Secretário de Infraestrutura de Imperatriz é preso pela PF

Empresas de Roberto Alencar trabalham na região

O secretário de Infraestrutura de Imperatriz, Roberto Alencar, também já foi detido pela Polícia Federal no bojo da Operação Usura, desencadeada nesta quarta-feira (11).

Além de chefe da pasta, Alencar é empresário da construção civil, com atuação em diversos municípios da Região Tocantina.

Em entrevista à imprensa local, mais cedo, o procurador geral do Município de Impertatriz, Gilson Ramalho, declarou que o envolvimento do secretário nos crimes denunciados pela PF não tem relação com a administração do prefeito Sebastião Madeira.

_______________Leia mais:

PF caça prefeito que fornecia merenda escolar estragada 

Ex-prefeito de São João do Paraíso está preso

Vereador morto em Davinópolis seria mandante de assassinato de engenheiro

____________________________________

Roberto Alencar tem o nome ligado, também, às denúncias pela morte do engenheiro José Henrique de Carvalho Paiva, ocorrido em 2007. Ele seria um dos mandantes.

Paiva foi morto a golpes de faca – não há certeza quanto ao número; há registros de seis, 24 e 43 facadas -, em Imperatriz, meses depois de ter denunciado, em depoimento na Comissão de Fiscalização de Controle da Câmara dos Deputados, suposto esquema de desvio de R$ 100 milhões comandado pelo atual prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB). Ele cita as empresas beneficiadas.


0 pensou em “Secretário de Infraestrutura de Imperatriz é preso pela PF

  1. tem que prender esta corja de ladrões coordenadas pelo Madeira, se mexe neste mato sai muito mais, ou ja se esqueceram do Lula Almeida.