Eunélio Mendonça confirma apoio a Lobão Filho

Do blog do Carlinhos

eunélioO prefeito de Santo Antônio dos Lopes, Eunélio Mendonça (SDD) entrou em contato com o Blog do Carlinhos na manhã desta quinta-feira (18) para rebater o boato de que estaria abandonando o grupo político que tem como candidato a governador Lobão Filho (PMDB) para apoiar a candidatura de Flávio Dino (PCdoB).

“Carlinhos, essa informação que está circulando em alguns blogs não procede; estou com Lobão Filho, sou homem de palavra, se ele ganhar ou perder estou com ele e fazendo campanha pra ele em Santo Antônio dos Lopes”, garantiu Eunélio.

Continue lendo aqui.

Militância jovem “importada” tem ligações com Flávio Dino

Membros de entidades ligadas à juventude, como União da Juventude Socialista (UJS) e União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), passaram a semana passada inteira convocando via redes sociais alunos das escolas de ensino médio e a sociedade em geral para participar de um evento denominado “Maranhão sem Corrupção”, que teve inicio as 15h na Praça Panteon, Centro de São Luís.

caixaoCompareceram cerca de 300 estudantes, apoiados por dois carros de som e uma van. A passeata se deu sob a animação de uma banda de fanfarra.

Ainda na saída da praça com destino ao Palácio dos Leões, dois grupos se formaram e houve confronto. Motivo: um grupo queria que o ato também fosse direcionado ao prefeito Edvaldo Holanda Júnior (PTC) e não simplesmente à governadora Roseana Sarney (PMDB). O outro queria que o foco fosse apenas o Governo do Estado.

Em determinado momento, os que manifestavam contra o Município lançaram mão de um caixão, simbolizando o enterro do prefeito. Isso foi motivo para novo confronto.

Ocorre que depois de investigar o caso, o blog descobriu que entre os que defendiam manifestação contra Roseana não havia apenas estudantes maranhenses, mas muita gente de fora.

Virginia Barros - UNEDurante a caminhada foram identificados alguns deles, como Virginia Barros, presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE).

Ela é natural de Pernambuco e veio especificamente para esse evento.

virginiaNa passeata, posicionou–se em cima do carro de som e liderou palavras de ordem e críticas ao Governo do Estado, pedindo a expulsão da família Sarney.

Foi identificado ainda Renan Alencar, presidente nacional da UBES e estudante da FATEC, de São Paulo. Renan morou ainda em Manaus e está ligado à Central de Trabalhadores do Brasil (CTB). Em Renan e Dilmasua página pessoal no Facebook, postou fotos com a presidenta Dilma (ao lado) durante a participação de um programa eleitoral sobre reforma política e sobre o sentimento de ser revolucionário 24h todos os dias de sua juventude. Esse evento contou ainda com a presença de Virgínia Barros (UNE). Ele registra também, na página principal da UJS-Brasil, seu total apoio ao candidato ao governo do Maranhão Flávio Dino (PC do B), usando a frase “Renovar a Esperança”. Divulga eventos e convoca sua militância a estar participando ativamente da agenda de Flávio Dino.

namoradosThays Campos, de Santa Catarina, militante do PC do B. Ela tem um relacionamento com Mú Adriano, do Paraná, que também é militante do PCdoB. Ambos estavam à frente da caminhada em São Luís, onde coordenavam e definiam o trajeto e as paradas. O casal foi responsável pelos transportes utilizados para o traslado dos estudantes. Cerca de 10 ônibus foram utilizados para o deslocamento dos alunos de várias escolas de São Luis e depois retorno aos seus destinos. Mú Adriano foi também o responsável por realizar o pagamento do veículo de som que foi utilizado durante todo o trajeto do evento.

ThiagoTodas essas pessoas estavam acompanhadas no evento por Thiago Penna, que atualmente mora em São Luis, mas morou em Belo Horizonte e é comumente observado na organização de eventos contra a família Sarney.

Cursou Turismo na UFMA e está diretamente ligado ao PCdoB. Autodenomina-se um militante ativo do partido, como sendo a juventude comunista.

Diegon Viana SchreinerOutro que estava no evento era Diegon Viana Schreiner, formado em Ciências Imobiliárias pela UFMA. Trabalha na Federação das Associações Empresariais do Maranhão e morou em Grajaú e Imperatriz.

Fabiana Amorim (2)Fabyana Amorim usava um mega fone para declarar sua total insatisfação aos familiares de Sarney e conduzia os alunos que estavam na frente do evento a se manterem firmes diante do grupo que manifestava contra o prefeito Edvaldo Holanda. Estudou no Barcelar Portela, e faz parte da diretoria da UJS ligada às liberdades sexuais.

jaineJaine Santos também aparece como uma forte liderança nos movimentos estudantis, onde arregimenta os alunos e os motiva a participar e se envolver nos eventos. Estudou no Liceu, e atualmente no IFMA. É natural de Belém. Em seu Facebook deixa claro que apóia o candidato Flavio Dino, sendo simpatizante dos movimentos do PC do B.

Os dois eventos terminaram na Praça João Lisboa, pois um grupo tentou passar à frente do outro, o que gerou uma confusão generalizada. Um grupo soltou foguetes na direção do outro, que revidou. Foi necessária a intervenção da Policia Militar.

Após a ação policial, ficou claro que o evento tinha sido encerrado naquele ponto. Os alunos foram direcionados aos ônibus de apoio para levar os alunos de volta para suas respectivas escolas.

organizaNa ocasião um fato chamou atenção: um pequeno grupo de organizadores – entre eles Renan Alencar (UJS), Virgínia Barros (UNE), Mú Adriano (PR) e Thiago Penna, se mantiveram no local. Eles reclamavam pelo fato do manifesto não ter saído como planejado.

Virginia Barros4 entrevistaA presidente da UNE, Virginia Barros, estava impaciente pelo fato de ter dado uma entrevista, o que poderia causar eventuais problemas a sua imagem.

Logo em seguida, deslocaram-se a uma casa localizada na Rua do Alecrim, nº 374.  O imóvel foi identificado como uma espécie de comitê de Flavio Dino (PCdoB). O grupo entrou passou cerca de 40 minutos e depois saiu.

penna renan

Lobão Filho assegura grandes investimentos na região Tocantina

lobaoO candidato ao governo do Estado, Lobão Filho (PMDB), retomou sua agenda de visita ao interior do Maranhão, nesta quinta-feira (18), com uma grande caminhada no município de Sítio Novo, onde reuniu cerca de 3 mil pessoas em apoio à sua candidatura e, ao lado do prefeito João Piquiá, ex-prefeitos, vereadores e outras lideranças locais, assegurou a construção de uma Refinaria e de estradas na região.

“Vamos construir uma refinaria na região Tocantina para gerar emprego para essa população. Além disso, vamos dar início imediato à construção do hospital e das estradas que faltam ser feitas em Sítio Novo”, anunciou Lobão Filho, em resposta ao pedido do prefeito sobre o início das obras do hospital que já foi licitado e sobre as estradas que ligam Sítio Novo a Posto Santana e Sítio Novo a Amarante. “Fazendo isso no início de seu governo, já estaremos todos felizes em Sítio Novo”, declarou o gestor municipal.

Lobão Filho falou ainda sobre seu crescimento nas pesquisas de intenção de votos e lembrou do início de sua campanha quando o apoio popular e político ainda não estavam consolidados. “Cheguei aqui porque tinha fé no coração, levei a todos os municípios por onde passe uma mensagem de esperança de um Maranhão de paz e de amor e tinha certeza que iria alcançar os maranhenses com nossa mensagem. Temos, hoje, o apoio de 195 prefeitos e 260 ex-prefeitos que estão firmes em nosso propósito”, contabilizou.

“Temos aqui nesse palanque várias correntes adversárias que estão unidas em nossa campanha. Essa é, no mínimo, uma campanha diferente, de uma mensagem positiva que alimenta a esperança da nossa gente”, completou o candidato peemedebista.

O candidato ao Senado, Gastão Vieira (PMDB) também destacou o crescimento de Lobão Filho nas pesquisas e a expectativa de virada ainda no primeiro turno. “Estamos nessa cruzada há aproximadamente 100 dias e começamos com um grupo pequeno de pessoas nos ouvindo. Mas nossas palavras ecoaram em todo o estado e, agora, nosso adversário, que está em campanha há 4 anos, despenca nos gráficos e nós, que já subimos 30 pontos, continuamos em movimento ascendente. Chegamos aqui para dizer pra vocês que a vitória está na mão”, exclamou o candidato a senador.

(Da assessoria)

“Não sou covarde”, diz Hélio Soares ao justificar traição

sarneyO deputado estadual Hélio Soares (PMDB) justificou, em entrevista ao site de campanha de Flávio Dino (PCdoB), sua traição ao grupo Sarney.

O peemedebista confirmou ontem (18) sua adesão ao comunismo e disse que o fez porque não é covarde.

“Não sou covarde e estou aqui para dizer que o melhor para o Maranhão é Flávio Dino”, disse.

Soares afirmou, ainda, que não podia “estar ausente neste momento”.

“Não poderia estar ausente neste momento. A candidatura de Flávio Dino não nasceu de grupos políticos, mas da vontade popular. E nós, na qualidade de políticos, não podemos ficar contra a vontade da população”, destacou o parlamentar, que defendeu, também, a alternância de poder.

“Sou movido aos meus eleitores, conterrâneos e a população do nosso Estado. Precisamos cessar o continuísmo. O maior instrumento de desenvolvimento é a alternância de poder. Não sou covarde e estou aqui para dizer que o melhor para o Maranhão é Flávio Dino”, completou.

TSE veta pesquisa que seria divulgada hoje pela TV Difusora

pesquisa-250x300O ministro Herman Benjamin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), concedeu na noite de ontem (17) liminar à coligação Unidos pelo Brasil, encabeçada pelo PSB, e determinou a suspensão da divulgação da pesquisa do instituto Prever cujos números seria apresentados hoje (18) pela TV Difusora, contratante do levantamento.

Na ação, a coligação socialista sustentou que a consulta, apesar de ter em seu questionário perguntas sobre a disputa presidencial, não foi registrada do TSE.

Para o ministro, esse registro, no caso em questão, é obrigatório.

“A divulgação de pesquisas amplas, com intenções de votos a cargos em disputa nas variadas eleições, requer a construção de ato complexo, que só se perfaz, para a derivação de efeitos juridicamente válidos, após a efetivação de registro conjunto no Tribunal Regional respectivo e neste Tribunal Superior”, despachou o magistrado.

Ele estipulou, ainda, multa de R$ 50 mil em caso de descumprimento.

“Concedo a liminar para determinar às Representadas que se abstenham de divulgar a pesquisa registrada sob o Protocolo nº MA-00048/2014, até julgamento final da representação, sob pena de multa diária”, completou.

Avião com Ricardo Murad sofre pane e faz pouso em fazenda

murad11h18 - O secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad (PMDB), passou por um sufoco na manhã desta quinta-feira (18).

O peemedebista viria de São João dos Patos para São Luís, num avião de pequeno porte, quando uma luz de advertência da aeronave acendeu.

O piloto, então, por precaução, fez um pouso numa fazenda de nome Montes Claros, ainda no município de São João dos Patos.

Pelo menos um assessor Ninguém ficou ferido.

Murad continuou a viagem de carro. Ele segue para Coroatá.

Após traição, Hélio Soares integra-se a campanha de Flávio Dino

helio helio2No mesmo dia em que se confirmou a traição do deputado estadual Hélio Soares (PMDB) ao grupo Sarney, ele já estava absolutamente integrado à campanha do candidato a governador Flávio Dino (PCdoB), da coligação “Todos pelo Maranhão”.

Na noite de ontem (17), o peemedebista já fez até discurso durante passagem do comunista pela cidade de Maracaçumé (veja nas imagens acima).

“E foi um discurso forte”, garantiu ao blog um membro de alto coturno do comunismo maranhense.

Hélio dificilmente se reelegeria deputado. Agora, com o ato de infidelidade partidária – o candidato do PMDB é o senador Edison Lobão Filho -, pode ainda enfrentar um processo de expulsão da legenda e, ainda, perder os meses de mandato que lhe restam.

Mas, é claro, será rotulado como “perseguido pela oligarquia” se isso ocorrer…

Aliados de Flávio Dino inventam números do Ibope para se prevenir

ibopeAliados do comunista Flávio Dino anunciam desde ontem (17)  que a pesquisa Ibope/TV Mirante deve trazer uma diferença de apenas sete pontos percentuais entre o candidato do PCdoB e o senador Edison Lobão Filho (PMDB).

Os números, é claro, foram inventados por eles mesmos – já que o Ibope ainda está em campo -, para dar sustentação à tese de que o instituto pode estar fraudando o levantamento em benefício do candidato do governo.

É mais ou menos como a estratégia do gatuno que, pego em flagrante, também grita “pega ladrão!”.

O fato é que a primeira pesquisa Ibope/TV Mirante – que apontou diferença de apenas 12 pontos percentuais entre os dois principais concorrentes ao Palácio dos Leões – balançou as estruturas do comunismo maranhense.

Antes da divulgação da primeira consulta, eles tentaram fazer o mesmo: inventaram a história de que o resultado apontaria diferença de 15 pontos – o que já seria desastroso para a oposição – e torceram para que o resultado fosse esse. Assim, estaria desmoralizado, de antemão, o instituto.

Não deu certo da primeira vez.

Mas eles não desistem.

Agora vêm com essa de que “aliados de Edinho” andam espalhando uma diferença de apenas sete pontos.

O Ibope, com se sabe, entrega os dados da pesquisa apenas no dia da divulgação. No caso em questão, no sábado (20). E é só nesse dia que saberemos, todos, a real diferença entre Flávio Dino e Edinho Lobão.

Entretanto, como temem pelo pior, os comunistas já se previnem. Como sempre, utilizando-se de factoides.

Os R$ 30 mil do ambulatório do Câncer e os R$ 190 mil do gabinete fechado de Roberto Rocha

vice vice2A campanha eleitoral deste ano no Maranhão começou com um debate provocado pela oposição: uma empresa do senador Edison Lobão Filho (PMDB) recebe R$ 30 mil mensais do Governo do Estado pelo aluguel de um prédio onde funciona o ambulatório oncológico instalado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) na Avenida São Luís Rei de França.

Os oposicionistas tentaram criar um clima de escândalo porque o prédio estava em adaptação. Na versão deles, seria uma “clínica fantasma”.

Agora que já sabem que o ambulatório funciona, ninguém mais da oposição foi ao local fazer visita ao prédio. Estão calados…

Como calados ficam diante do fato de que o vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha (PSB), já gastou mais de R$ 190 mil  com o aluguel de um prédio onde deveria funcionar a Vice-Prefeitura, mas nada funciona.

O prédio, localizado na  Rua do Sol, está fechado, segundo revela reportagem de O Estado publicada hoje (18).

Além desse recursos, Rocha já gastou quase R$ 100 mil reais com o aluguel de veículos e compra de combustível para carros que servem ao gabinete que simplesmente não existe.

Mas sobre isso, nem um pio da oposição, que age, como sempre, com dois pesos e duas medidas.

__________________Leia mais

Roberto Rocha reclama: “não tenho sequer gabinete”