SEDUC AVISA: vai descontar salários de professores parados; faltosos podem ser demitidos por abandono de emprego

O Governo do Estado resolver engrossar o discurso contra os professores que insistem em descumprir as decisões do desembargador Marcelo Carvalho e do ministro Ricardo Lewandowski, que consideraram ilegal a greve da categoria.

Em nota encaminhada à imprensa na noite da última quarta-feira (6), a Secretaria de Educação faz novo apelo para que os docentes voltem às salas de aulas e avisa: vai descontar os salários de quem ficou parado.

“Por força da decisão da Justiça, todos os dias não trabalhados serão descontados – um prejuízo para os professores que poderia ter sido evitado se tivesse havido a devida orientação”, diz a nota.

Além disso, a SEDUC alerta que pode haver demissões por justa causa.

“O Governo do Maranhão lembra ainda que, de acordo com a legislação em vigor, a ausência, por 30 dias, das atividades caracteriza abandono de emprego”.

A greve começou dia 1º de março.

Veja a nota da SEDUC:

________________________


0 pensou em “SEDUC AVISA: vai descontar salários de professores parados; faltosos podem ser demitidos por abandono de emprego

  1. Este terrorismo é costumeiro…Duvido mesmo é que descontem salários dos marajás que existem aqui no interior, te mandei o link pelo twitter, já que aqui, você que estou me ‘promovendo’…
    Quanto a decisão do Lewandowski, ele apenas disse que o recurso não deveria seguir em frente, na fala dele professores não tem direito a greve, mas, o sindicato já recorreu, e será votado no plenário…

    O governo se mostra muito preocupado em cumprir esta decisão judicial, mas, por que não cumprem a LDB e não fazem o Plano Estadual de educação? No Maranhão não há este plano Léda… ”Ao contrário de querer cortar o ponto dos professores grevistas, o governo deveria era cumprir ordem judicial decretada pela juíza Luzia Madeiro Nepomucena na data de 22 de fevereiro do ano corrente (Processo: 5546-97.2011.8.10.0001).

    O despacho da meritíssima determina a nulidade e suspensão de toda e qualquer contratação temporária de professores decorrente de processo seletivo simplificado (Edital n.º 03/2009), assim como a convocação de todos os aprovados habilitados no último concurso, abrangendo classificados e excedentes.”

    Este melhor governo da vida de tua governadora se aproxima dos cem dias e não disse a que veio….Em pensar que ainda falta mais de três anos e meio….

    • Grato pela participação. Ah, vc ainda não pediu desculpas pelos insultos no caso da decisão do STF que confirmou a ilegalidade da greve… Acha que não deveria?

  2. Como disse acima negar seguimento a um recurso significa que ele não será julgado pelo colegiado, o que aliás, é o principal objetivo de um recurso: ser conhecido pelo colegiado, o que visa a garantir um julgamento justo, o qual não será feito novamente por um só Ministro com suas próprias convicções, mas por todos os Ministros; Importante ressaltar que a negativa de seguimento ao recurso não significa negar provimento ao mesmo. Negar provimento significa julgar o mérito e isso, nesta hipótese, não se enquadra. Um ministro não é o STF, como Roseana gostaria….O caso irá a plenário…
    Não respondeu a pergunta…

    • Negou provimento por erros formais, amigo. O sindicato nem sequer utilizou o dispositivo correto para contestar a decisão do desembargador Marcelo Carvalho. Não deveria ter feito “Reclamação”

  3. É NESTA HORA QUE PENSO EM DESISTIR DESTA PROFISSÃO…QUEREMOS O MÍNIMO, REPOSIÇÃO SALÁRIAL REFERENTE A 2009 E 2010 E IMPLANTAÇÃO DO ESTATUTO DOS PROFESSORES. TENHO MESTRADO HÁ 8 ANOS E NÃO RECEBO NENHUM CENTAVO POR ISTO, JÁ ERA PARA EST NO NÍVEL 22 E ATÉ AGORA CONTINUO NO NÍVEL 19. É LAMENTÁVEL A SITUAÇÃO DE NOSSAS ESCOLAS. GILBERTO EXISTEM ESCOLAS EM POVOADOS NO INTERIOR DO ESTADO QUE FUNCIONAM EM GALPÕES, GARAGENS E ATÉ MESMO BARRACÕES. É VERGONHOSO A POLÍTICA EDUCACINAL EM NOSSO ESTADO. É LAMENTÁVEL. E AGORA ESTA PERSEGUIÇÃO….POR QUE A GOVERNADORA DEU A REPOSIÇÃO SALARIAL AOS POLICIAIS E NÃO DÁ AOS PROFESSORES?? SERÁ QUE NÃO SOMOS MERECEDORES???

  4. Grande coisa, descontar os dias parados. Pior para os alunos, pois se descontarem do salario, NAO VOU REPOR AS AULAS. Simples! E ai?? Olga Simoes tem é que ser demitida, pois nem educadora ela é.

  5. Fizeram a mesma coisa na epoca da greve de 87 dias no governo de Jackosn, Disseram que iam descontar salario, demitir, etc, etc.
    SE demitir, é pior,pois ja nao tem professores suficientes.
    É uma cabeça de bagre essa Olga Simoes.

  6. Gilberto, sou educadora há dez anos , trabalho com ensino fundamental e médio e acalento um sonho de ver o Estatuto do Servidor aprovado, pois com a aprovação deste, com certza nossa educação tomará novo rumos, pois, professor satisfeito, educação com mais qualidade . O Sinproesemma convocou os associados e a greve aconteceu por motivos justos, não era meu desejo que isso acontecesse, mas foi necessário e oportuno,hoje, depois de um desembargador e um ministro negarem o direito de greve, me questiono, quem sou eu? por que estou aqui? se não vejo perspectiva de melhora. você pode até dizer, mude de profissão, já que não acredita mais na educação, sabe, o governo pode descontar meu salário, como se propõe a fazer, mas de uma coisa tenho certeza, não pode obrigar o professor a ir para a sala de aula e fazer um bom trabalho e elevar os índices educacionais do nosso estado, é a lei do talião, olho por olho, dente por dente…

    • “ir para a sala de aula e fazer um bom trabalho” foi um compromisso que vc assumiu assim que tomou posse. E qdo tomou posse vc sabia qual era o salário. Então não me venha com conversa mole. A greve é política.

      • Gilberto, todo homem é um ser político e como tal deve agir, não cobramos apenas a melhoria de nossos salários, leia o estatuto para poder fazer tal afirmação, isso não é conversa mole e sabes bem disso , boa parte das escolas da rede estadual estão em péssimas condições, basta fazer uma verificação, e isso foi compromisso de campanha do governo, porque assumiu, se não podia cumprir? é caro bloguista, tá na cara que você deve ser um dos privilegiados do governo.

      • A única política que há nisso é o fato da telefonista Olga, está no cargo por ser uma aúlica do clã…Qualquer outra coisa é pura falácia…

        • Cuidado com o português, professor. “Está” não é o mesmo que “estar”. Sobre a politicagem com a greve, vc nega que esse seja um movimento do PC do B?