PF confirma envolvimento de Monteiro e Benedito Terceiro em esquema no INCRA

Monteiro era "cabeça" do esquema

O superintendente da Polícia Federal no Maranhão, delegado Fernando Segóvia, confirmou, agora há pouco, em coletiva à imprensa, que o atual e o ex-superintendente do INCRA do Maranhão, Benedito Terceiro e Raimundo Monteiro, respectivamente, estão envolvidos com a quadrilha desbaratada pela Operação Donatários.

O delegado Rubens César, cedido ao órgão, também faz parte do grupo, acusado de desviar cerca de R$ 4 milhões que seriam destinados a reforma e construção de casas em assentamentos rurais.

“Eles [Benedito Terceiro e Raimundo Monteiro] eram os cabeças do esquema, porque eram os superintendentes. Tudo passava por eles. Podemos dizer que, se eles não participasse, o esquema não aconteceria”, declarou Segóvia.

Segundo o representante da Controladoria Geral da União (CGU) na coletiva, Israel Carvalho, a situação de alguns assentamentos levou aos prantos agentes envolvidos na operação.

Ele fez um relato emocionado do que se viu nos locais. “O que mais toca quando se desbarata uma quadrilha dessas é perceber que muita gente deveria estar morando em uma casa digna, hoje mora praticamente em uma tapera”, completou.


11 pensou em “PF confirma envolvimento de Monteiro e Benedito Terceiro em esquema no INCRA

  1. Já estão preso?… com um afirmação dessas, qualquer funcionários público não posto por politico no cargo já estaria preso, nã precisava nem ordem judicial, o ‘Delega’ ia logo dizenso -têge preso- pru coitado!. Como se trata de indicação politica, ai o negócio é diferente, o bicho não pega!. Terceiro é indicação de Cafifa, monteiro é do PT, então, não existe cadeia pra coruptos, passa a mão na cabeça de todo mundo e fica porisso mesmo. Quem vai mesmo pra cadeia é o pião lá do assentamento, que recebeu a tapera para morar e não reclamou, pode anotar, ai imprensa.

    • Na verdade, nesse caso, o que ocorreu foi vazamento de informação, o que garantiu aos acusados habeas corpus preventivos, e, conseqüentemente, negativas da Justiça Federal para os pedidos de prisão. Grato pela participação.

  2. Por muito tempo (até 2007) o atual vice-governador não foi assessor de Monteiro? Será que isso respingará na honorável governadora? Será que existe realmente isonomia neste país?

Os comentários estão fechados.