A resposta que ninguém deu a Marcelo Tavares

Marcelo Tavares não ouviu o que deveria

O deputado Marcelo Tavares (PSB) pintou e bordou, nesta terça-feira (22), quando o assunto foi a votação da Medida Provisória nº 84/010, que prorroga por mais dez anos o Fundo de Combate à Pobreza no Maranhão (Fumacop).

Tavares mostrou-se favorável à proposta, mas questionou o destino dos recursos arrecadados para a instituição do Fundo.

A base governista praticamente emudeceu.

O deputado Rogério Cafeteira (PMN) até tentou desestabilizar o orador, mas ficou no meio do caminho.

O único que entrou de fato no embate, deputado Hemetério Weba (PV), meteu os pés pelas mãos.

Confira no diálogo:

Marcelo Tavares – “Me diga para que serve [o FUMACOP] hoje, Deputado Hemetério?”

Hemetério Weba – “Para programas importantes de combate à pobreza no Maranhão”

Marcelo Tavares – “Quais são eles? Quais são os programas importantes de combate á pobreza que esse Governo faz? Se tem algum, a bancada não sabe, porque V. Ex.ª está 10 minutos e não conseguiu me dizer um”

Weba tentou sair pela tangente: “Eu estou discutindo com V. Ex.ª a questão da destinação dos recursos, agora V. Ex.ª perdeu o prazo de fazer as suas Emendas, e se discutir aqui em plenário as suas Emendas”.

Para ajudar os governistas a defender o governo que eles representam na Casa, aqui vai uma lista dos programas que o FUMACOP, agora prorrogado, já financiava e continuará financiando daqui pra frente.

1 – Viva Água
2 – Viva Luz
3 – Primeiro Emprego
4 – Viva Casa
5 – Ações do NEPE
6 – Ações da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (como aquisição de sementes para produtores rurais)
7 – Restaurantes populares, criados pela Secretaria de Desenvolvimento Social
8 – Aquisição de apetrechos de pesca

Estes são os que o blog conseguiu apurar em rápida consulta com assessores das secretarias de Estado.

Então, quando forem entrar num debate com um opositor preparado como Marcelo Tavares, caros deputados governistas, é melhor estarem municiados de informações.

Ou então fiquem calados…


0 pensou em “A resposta que ninguém deu a Marcelo Tavares

  1. O problema é que o governo não tem quem tenha competencia para defende-lo. Stenio não tem perfil de lider; Eduardo Braide é inexperiente e não tem nem figura para impor respeito e o Manoel Ribeiro, bem este tem perfil de chefe nunca de lider. Para ser lider é preciso ser bem articulado com os colegas e está bem informado das atos e das coisas do governo. É preciso que conheça com segurança e pontualmente o que o governo está fazendo a fim de poder rebater qualquer ação da oposição. Duvido que o Manoel Ribeiro conheça alguma coisa desse fundo ou de qualquer programa do governo. A unica coisa que ele pode fazer é ir a tribuna e debochar da oposição e desviar o assunto para coisas menos dignificante. Agora defender ações do governo, isso nem ele e nemhum dos 3 tem competencia para fazer. Roseana esté é perdida com lideres desses.

  2. O problema é que o governo não tem rumo. Qual a prioridade do governo?
    Outra coisa, a governadora tem que agradecer ao José Reinaldo, visto que sem o FUMACOP ela não faria nem uma dessas ações listadas por vc.

    • O que eu não entendo, meu caro, é pq o FUMACOP era tão bom quando José Reinaldo era o governador e, agora, para prorrogar, dizem que não é? O FUMACOP de hoje banca muito mais programas de combate à pobreza do que quando foi criado. Isso é um fato.