Gondim cede à pressão: servidores devem receber dia 28

Secretário já admite pagar No mesmo mÊS

O secretário de Planejamento, Fábio Gondim, já admite retomar o calendário de pagamento dos servidores utilizado até dezembro do ano passado.

Em entrevista ao programa Ponto Final, da Rádio Mirante AM, na manhã desta quarta-feira (19), ele tentou novamente explicar os motivos pelos quais adiou o pagamento, mas ressaltou que o Governo do Estado já se prepara para pagar o mês de janeiro dia 28.

“É importante ressaltar que essa data [estipulada no novo calendário] é uma data máxima. O Estado pode pagar antes e vai pagar antes sempre que for possível, sempre que houver caixa. Em janeiro, já estamos nos preparando para fazer o pagamento no dia 28”, afirmou.

A data cai numa sexta-feira, exatamente como vinha sendo feito nos últimos governos.

Apesar de ressaltar que o Estado fará esforço para pagar de acordo com a tabela antiga, Gondim já admite que o sistema antigo seja definitivo.

“Retomando a capacidade de gestão dos recursos financeiros do Estado de uma forma mais eficiente, a gente muda essa data e permanece”, completou.

Polêmica

A polêmica envolvendo o pagamento dos servidores começou depois que foi divulgado o novo calendário. O blog do Marco D’Eça foi o primeiro a criticar a medida.

Dias depois, o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado do Maranhão (SINTSEP) informou que oficiaria à governadora solicitando a revogação do decreto que alterava a tabela de pagamento.

Em resposta publicada no blog do Décio Sá, Gondim tentou justificar o injustificável. Alegou que precisava movimentar muitas contas para pagar os trabalhadores sem a parcela do FPE do dia 30.

Mais tarde, o deputado Ricardo Murad entrou no debate, criticando os argumentos do secretário.

O novo posicionamento do secretário Fábio Gondim surge como resposta a todas essas pressões.


0 pensou em “Gondim cede à pressão: servidores devem receber dia 28

  1. Prezado Gilberto,
    Antes de mais nada, devemos enaltecer a atitude do secretário Fábio Gondim, que mostra acima de tudo sabedoria, pois demonstra que a nenhuma decisão pode ser definitiva. Se realmente o pagamento do estado voltar a ser pago dentro do mês trabalhadofor a vontade de todos, porque não retorná-lo ao antigo calendário. Está de parabéns também a Governadora, que mostra que tem auxiliares com grande sensibilidade social. É isso aí.