Chacina do Realengo: Roseana envia carta a Sérgio Cabral

A governadora Roseana Sarney (PMDB) encaminhou carta ao governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), solidarizando-se com o povo do Rio de Janeiro em virtude da chacina ocorrida na manhã desta quinta-feira (7) no interior de uma escola no Realengo.

Na correspondência, a governadora do Maranhão diz que a tragédia, “de tão improvável para os padrões de comportamento da nossa gente”, deixou a todos perplexos.

“Em nome de todos os maranhenses, solidarizo-me com o povo do Rio de Janeiro neste momento de profunda consternação pelo que ocorreu contra crianças no interior de uma escola de Realengo, matando 11 estudantes e deixando outros 13 feridos”, diz a nota.

Leia a íntegra abaixo.

___________________________________

GOVERNO DO MARANHÃO

Senhor Governador Sérgio Cabral,

“Em nome de todos os maranhenses, solidarizo-me com o povo do Rio de Janeiro neste momento de profunda consternação pelo que ocorreu contra crianças no interior de uma escola de Realengo, matando 11 estudantes e deixando outros 13 feridos.
Essa tragédia, de tão improvável para os padrões de comportamento da nossa gente, nos deixa perplexos. A dor dos cariocas é de todos nós, do Brasil e do mundo.
Às famílias atingidas por essa barbárie, nossa solidariedade e as nossas orações. Que Deus as conforte e as proteja.

ROSEANA SARNEY
Governadora do Maranhão


0 pensou em “Chacina do Realengo: Roseana envia carta a Sérgio Cabral

  1. Roseana devia se preocupar com os morto daquir. Hoje mesmo morreu um bebê de dois mêses e dez dias, por falta UTI na rede publica, “Uma irresponsabilidade e falta de sensibilidade sem proporções com a vida humana”.
    Isto sim é barbárie!.