Eliziane antecipa debate eleitoral na AL; Gardeninha diz que socialista tem que saber, primeiro, se partido lhe dará legenda

Eliziane: debate pré-eleitoral

Os engarrafamentos, os buracos e a alta do IPTU dominaram a discussão entre as deputadas Eliziane Gama (PPS) e Gardênia Castelo (PSDB), que anteciparam, nesta terça-feira (1º), na Assembléia Legislativa, o que pode ser a tônica dos debates na corrida eleitoral na capital.

Gama, que já é apontada como virtual candidata a prefeita, criticou a malha asfáltica de São Luís e disse que isso contribui para os engarrafamentos.

“Os engarrafamentos são constantes. A partir das 16h30 da tarde, já não há como transitar na cidade. Somado a isso, há os buracos, que são muitos e que geram engarrafamentos quilométricos dentro da nossa cidade”, declarou.

Ela também atacou o “aumento inexplicável” do IPTU.

“Temos um aumento inexplicável de IPTU, deputada Gardênia. A planta genérica de valores apresentada pela Prefeitura foi aprovada na Câmara Municipal de São Luís, havendo inclusive uma discussão sobre se não houve vício formal dentro da Câmara durante a aprovação de aumento médio de 500%. Houve regiões em São Luís onde esse aumento foi de até 8.500%. É uma coisa realmente impressionante”, completou.

Em defesa de João Castelo, a Gardênia Castelo citou obras em andamento e criticou o Governo do Estado, via CAEMA.

Gardeninha culpa CAEMA

“Outro problema grave é a questão da ausência de saneamento básico nessa cidade. E esse é um trabalho que, a princípio, não é atribuição da Prefeitura de São Luís, mas mesmo não sendo atribuição básica, porque isso tem que ficar a cargo da Companhia de Água e Esgoto – CAEMA, o prefeito conseguiu, com apoio do Governo Federal, convênios estabelecidos para iniciar várias obras de saneamento básico nessa cidade”, afirmou.

Eliziane não deixou por menos e fez um alerta ao prefeito.

“Quatro anos passa muito rápido, se a gente não começar a trabalhar, a partir do primeiro ano, se termina os quatro anos e não se faz nada. Na questão do trânsito, o prefeito precisa entrar no processo e tentar resolver e a responsabilidade, de fato, é do município de São Luis, não sou governista, não sou do grupo da Roseana, faço parte do Bloco de Oposição, mas o caso é fato, o prefeito de São Luis não é Roseana Sarney, o prefeito de São Luis é João Castelo, nós precisamos cobrar é dele”, disse.

Após a sessão, Gardeninha negou estar em campanha eleitoral, mas alfinetou Eliziane. “Se ela está pensando em ser candidata, precisa primeiro saber se o partido lhe dará legenda”.

Leia mais sobre o assunto no blog do Jorge Aragão.


0 pensou em “Eliziane antecipa debate eleitoral na AL; Gardeninha diz que socialista tem que saber, primeiro, se partido lhe dará legenda

  1. O que eu sei meu caro Gilberto é que São Luís está um Caos , a ponto de quererem mudar o no me do prefeito para CAOSTELO. Até agora só descaso e irresponsabilidade . Tem faltado soro glicosado para procedimentos básicos no Socorrão . A verdadeira prefeita que é a Gardeninha controla quem será pago ou não na secretaria municipal de saúde . Muitos fornecedores já se negam a levar calote na fussa.

    • Engraçado que ela criticava Tadeu Palácio na AL, dizendo que a prova de que a adm dele foi desaprovada é a votação que Tati Lima teve na capital em 2010 (3.500 votos, mais ou menos). De outro lado, acredita (será que acredita mesmo?) que seus 25 mil votos na mesma eleição são fruto da boa (?) adm de Castelo. Piada né?

  2. Tem faltado de comida a soro glicosado no Socorrão . Os semáforos estão em frangalhos , eles tem tirado de onde tinha duas ou três colunas para levar para repor onde pifou . O paisagismo se destacou por disperdiçar nosso dinheiro no apodrecimento de milhares de “carnaubeiras ” iresponsavelmente plantadas . As avenidas do Cohatrac tem recebido de 04 a 05 operações tapa-buraco cada ano , mas que não adianta , os serviços articulados pelo ” Paulo ” são de péssima qualidade , o famoso asfalto sonrizal . Tem gente se dando bem com esse desperdício de recurso , pode ter certeza. O combate à dengue está prejudicado por uma greve que já tem mais de mês e nenhuma solução pro problema , no momento que mais se precisa desse serviço. Há dois anos a prefeitura não paga a Cemar , exatamente o tempo da administração do Caostelo . Pra variar , ele vai deixar essa conta pra outro pagar ? Eu já sabia que cedo ou tarde ele acusaria a Roseana ( e o Sarney) de culpada pela sua desastrosa administração , pois ele teve a mesma atitude quando da administração de sua esposa Gardênia , na qual todo mundo sabe que ele é quem dava as cartas.
    Sobre a primeira vez em que ela conseguiu se eleger , deveria era ter vergonha de gabar-se , pois o derrame de dinheiro era para ela ser a mais votada.

  3. Toda vez que a deputada Eliziane fala de asfalto eu me lembro dos 10 Km que ela conseguiu pra Rosário em 2008 e até agora, necas de pitibiriba!