Brincadeira! Justiça concede liminar favorável à KAO I em Rosário

Decisão beneficia golpistas da KAO I

Parece brincadeira, mas uma liminar da Justiça garantiu à empresa KAO I Indústria e Comércio de Confecções Ltda. que sejam retirados do terreno do Pólo de Confecções de Rosário todos os posseiros atualmente instalados no local.

A decisão consta do processo nº 44.29.2011.8.10.0115 a que o blog teve acesso nesta sexta-feira (18). Além disso, a Justiça de 1º Grau determina a abertura de processo contra um certo “Olho de Brasa”, pelo suposto furto de telhas para construção das casas construídas na área.

O clima é tenso e uma ação de despejo pode ser coordenada pela Polícia Militar a qualquer momento.

Histórico

A KAO I Indústria e Comércio de Confecções Ltda. pertence aos enrolados Kao Yi Jeh, um taiwanês, e ao brasileiro Rogério Lin.

É a responsável pelo golpe que vitimou centenas de trabalhadores de Rosário, que tiraram empréstimos para produzir confecções no Pólo de Rosário e ficaram a ver navios depois que os “empresários” sumiram do mapa.

As dívidas de todos foram perdoadas judicialmente, em decisão de 2006.

Chhai Kwo Chheng, representante da KAO I, foi condenado em setembro de 2010 pelo juiz substituto da 11ª Vara Federal do Ceará a seis anos e meio de prisão, mais multa de 150 salários mínimos.

Ele tentava aplicar o mesmo golpe por lá.


0 pensou em “Brincadeira! Justiça concede liminar favorável à KAO I em Rosário

  1. Léda,

    Primeiramente! Parabéns pelo sucesso do seu blog.

    Esses invasores possuem casas e alguns até carro. Tem até político importante da cidade no meio. Na verdade estão de olho na valorização dos terrenos, pode ver que a maioria das “casas” só tem o telhado da fabrica.

    Abraços.