Tadeu Palácio perdeu o “time”

Tadeu fora de tempo

A declaração do ex-prefeito e atual secretário de Estado de Turismo, Tadeu Palácio (PMDB), de que é candidato a prefeito de São Luís pelo PMDB soou mais como uma provocação do que outra coisa. Ele concedeu entrevista á Rádio Educadora AM.

“Nós administramos a cidade, esta mesma cidade que hoje está sendo administrada por uma outra pessoa [João Castelo]. O julgamento do que foi a minha administração e do que é essa administração que aí está  será o povo que irá julgar. Nós tivemos um título de Cidade Mais Limpa do Brasil, Melhor Merenda do Brasil. Fomos a segunda prefeitura do Brasil a ter um empréstimo do Banco Mundial, que não fazia convênios com prefeituras. Saneamos nossas finanças e conseguimos esse empréstimo para o desenvolvimento auto-sustentável ara a área Itaqui Bacanga. Por isso, é que seremos candidato a prefeito de São Luís”, declarou o ex-prefeito.

Tadeu é aliado do grupo Sarney desde 2009, quando foi chamado para compor a equipe da governadora Roseana Sarney. Agora, sente-se preterido pelo fato de a governadora Roseana Sarney (PMDB) ter decidido apoiar o nome do secretário de Estado de Infraestrutura, Max Barros.

A verdade é que Tadeu perdeu o time.

Dono de um bom recall na capital devido à sua passagem pela Prefeitura – principalmente depois da desastrosa administração João Castelo (PSDB) –, Palácio nutria esperança de ser o escolhido do grupo, mas, no fundo, sempre soube que não estava entre os primeiros da lista.

Foi por saber disso que o titular deste blog o alertou, ainda no mês passado, de que o melhor caminho para ele, se realmente quisesse entrar na disputa, era o PR. Um convite, mesmo que informal,  chegou a ser feito pelo deputado estadual Jota Pinto (PR), mas não foi aceito.

Declarar, agora, que quer ser candidato pelo partido da governadora – depois que as principais lideranças do grupo já declararam apoio ao nome de Max – é, sem dúvidas, uma forma de afronta á unidade da base governista.

Um equívoco…


5 pensou em “Tadeu Palácio perdeu o “time”

  1. De fato Gilberto errou o timing. Logo ele que se diz homem de grupo. Só vale se for ele o escolhido. A rejeição a Tadeu e muito grande. Só ele não percebe.

    • Na verdade, Tadeu tem um bo recall, que são os votos naturalmente dele pelo fato de ter sido prefeito. A rejeição tb é alta. Mas o maior problema é de articulação. tadeu movimentou-se de forma equivocada no tabuleiro da sucessão

  2. Olha, confesso que me empolguei com o começo da administração de Tadeu Palácio. Com ele conseguimos algo inédito que foi o título de cidade mais limpa do Brasil, deu uma maqueagem legal na Av Sao Luis rei de França mas o último ano foi decepcionante com aquela enganação daquelas marmotas que ele chamou de esculturas e enfiou nos retornos, aquilo ali foi ridículo e teve tb a história do sumiço do dinheiro dos cofres da prefeitura no apagar das luzes. Sinceramente meu candidato é Max Barros. Quero prefeitura e estado alinhados para ver Sao Luis parar de ser vitima de picuinhas políticas.

    • Na verdade, a adm Tadeu Palácio foi medianda… O problema é que, comparada à de Jackson, foi um sucesso… O último ano dele foi realmente desastroso. Abandodnou a cidade…

Os comentários estão fechados.