Cartorário de Imperatriz perde a família na tragédia do Rio

Região serrana sofre com a força das chuvas

O cartorário Marcelo Bernanrdes, de Imperatriz, vive o drama da tragédia que se abateu sobre o Rio de Janeiro nos últimos dias. Ele recebeu nesta quinta-feira (13) a confirmação de que sua esposa e seus dois filhos morreram soterrados em Teresópolis.

A cidade, na região serrana do Rio, foi uma das atingidas pelos fortes chuvas que caem no local desde o começo da semana.

Além dos três já confirmados, outros onze integrantes da família estão desaparecidos. Todos estavam em férias, em casas de veraneio.

O cartorário, que é natural do Rio de Janeiro, já viajou a Teresópolis para tentar localizar os corpos.

(Com informações da Rádio Mirante AM)


0 pensou em “Cartorário de Imperatriz perde a família na tragédia do Rio

  1. Muitos programas do rádio e televisão estão fazendo a cobertura dessa catástrofe climática. Comentários pertinentes estão sendo feitos, análises sobre a ocupação do solo desordenada, crescimento das cidades, moradias em áreas de risco. Mas apenas um, que eu tenha percebido, ressaltou que pela quantidade de chuvas que caíram não existiria cidade que suportasse, sem que houvesse vítimas. Foi uma catástrofe climática. Contra as forças da natureza ainda somos pequenos e frágeis. Esse único que ressaltou a enorme quantidadede de chuva, sem precedentes, foi o Coronel Roberto Robadey, Coordenador da Defesa Civil de Nova Friburgo, registrando a informação de 300 mm de chuva em cerca de 36 horas.
    Nós assistimos, mês a mês, semelhantes tragédias mesmo em países desenvolvidos. Na Austrália , há dez dias atrás chuvas fortes inundaram vastas regiões daquele desenvolvido país, deixando muitos mortos. Nem os Estados Unidos escapam das forças da natureza , basta lembrar de New Orleans e o Furacão Katrina.
    O número de vítimas é de cerca de 500. Deve ser a maior tragédia climática já ocorrida no Brasil.
    Podemos trabalhar , e devemos, para diminuir o risco desses fenômenos, mas simplesmente evitá-los ainda não está ao nosso, humano, alcance.
    Newton Almeida http://limpezariomeriti.blogspot.com