Castelo quer aumentar carga horária de médicos do município

O prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), deve arrumar um abacaxi dos grandes para descascar assim que 2012 começar.

Ele já reuniu com sua equipe da Secretaria de Saúde, comandada pelo vereador Gutemberg Araújo (PSDB), e definiu: a partir do ano que vem, a carga horária dos médicos do Programa Saúde da Família (PSF) vai dobrar.

Atualmente, a categoria trabalha 20h semanais. Trabalharão, de janeiro em diante, 40h.

É bem verdade que o salário também deve aumentar. Mesmo assim, médicos ouvidos pelo blog não gostaram nem um pouco da medida – que ainda não foi informada oficialmente a eles.

E esse ainda não é o maior problema. Confusão grande o tucano vai arrumar se quiser estender a determinação aos enfermeiros – que também trabalham 20h semanais, teriam a carga horária dobrada, mas sem nenhum ganho a mais no salário.


5 pensou em “Castelo quer aumentar carga horária de médicos do município

    • Não deixa de ser um problema. Veja bem que fiz a ressalva de quem, além da carga horária, o salário tb aumenta. Mas o costume do cachimbo é que faz a boca torta e o pessoal parace que já está bem acomodado

  1. Se aumentar a carga horária do trabalho, a lógica é aumentar também os salários, orabolas! porisso que as pessoas se desdobram em três emprego, para ganhar + ou -, se os profissionais recebecem um salário digno como os ministros aposto que eles teriam outro emprego!?
    Ai não entra os ganaciosos!!! e nem os ambiciosos!!!

    • Não é, não, amigo. NO caso dos enfermeiros – que também podem entrar nessa – não haverá aumento de salário. Diferentemente dos médicos, eles foram contratados para trabalhar 40 horas, recebem o equivalente a isso e só trabalham 20 horas.

Os comentários estão fechados.