Deputado do PCdoB/RR manipula greve no MA

Sampaio: convidado de Flávio Dino

Do blog do Marco D’Eça

O coronel Ivaldo Barbosa não tem mais o controle da greve dos PMs e Bombeiros Militares. Esta liderança é exercida agora por um “estrangeiro”, o deputado Francisco Sampaio do PCdoB de Roraima.

Ex-membro da PM-RR, Soldado Sampaio, como é conhecido, veio ao Maranhão a pedido do ex-deputado federal Flávio Dino (PCdoB), para influenciar a posição dos grevistas.

Ontem à tarde, coronel Ivaldo se reuniu com os membros da cúpula da Segurança Pública e comunicou que está afastado do comando de greve.

A presença de Soldado Sampaio dando ordens a oficiais e praças da polícia maranhense é a prova de que a greve é política,  manipulada desde o início pelo PCdoB.

Com Flávio Dino, chefão do partido, agindo nas sombras.

Como é do seu estilo…


5 pensou em “Deputado do PCdoB/RR manipula greve no MA

  1. Para com isso rapaz, quer por queres envolver quem está -queto-, o que que Flásvio Dino, tem haver, com a incompetência da tua patroas rapá, quem paga mau os trabalhadores do Maranhão, é tua patroa, quem engana, mente, esbraveja, insulta, dar murro na mesa é… tua patroa, queres fatos novo, assunto não falta, por ex; o despreparo de quem… tua patroa, acho bom tu te preocupar, se ela toma o Lexotan 6mg todos os dias, o Gardenal…

  2. Gilberto, esse analfabeto funcional que comentou acima e como um covarde se assina como “irmão de macabeu” deveria entrar no Mobral. Como esse idiota escreve errado, rapaz…
    E, depois, ainda tem a cara-de-pau de defender o chorão…

    • São sempre assim, amigo. Preferem a covardia de uma máscara… Eu continuo aqui, dando a cara a tapa, mesmo que, algumas vezes, minha opinião não seja a da maioria (e até prefiro assim). Abs

      • Gilberto, quem é esse irritadiço Régis Marques, que dor de cutuvelo tem esse rapaz, estou muito bem com o meu português, diz pra ele que não escrevo para intelectuais e reacionário e nem pra quem é frustrado, peça a ele ler os comentário com mais calma, sou mesmo meio sarcástico, se ele ler apressado não vai entender, agora, se ele não tiver esta capacidade. Não posso fazer nada.

Os comentários estão fechados.