SEJUV: disputa pelo cargo de adjunto forçou Roseana a nomear André Campos em dupla função

Nomeação saiu semana passada

Está explicado o motivo de o Secretário de Juventude, André Campos, acumular duas funções na SEJUV até dezembro, como revelou o blog semana passada.

A decisão foi da governadora Roseana Sarney (PMDB), com o apoio do deputado estadual Roberto Costa (PMDB) – que indicou Campos –, depois que se estabeleceu uma disputa frenética pelo cargo de adjunto nas bases da “juventude governista”.

Ocorre o seguinte: como já estava decidido que Campos assumiria a pasta, aliados do próprio Roberto Costa começa a lotear o cargo de adjunto da SEJUV.

A preocupação, então, passou a ser quem nomear para o posto. Para evitar maiores problemas, decidiu-se pela manutenção de André Campos nas duas funções.

Como a previsão é de que ele fique à frente da Secretaria somente até dezembro, a governadora, assim, evita desgastes por conta da nomeação e de um novo auxiliar – que deveria ser exonerado no fim do ano.

Com a manobra, o Governo só deve mesmo trabalhar para convencer Costa a assumir o cargo para o qual já chegou até a ser nomeado.


4 pensou em “SEJUV: disputa pelo cargo de adjunto forçou Roseana a nomear André Campos em dupla função

  1. Eita puta de esculhambação, é a momeação para este cabide de emprego, que é esta secretariazinhha club do Bolinha, aquele que menina não entra.
    Uma pequena mer.. dessas causa grande rebolice, não se faz mais nada neste governo inertes, doente e fracassado, enquanto isso a ladroagem campeia, se alastra como epidemia nos orgãos do governo.

Os comentários estão fechados.