Enquanto povo se mobiliza, Dr. Pêta confessa que dirige bêbado

Uma verdadeira confissão de culpa a notinha do Dr. Pêta em que o proprietário do Jornal Pequeno, Lourival Bogéa, vangloria-se de, por conta das comemorações do seu aniversário, ter “escapado ‘fedendo’ do bafômetro”.

Pêta diz na nota que, perdido no Rio de Janeiro, sem GPS no veículo e “já com os ‘trabalhos iniciados'”, parou numa blitz da PM para pedir informações. E ainda conta vantagem: “Convenhamos!!! Nem mesmo o mais experiente PM do Rio de Janeiro imaginaria que um ‘queimado’, embora no início dos ‘trabalhos’, seria capaz de parar o carro em frente a uma blitz para pedir informação!!! Hahahahahahahahahahaha!!!”

Uma vergonha! Principalmente porque num momento em que São Luís inteira volta a se mobilizar pela efetivação da Lei Seca.

Veja abaixo a íntegra da nota infame.

“Pior foi meu chefe, que, sem GPS e já com os ‘trabalhos iniciados’, parou em frente a uma blitz para pedir informação a um PM sobre a localização de um bar que havia combinado com a tchurma!!! Escapou ‘fedendo’ do bafômetro!!! Claro!!! Convenhamos!!! Nem mesmo o mais experiente PM do Rio de Janeiro imaginaria que um ‘queimado’, embora no início dos ‘trabalhos’, seria capaz de parar o carro em frente a uma blitz para pedir informação!!! Hahahahahahahahahahaha!!!”


6 pensou em “Enquanto povo se mobiliza, Dr. Pêta confessa que dirige bêbado

  1. Na verdade, ele sempre foi assim. Mas do que isso, ele costuma andar com o carro com o IPVA atrasado e quando chega próximo de uma blitz, pára para entrevistar os guardas se utilizando da profissão para tirar vantagem. Esse é o Maranhão, meu amigo, que, como diria Vieira, até os céus mentem

Os comentários estão fechados.