SES diz que nunca recebeu notificação de pacientes maranhenses encaminhados ao Piauí

Desde o último dia 5 de abril, estão suspensos, em Teresina, novos atendimentos aos pacientes do Estado do Maranhão através da rede municipal de saúde.

A medida foi tomada pelo presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina, Pedro Leopoldino.

Segundo ele, o objetivo é garantir que o Maranhão cumpra o termo de compensação firmado em março de 2010, segundo o qual os municípios maranhenses que encaminham pacientes para Teresina devem ressarcir a FMS em até três meses pelo custo do atendimento.

Ocorre que a FMS da capital vizinha nunca encaminhou à Secretaria de Estado da Saúde (SES) “qualquer notificação ou conta gerada por paciente oficialmente encaminhado à capital do Piauí pelos municípios maranhenses”.

É o que garante o secretário Ricardo Murad, em nota encaminhada à imprensa na noite da última quinta-feira (7).

“Até a presente data a Secretaria de Saúde do Maranhão não recebeu qualquer notificação ou conta gerada por paciente oficialmente encaminhado à capital do Piauí pelos municípios maranhenses. […] Portanto não se justifica a anunciada suspensão de atendimento aos pacientes maranhenses, feita pelo Fundo Municipal de Saúde de Teresina”, diz a nota.

Segundo a SES, a rede pública de saúde de Teresina não pode se negar a receber pacientes com necessidade de atendimento de alta complexidade.

“Atendimentos de alta complexidade gerenciados pela Central Nacional de Regulação são financiados pelo Ministério da Saúde e […] os casos de urgência e emergência terão que ser atendidos obrigatoriamente na rede pública”, conclui o comunicado oficial.

Leia íntegra abaixo.

__________________________________
GOVERNO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
Fonte: SES
07/04/2011
__________________________________

NOTA – SES

A Secretaria de Saúde do Maranhão esclarece que em março do ano passado ficou definido que doentes de alta complexidade, da macrorregião de Caxias, seriam encaminhados preferencialmente para atendimento em Teresina, devido à proximidade desses municípios com a capital do Piauí.

A mesma resolução garantiu ao município de Teresina o ressarcimento de todos os atendimentos oficialmente encaminhados pelos municípios maranhenses, por meio de encontro de contas trimestrais.

Entretanto até a presente data a Secretaria de Saúde do Maranhão não recebeu qualquer notificação ou conta gerada por paciente oficialmente encaminhado à capital do Piauí pelos municípios maranhenses.

Por oportuno, esclarece que atendimentos de alta complexidade gerenciados pela Central Nacional de Regulação são financiados pelo Ministério da Saúde e que os casos de urgência e emergência terão que ser atendidos obrigatoriamente na rede pública.

Portanto não se justifica a anunciada suspensão de atendimento aos pacientes maranhenses, feita pelo Fundo Municipal de Saúde de Teresina.


5 pensou em “SES diz que nunca recebeu notificação de pacientes maranhenses encaminhados ao Piauí

  1. Acredito no latido de um cachorro pirento, do que acreditar nesta Roseana, desumana e neste Ricardo indiferente…

  2. É Macabeu, quando Roseana e seu cunhado estão doentes recorrem aos hospitais particulares ou do Maranhão ou de São Paulo…
    Quem morre nas filas é quem sabe o quanto é difícil ser pobre…Mas, isso a GUERREIRA nunca soube e nem saberá o que é…

  3. GILBERTO, FUI E SOU ELEITOR DE ROSEANA, MAS UMA COISA QUE HOUVE AQUI EM SANTA LUZIA DO PARUA ME DEIXOU UM TANTO DESAPONTADO, COM ELA DE CERTA FORMA POR DEIXAR QUE O SEU SECRETARIO RICARDO MURAD FIZESSE O QUE FEZ CONOSCO. COMO VC SABE, SOU FUNCIONARIO DO HSP FRANCISCA MELO E ESTAVA HÁ QUSE 6 MESES SEM RECEBERMOS NOSSO DINHEIRO. POIS BEM, O PREFEITO NILTON FERRAZ PAGOU NOSSOS MESES DE SALARIO ATRASADOS( SOMOS GRATOS A VC POR TER PUBLICADO NOSSO APELO QUE SABEMOS QUE FOI DE GRANDE AJUDA SEU ARTIGO ), MAS DEMITIU TODOS OS FUNCIONARIOS CONTRATADOS DEIXANDO APENAS 5 TEC. EM ENFERMAGEM.O HSP FRANCISCA MELO JA FOI UM DOS MAIORES HSP’S DA REGIAO DO ALTO TURI, POIS ERA POLO REGIONAL, HOJE OPERA SOMENTE COMO SE FOSSE UM AMBULATORIO, POIS SEGUNDO O QUE O PREFEITO NOS DISSE FOI QUE O HOSPITAL IRIA FECHAR POR ORDEM DO SECRETARIO E QUE TODOS OS PROCEDIMENTOS IRIAM ACONTECER NO HSP SANTA LUZIA. NADA CONTRA O HSP, POIS SABEMOS QUE O DR HAROLFRAN E SUA EQUIPE SAO DE GRANDE PERICIA NO QUE FAZEM, MAS TEMOS CIENCIA DE QUE ELE NAO TEM ESTRUTURA SUFICIENTE MUITO MENOS RECURSOS FINANCEIROS PARA TOCAR TAL TAREFA QUE SABEMOS QUE É QUASE IMPOSSIVEL, POIS O HSP SANTA LUZIA FICOU RESPONSAVEL POR CUIDAR DE UMA POPULAÇÃO DE QUASE 50 MIL PESSOAS COM O MESMO REPASSE QUE ERA DE, EM MEDIA, 60 MIL,O QUE NOS DEIXOU INDGNADO FOI O FATO DO SECRETARIO DAR UMA ENTREVISTA DIZENDO QUE IRIA MELHORAR A SAUDE DA CAPITAL COM MAIS TANTOS LEIKTOS DE UTI E TANTOS OUTROS DE INTERNAÇÃO.CONTUDO, ELE ESTÁ FECHANDO OS HSP’S DO INTERIOR. AI EU ME PERGUNTO, COMO ELE IRÁ DAR UMA SAUDE DE QUALIDADE PARA A POPULAÇÃO DA CAPITAL FORÇANDO O POVO DO INTERIOR A IR PARA SAO LUIS À PROCURA DE TRATAMENTO? O HSP FRANCISCA MELO AINDA NAO ESTÁ FECHADO, POIS AINDA EXISTEM PACIENTES INTERNADOS,MAS O QUE O PREFEITO NOS DISSE FOI QUE O HSP FRANCISCA MELO IRÁ FECHAR POR ORDEM DO SECRETARIO RICARDO MURAD QUE É COMANDADO POR ROSEANA. ASSIM NÃO DÁ. NAO É PORQUE EU E MEUS COLEGAS FOMOS DEMITIDOS, POIS COM O SABER E TREINAMENTO QUE TENHO SEI QUE NAO FICAREI DESEMPREGADO, MAS O MEU DESABAFO É POR CONTA DA FALTA DE COMPROMISSO TANTO DO PREFEITO QUANTO DO GOVERNO DO ESTADO PARA COM NOSSA POPULAÇÃO QUE VOTOU MAÇIÇAMENTE EM NOSSA GUERREIRA. FICA AQUI MEU DESABAFO COM O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI EM SANTA LUZIA DO PARUÁ.

Os comentários estão fechados.