Assessores de Edivaldo Holanda Junior são nomeados também no gabinete do pai

Não só o deputado estadual Edivaldo Holanda (PTC) é um homem de sorte, como constatou o blog mais cedo.

Assessores parlamentares do filho, o deputado federal Edivaldo Holanda Junior (PTC), também não podem reclamar da vida.

Não é que três dos dezenove nomeados no gabinete de Edivaldo Pai na Assembléia Legislativa já são funcionários da Câmara dos Deputados no gabinete de Edivaldo Filho?

Isso mesmo.

Ao cruzar dados do Diário da Assembléia com os do Portal da Transparência da Câmara (veja imagens ao lado), o blog descobriu que Carlos Antônio Salomão Chaib, Itaney Pereira Veras e Silvana Noely de Sousa Gomes têm cargos nas duas Casas Legislativas.

Em consulta ao Portal da Transparência da Câmara minutos antes de publicar o post, restou confirmada a dupla nomeação

Na prática, os assessores teriam que pegar um vôo São Luís/Brasília todos os dias para conseguir cumprir os horários nos dois empregos.

E olha que na capital federal o rigor tem sido grande quanto ao ponto.

Outro lado

O blog entrou em contato com a assessoria de Comunicação do deputado federal Edivaldo Holanda Junior às 14h21 desta terça-feira (12) solicitando esclarecimentos e aguarda retorno.


0 pensou em “Assessores de Edivaldo Holanda Junior são nomeados também no gabinete do pai

  1. VERGONHOSO 1 !!!
    GILBERTO, PARABENS PELA REPORTAGEM, CADA VEZ MAIS VC NOS SURPREENDE COM NOTICIAS DE PRIMEIRA GRANDEZA.
    CONHEÇO O DEP. EDIVALDO JR. E FICO TRISTE EM SABER QUE PAI E FILHO PREGAM TANTA MORALIDADE EM NOME DE DEUS E EXATAMENTE ELES, OS HOMENS COMETEM TAIS ERROS QUE SÓ ENVERGONHAM A TODOS E A CLASSE POLITICA. LAMENTAVEL.

    VERGONHOSO 2 !!!

    CARO GILBERTO,
    AS PESSOAS QUE ESTÃO INDO EM BUSCA DE TRATAMENTO NO CENTRO DE FISIOTERAPIA NA CIDADE DE CURURUPU ESTÃO SENDO DESPACHADOS PORQUE A LUZ FOI CORTADA POR FALTA DE PAGAMENTO. ESTE ANO A CEMAR JÁ CORTOU A LUZ DA SEDE DA PREFEITURA 3 VEZES. ISSO É SÓ UM DOS CASOS TRISTES QUE OCORREM QUASE TODO DIA. EM TEMPO: ONTEM A PREFEITURA RECEBEU QUASE 400 MIL DA COTA DO FPM, MAS JÁ TEM AGIOTAS NA ESPREITA PARA RECEBER SEU DIN DIN. SEGUNDO UM DELES DA REGIÃO DE IMPERATRIZ SÓ DE COMPRAS FEITAS PELO PREFEITO ZÉ FRANCISCO PESTANA PRA UMA FAZENDA INCLUINDO COMPRA DE SEMENTES DE CAPIM, A FATURA CHEGA A 150 MIL REAIS. ENQUANTO ISSO O POVO SOFRE PELA FALTA DE ASSISTENCIA BASICA POR PARTE DA PREFEITURA. TRISTE SITUAÇÃO!!!

  2. kd o ministerio publico? o regimento da camara e da assembleia proibem esse tipo de situacao, os servidores juntamente com os parlamentares deverao responder processo administrativo e devolver imediatamente os valores recebidos. Outro ponto que gostaria de denunciar e uma michelle freitas q esta no gab do edivaldo pai…ela e parente caracterizando assim nepotismo

  3. olá caro Leda,
    Dizem por ai em boca pequena ( sem provas ) que essas pessoas na realidade dividem os salários com os Holandas, no famoso esquema meio a meio.
    Talvez dai pode se explicar as duplicidades das nomeações.

  4. esse edivaldo jr juntamente com o pai e so bla bla bla. Ate hj edivaldo junior nunca apresentou algo concreto na camara…sei q agradecer a Deus e uma coisa muito boa, mas ele ta la e para trabalhar, nao so orar…qnd vai a tribuna e para criticar algo ou parabenizar alguem, queremos sao resultados Drzinho…vc e igual ao pai…MAlandro todo !!!!

  5. O deputado Edivaldo Holanda, no exercício do cargo, tem plenos direitos para indicar todos os 19 cargos de assessores do titular que deixou a vaga para assumir cargo no Executivo.

    Conforme a resolução administrativa 610 de 2010, aprovada pela Assembleia Legislativa, o suplente indicará todos os cargos de assessores a quem tem direito o titular da vaga em caso de licença para ocupar outros cargos.

    Em 2009, o suplente Manoel Ribeiro exigiu a nomeação dos seus 19 assessores. E fez muito barulho. O então presidente do Legislativo, Marcelo Tavares, para acalmar os ânimos, acatou o pedido de Ribeiro. O titular da vaga, Raimundo Cutrim, que havia se licenciado para ser secretário de Segurança, por razões equivocadas, garantiu os seus.

    Por isso, no começo de 2010 a resolução administrativa fora aprovada. A partir de então, os assessores de Manoel Ribeiro estavam legalmente amparados.

    Edivaldo Holanda assumiu e uma semana depois indicou seus 19 assessores. Tudo dentro da lei. Como quatro dos seus nomeados estavam ocupando cargos no gabinete do filho, deputado federal Edivaldo Holanda Júnior, foram imediatamente exonerados dos cargos em Brasília. Tudo normal.

    Mesmo licenciado, Ricardo mantém todos seus assessores na AL.
    Mas existe um caso em que a Assembléia Legislativa deve corrigir para não continuar incorrendo no erro grosseiro, rasgando a resolução administrativa 610 de 2010.

    O secretário de Saúde, Ricardo Murad, mantém nomeados 19 assessores como se ainda estivesse no exercício do cargo de deputado estadual.

    Ou seja: a Assembléia Legislativa e nem os contribuintes não podem pagar R$ 127 mil para os assessores de Murad, contrariando sua própria lei.

    O suplente Tatá Milhomem, que entrou no lugar de Ricardo Murad, já nomeou seus assesores. Dentro da legalidade.

    Como se observa, o tiro saiu pela culatra. Edivaldo Holanda tem o amparo legal. Ricardo Murad mantém a boquinha ao arrepio da lei.

    Siga o Blog do Luis Cardoso no Twitter

    • Nunca questionei a legalidade das nomeações de Edivaldo Holanda Pai, mas sim a peculiaridade, uma vez que, apesar de amparada pelo resolução, a prática não é comum. Como expliquei no post, o normal é o titular manter a maioria dos cargos. Converse com o Fábio Braga e vc vai saber do que estou falando. Mais do que seguir a letra fria da lei, nesses casos o que vale é a conversa.
      No caso de Edivaldo Holanda Filho, já publiquei os esclarecimentos sobre o assunto.

  6. É nisso que dar, na ância de servir os apadrinhados cometem erros absurdos desses, se saisse o pagamento do bolso deles, teria mais cuidado nestas momeações, e aposto como não teria mais de três assessores.

  7. Foi admirável a atitude da Deputada Graça Paz. Ela bem que poderia botar o pé na parede e não ceder seus cargos, ou não poderia? não é assim de fato? mas ela abriu mão, quem sabe, até tendo grandes prejuizos. Se o Suplente Edvaldo Holanda prevaricar e não apoiar o Prefeito João Castelo, aí é a hora de Graça Paz voltar para o mandato que é dela.

  8. Caro Gilberto,

    Novamente venho pronunciar meu desagrado com notícias suas parciais, sem uma fonte certa de informação, acho no mínimo leviano da sua parte atacar o Edivaldo Júnior com um título e uma matéria dessas, você como bom conhecedor dos trâmites de nomeação e exoneração de cargos públicos deveria ter tido o cuidado de verificar o DIÁRIO OFICIAL, e não se basear apenas no site do câmara federal(desatualizado).
    Com isso, você cada vez mais perde credibilidade em suas notícias e se torna mais um blogueiro parcial e sensacionalista, sem matérias fidedignas.
    Sem mais para o momento.
    Fica o registro.

  9. A inveja do mal sucedido leva a ele falar do que não sabe, desejar o que é dos outros e morrer no insucesso, sem conseguir alcançar o bem se enforcando com o mal que deseja fazer aos outros.
    capacidade não é para todos burro será sempre burro
    anta
    jerico
    mula

    bur.ro
    (Zoologia) animal, pertencente a órdem dos perissodátilos, quadrúpede solípede do mesmo género que o cavalo distinguindo-se deste por ser menor, ter as orelhas muito grandes, pêlos compridos na cauda e crina curta
    asno; jumento
    o mesmo que muar
    homem estúpido, teimoso e ignorante
    partidário do absolutismo
    pontalete para suster horizontalmente o cabeçalho do carro
    triângulo de pau onde se segura madeira curta para serrar
    armação onde os canteiros lavram as lousas de pedra
    banco feito de tronco de árvore
    pequeno tronco a que se encostam os cavacos que ardem na lareira
    espécie de banco de cardador
    banco rústico de azinheiro junto da chaminé
    engenho para tirar água dos poços ou rios por balde
    espécie de prensa para mandioca
    aparelho usado para torcer o tabaco em cordas
    cama de campanha
    monte de terrra
    é para isso que servem os burros,
    burro.

  10. É decepcionante saber isso de pessoas que acreditamos ser de Deus, pessoas que “proclamam “a política da verdade, de não fazer políticagem ,mas de ser um homem político, que nasceu para a política..Voto para JR desde seu 1° mandato, acreditando ser ele um “político de Deus”.Sem falar que o mesmo não voloriza seu pessoal de luta, de sol e chuva,de conquista de voto a voto nas ruas, ou melhor com ele diz : seus amigos “VOLUNTÁRIOS”,os quias encontram-se em estado de esquecimento dos HOLANDAS.
    HOLANDAS…. procure seu povo de luta e não aqueles que apareceram na véspera da eleição AH! e pastores de votos que não o elegeu.

  11. HOLANDAS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!SILVANA E SEU ESPOSO CARLINHOS E ITANEY AINDA ESTÃO NO ESCRITÓRIO DO DEPUTADO FEDERAL EDIVALDO HOLANDA JÚNIOR EM SÃO LUÍS. EXPLIQUI-NOS POR QUE?????????????????????????.