores do magistério da rede municipal de ensino, garantindo pagamento do reajuste nacional da categoria.

O Projeto de Lei entregue aos representantes do legislativo, vereadores Cristiano Pinheiro e Marlene Monroe, deverá ser apreciado pelos vereadores ainda nesta quinta-feira (17) em regime de urgência.

Com o reajuste salarial dos profissionais, de acordo com o prefeito Luis Fernando, a Prefeitura busca atender ao pleito dos servidores do magistério como forma de respeito e compromisso com os educadores, muito embora o esforço também vá custar o corte em outras áreas da educação, de forma a equacionar as contas públicas.

“Os professores são imprescindíveis no processo do ensino-aprendizagem e precisamos valorizar a categoria para que o município volte a ser referência nos indicadores nacionais, porém não podemos esquecer as limitações orçamentárias do município impostas por diversos cortes feitos pelo Governo Federal na ordem de mais de três milhões de reais, sem falar da crise que afeta diretamente a gestão”, explicou o gestor.

Mesmo assim, completou Luis Fernando, “estamos fazendo um enorme esforço no sentido de preservar a qualidade do ensino, viabilizando os investimentos no custeio da educação, porém precisamos ser realistas, vamos precisar equacionar as contas fazendo cortes e retardando outros investimentos igualmente importantes para a educação, a exemplo da reforma das escolas que atendem 25 mil alunos”, destacou o prefeito, ao explicar que 46 escolas já foram reformadas e equipadas, e que o reajuste dos servidores da rede passa a ter efeitos financeiros já na folha do mês de agosto.

A coordenadora do Simproesemma/núcleo de São José de Ribamar, Ilza Maria Moraes Almeida, avaliou como “positiva e satisfatória” a atitude do prefeito Luis Fernando, mostrando sensibilidade e respeito no trato com as solicitações postas durante a negociação. “O prefeito como sempre se mostrou aberto ao diálogo e felizmente todos nós, categoria e a sociedade de modo geral, saímos vitoriosos com o reajuste além das promoções progressões”, disse a representante.

Com o reajuste conferido pela Prefeitura na ordem de 7,64% aos professores, cerca de trezentos mil reais deverão a partir de agora ser incluídos no orçamento. Os vencimentos agora variam entre R$1.995,12 a R$4.236,84.

Também será conferido aos professores, o benefício das progressões e promoções de carreira, item também posto no pleito das negociações. No total, cerca de 130 pedidos serão atendidos e incluídos na folha do mês de setembro deste ano.