Diárias de Travassos em 2010 somam, na verdade, R$ 84 mil

É bem pior do que se poderia imaginar a situação da procuradora-geral de Justiça, Fátima Travassos, em relação às diárias emitidas em seu nome durante todo o ano de 2010.

A denúncia inicial, do colega Itevaldo Junior, dava conta de que ela havia amealhado, em um ano, algo em torno de R$ 69 mil.

Mas os valores não estavam atualizados.

O blog teve acesso, nesta quarta-feira (16), às novas cifras. Na verdade, Fátima Travassos foi beneficiada com R$ 84.003,27, de 27 de janeiro – data do primeiro processo – a 15 de dezembro de 2010.

São, em média, R$ 7.000,27 mensais a mais no já polpudo salário da procuradora.

Um absurdo!

Segundo apurou o blog, os valores só foram atualizados por conta de um processo que já tramita no Conselho Nacional de Procuradores de Justiça (CNPG).

Ano novo

Se 2010 foi bom, em 2011 a procuradora deve aumentar a média. A primeira diária lançada em seu nome este ano foi de nada menos que R$ 8.512,08, para uma viagem ao Rio de Janeiro.

Nada mal.=


8 pensou em “Diárias de Travassos em 2010 somam, na verdade, R$ 84 mil

  1. Nós estamos perdidos com estes gestores, “ninguém respeita mais ninguém”, –de tanto ver a impunidade prosperar, gestores meter a mão no jarro, e ficar porisso mesmo–, já dizia Phuthakpharhihu o indiano sábio, não existe mais gestores sério neste Estado.
    _______________
    Seguindo o conselho do indiano ai acima, vou para as montanha meditar, até depois de dez carnavais.

  2. Caro Gilberto

    E as diárias da corregedora do MPMA, Drª Selene, você já fez o levantamento? Divulga que a sociedade precisa saber. Será que o MPMA já atualizou todos os dados da “Transparência/concessão de diárias” lançados na sua página da internet?

Os comentários estão fechados.