Certo do apoio de Flávio Dino, Edivaldo vai de povo; Eliziane articula partidos

edivaldoSão dois pré-candidatos em franca movimentação pelo comando da Prefeitura de São Luís: o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC), que busca a reeleição; e a deputada federal Eliziane Gama (PPS).

Mas em movimentos distintos.

O prefeito, certo de que tem o apoio da mais forte liderança política do Maranhão na atualidade, o governador Flávio Dino (PCdoB), intensificou nas últimas semanas agendas propositivas, que ampliaram sua presença nas ruas.

O petecista voltou a ter contato com o povo – no que ele, carismático que é, faz de melhor. E começa a colher frutos, segundo apontam pesquisas citadas por aliados.

elizianeEliziane, por outro lado, vive outro momento.

Igualmente carismática, a popular-sociaista não tem problemas de popularidade – até porque não administra nada. Então, não precisa estar testando sua receptividade entre o eleitorado a todo instante.

Mas ela não tem o apoio do governador – que já disse apostar nela como prefeita só daqui a “oito, dez anos” (leia mais), nem ao seu lado um rol de partidos tão extenso como o do prefeito.

Por isso, investe esforços na formação de um grupo.

E pode estar conseguindo isso com, pelo menos, duas legendas: o PP e o PSDB.

Se não houver fusão do PPS com outras legendas – o PDT, por exemplo – e ela conseguir marchar até 2016 sem precisar sair da sua sigla, é muito provável que mantenha o prestígio nacional que já tem no partido e, assim, dê garantias aos prováveis aliados de que conseguirá lançar uma candidatura forte.

E isso pode atrair mais gente.

Flávio Dino insinua que não implantará BRT na Avenida Metropolitana

dinoO governador Flávio Dino (PCdoB) deu a entender hoje (28), por meio de postagem na sua conta pessoal no Twitter, que não levará à frente o projeto de implantação de um corredor exclusivo para BRTs (ônibus articulados) na Avenida Metropolitana, em São Luís.

A primeira etapa da obra – que compreende a duplicação de um trecho da MA-203, entre o Araçagi e o Alphaville – está em fase de conclusão.

Na rede social, uma seguidora do comunista reclamou da largura do “canteiro” em contraposição à da pista de rolamento.

“Governador, vamos olhar para aquela obra de duplicação no Araçagi, estão deixando um canteiro de largura absurda e pista estreita”, escreveu.

Para a seguinte resposta de Dino: “Você tem razão. Obra foi ‘planejada’ assim. Vamos corrigir isso logo que possível” (veja ao lado do diálogo).

Que um morador da cidade não saiba que o “canteiro de largura absurda” na verdade não é apenas um canteiro, mas a área onde será implantada a faixa exclusiva para os ônibus, tudo bem.

O que preocupa é o governador desconhecer o fato. E ainda estimular esse tipo de comentário.

OAB protela manifestação sobre MP 185

De O Estado

marioO Conselho Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil no Maranhão (OAB-MA) reuniu-se na quinta-feira, 26, para emitir posicionamento oficial sobre a Medida Provisória nº 185, que autoriza a representação judicial de membros das Polícias Civil e Militar e Corpo de Bombeiros Militar pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE) em casos em que se fizer necessária em razão do exercício da atividade profissional, mas protelou a manifestação da entidade.

A MP já foi aprovada pela Assembleia Legislativa, transformando-se em lei, e, por enquanto, tem a oposição apenas das associações de procuradores e dos órgãos de defesa dos direitos humanos no Maranhão.

A Associação Nacional dos Procuradores dos Estados e do Distrito Federal (Anape), por exemplo, confirmou que protocolará Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) contra a medida, editada pelo governador Flávio Dino (PCdoB) no dia 2 de janeiro.

Da reunião desta semana, o Conselho Seccional da OAB-MA deveria sair com uma posição formal sobre o caso, mas a única definição do encontro foi a de nomear um relator para emitir parecer sobre a MP.

“Será nomeado um relator, que apresentará seu voto no dia 19 de março, próxima sessão ordinária do Conselho [Seccional]”, informou a assessoria de comunicação da OAB-MA a O Estado.

O relator será ainda nomeado pelo presidente do órgão, Mário Macieira. Só após a apresentação desse voto, os demais conselheiros debaterão e decidirão sobre o caso.

IMAGEM DO DIA: Julião empossado; e José Reinaldo?

imagemO deputado federal Julião Amim foi empossado secretário de Estado do Trabalho e Economia Solidária (Setres) hoje (27). A solenidade de posse foi presidida pelo governador Flávio Dino (PCdoB), no Palácio dos Leões.

A posse, reforça o questionamento: e José Reinaldo, assume quando?

Membro do alto escalão governista presente ao ato contou ao blog: “a chance de ele assumir é quase zero”.

Ai, ai, ai…

Rebeldes tentam esvaziar encontro de Marcio Jerry com o PT

reuniaoNão foi como se esperava o encontro de ontem (26) do secretário de Estado de Articulação Política, Márcio Jerry, com a direção estadual do Partido dos Trabalhadores (PT).

O que seria um passo decisivo para a adesão completa da legenda ao governo Flávio Dino (PCdoB) acabou sendo, como quase tudo no PT, mais uma mostra de que não há unidade por lá.

A diferença é que, agora, quem resolveu se afastar das articulações foi a própria Resistência Petista, grupo que decidiu se rebelar na gestão Roseana Sarney (PMDB) e, mesmo diante da aliança formal com a ex-governadora, apoiou Dino em 2014.

Enciumados pela proximidade de Márcio Jerry com a cúpula partidária – leia-se Raimundo Monteiro e Berenice Gomes -, os rebeldes petistas decidiram não participar da reunião da Executiva Estadual.

Má sorte deles que, mesmo sem sua presença, houve quórum para a reunião oficial do colegiado, que contou com a presença de Jerry e reforçou os laços da direção do PT com o Governo do Estado.

Tudo o que os rebeldes não queriam.

ATENÇÃO! MPF/MA abre Processo Seletivo de Estágio 2015

unnamed (2)O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) abriu o Processo Seletivo de Estágio 2015 para estudantes de Direito, Administração, Biblioteconomia, Comunicação Social (Jornalismo), Serviço Social e Tecnologia da Informação e Equivalentes. Os interessados em participar do seletivo devem realizar a pré-inscrição pelo site www.prma.mpf.mp.br, a partir de 8 horas da próxima segunda-feira (02/03), até as 18 horas de 10 de março.

O seletivo é destinado à formação do cadastro de reserva das unidades do Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA)na capital e no Estado. Podem concorrer às vagas os alunos das Instituições conveniadas ao MPF/MA, regularmente matriculados.

Após a inscrição preliminar eletrônica, os candidatos devem comparecer no período de 09 a 13 de março, na sede da Procuradoria da República no Maranhão (São Luís) e nas Procuradorias da República nos Municípios de Imperatriz, Caxias, Bacabal e Balsas (Unibalsas), para confirmação pessoal de suas inscrições e entrega dos seguintes documentos:

• Carteira de identidade (original e cópia);

• CPF (original e cópia)

• Declaração de escolaridade e Histórico Escolar atualizado;

• Instrumento de mandato, no caso de inscrição realizada por procurador.

As provas serão realizadas no dia 12 de abril de 2015, nos locais estipulados no item 4.4 do edital do Seletivo de Estágio.O tempo de duração das provas será de 5 (cinco) horas, iniciando-se às 8h30, com encerramento às 13h30, e fechamento dos portões às 8h20. Os candidatos deverão comparecer ao local da prova com documento de identidade original, comprovante de inscrição e caneta esferográfica de tinta azul ou preta.

As convocações ocorrerão de acordo com as vagas que surgirem ou forem criadas durante a validade do processo seletivo. Para os convocados, a jornada de trabalho será de 20 horas semanais. Atualmente, a bolsa estágio é no valor de R$ 800 mais auxílio-transporte de R$ 7 por dia efetivamente trabalhado.

O edital deste processo seletivo prevê também que 10% das vagas serão reservadas aos candidatos portadores de deficiência e/ou aos participantes do Sistema de Cotas Étnico-raciais.

O Edital, Anexos e outros arquivos relacionados ao processo seletivo estão disponíveis para download no endereço eletrônico www.prma.mpf.mp.br, por meio do qual também serão divulgadas as listas com os nomes dos candidatos aprovados no seletivo.

Para mais informações, acesse o sítio da Procuradoria da República no Maranhão http://www.prma.mpf.mp.br/controle.php, ligue para a Divisão de Gestão de Pessoas (Digep) da PR/MA (98) 3213-7130/7138/7307 ou envie um e-mail para [email protected]

Para baixar o Edital, Anexos e outros arquivos relacionados ao processo seletivo, clique aqui.

Eliziane Gama ocupa espaços e começa a despontar na Câmara

elizianeA deputada federal Eliziane Gama (PPS) começa a despontar como umas das referências da oposição na Câmara dos Deputados.

Depois de ser a única mulher indicada para compor a CPI da Petrobras – e de cara pedir as convocações de Collor, Dirceu e Palocci (reveja) -, a popular-socialista foi a protagonista de mais dois fatos relevantes nesta semana.

Primeiro foi indicada como coordenadora da comissão externa que vai fazer levantamento in loco bem como fiscalizar os fatos relativos ao cancelamento da construção das refinarias Premium I e II, no Ceará e Maranhão (leia mais).

E, ontem (26), foi destaque ao criticar, durante a reunião de instalação da CPI da Petrobras, as indicações do PMDB e do PT para ocupar, respectivamente, a presidência e a relatoria da comissão.

Na avaliação da parlamentar maranhense, os deputados Hugo Mota (PMDB-PB) e Luiz Sérgio (PT-RJ), não poderiam ocupar os postos, já que tiveram suas campanhas bancadas por empreiteiras que estão sendo investigadas pela operação Lava Jato.

O PPS apoiou questão de ordem apresentada pelo Psol que contestava as indicações dos dois partidos governistas. O argumento não foi aceito pela CPI, que acabou elegendo os dois parlamentares para os cargos-chaves da comissão. Ivan Valente (Psol-SP) concorreu a presidente do colegiado de forma avulsa, mas recebeu apenas quatro votos.

“O Brasil espera um retorno da Câmara. Este escândalo tomou proporções mundiais. O Brasil é manchete em todo o mundo. Está sobre nós fazer uma investigação séria. Daí a necessidade de termos parlamentares fora de qualquer suspeição para investigar este caso”, disse Eliziane.

E assim, a deputada vai galgando espaços no cenário nacional.

ALÔ, LAURINDA PINTO! Servidora usa carro da Secretaria da Mulher para fazer compras na Fribal

Um leitor do blog flagrou uma pessoa, supostamente uma servidora, usando carro oficial da Secretaria da Mulher para fazer compras na Fribal da Ponta do Farol, em São Luís.

O caso, registrado em vídeo, foi presenciado na tarde de ontem (26), por volta das 17h30.

Segundo nosso leitor, enquanto a mulher que aparece no vídeo fazia compras no estabelecimento, o motorista passou o tempo inteiro com o motor e o ar-condicionado do veículo ligados.

E é porque o combustível não está barato.

Alô, Laurinda Pinto!

carroOutro lado

O blog já entrou em contato com Secretaria de Estado de Comunicação (Secom) e aguarda explicação sobre o caso.

“Sou feliz e não estava sabendo”, diz Flávio Dino a imprensa nacional sobre situação do Estado

poderA jornalista Clarissa Oliveira, do Poder Online (leia aqui), revelou na terça-feira (24) em sua coluna que o governador Flávio Dino (PCdoB) tem usado dois discursos quando o assunto é a “herança” recebida da gestão Roseana Sarney (PMDB).

Enquanto reclama de “herança maldita” quase todo dia nas redes sociais, segundo a colunista, em Brasília, Dino afirmou “ser feliz” e mostrou-se aliviado pela situação em que recebeu o comando do Estado.

A revelação foi feita pelo comunista ao presenciar uma manifestação de professores na porta do Palácio do Buriti, sede do governo do Distrito Federal.

“Sou feliz e não estava sabendo porque não tem nenhuma manifestação na minha porta”, disse.

Esse Flávio Dino…

Leia abaixo a nota.

Flávio Dino agradece calmaria em início de mandato

Começo de mandato é uma época delicada para muitos dos recém-eleitos. As chamadas heranças malditas estão sempre na boca dos novos chefes dos Executivos para criticar antecessores.

Flávio Dino (PCdoB), governador do Maranhão, parece mais aliviado do que ávido por criticar. De passagem por Brasília, ele presenciou manifestação de professores em frente ao Palácio do Buriti, sede do governo do DF.

Os docentes protestavam por causa do parcelamento de dívidas do governo referente a férias e 13º salários. Não houve acordo sobre o tema.

“Sou feliz e não estava sabendo porque não tem nenhuma manifestação na minha porta”, disse o governador maranhense, que em seguida buscou amenizar. “É melhor nem falar porque pode dar azar”, completou o comunista.