PSDB deve expulsar Junior Mojó

Uma reunião esta semana deve marcar a expulsão do vereador de Paço do Lumiar  Edson Arouche Júnior, o Júnior Mojó, dos quadros do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).

O encontro foi marcado pelo presidente da Executiva Estadual da legende, o deputado federal Carlos Brandão.

Mojó é acusado pelo assassinato do empresário Marggion Lanyere Ferreira Andrade, 45, que aconteceu no dia 14 de outubro. A Justiça já decretou sua prisão preventiva e a do empresário Elias Orlando. Os dois permanecem foragidos.

Na última sexta-feira (11), a polícia divulgou cartaz oferecendo R$ 1 mil por informações precisas sobre o paradeiro dos dois.

Cassação

Junior Mojó também deve perder o cargo na Câmara Municipal de Paço do Lumiar. Já cassado pela Justiça por irregularidades na sua eleição, o tucano permanece no cargo por força de uma liminar.

Agora, no entanto, deve enfrentar – se aparecer – um processo de cassação interno. O que o levaria a perder de vez a vaga no Legislativo Municipal.


2 pensou em “PSDB deve expulsar Junior Mojó

  1. olá eu gostaria de saber quando vai ser a reunião do psdb para decidir o futuro de júnior mojó. Vocês podem informar??

Os comentários estão fechados.