CPI dos R$ 73 milhões pede detalhes de contas a BB e CEF

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que está investigando o sumiço dos R$ 73 milhões de convênios entre o Estado e a Prefeitura de São Luís já tomou a primeira atitude efetiva.

Na reunião desta terça-feira (13), os deputados que compões a “CPI dos R$ 73 milhões” aprovaram requerimento solicitando do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal detalhes de todas as movimentações financeiras das contas relativas aos três convênios.

É como os parlamentares acreditam que podem desatar o fio da meada o sumiço dos recursos. “Temos que analisar detidamente todas as contas, todas as movimentações, para chegar ao destino destes R$ 73 milhões”, declarou ao blog o relator da CPI, deputado Roberto Costa.

Cópia do convênio

Como antecipou o blog mais cedo, a ex-deputada estadual e ex-secretária de Infraestrutura Telma Pinheiro deve mesmo pôr as “barbas de molho”.

É que os deputados também aprovaram hoje um requerimento para que a Secretaria de Estado de Infraestrutura cópia do inteiro teor dos processos que deram origem aos três convênios em questão.

Telma Pinheiro era a secretária à época das assinaturas e deve, inclusive, ser convocada para depor na CPI.

Novas datas

Após a sessão de hoje, a “CPI dos R$ 73 milhões” já tem nova data para se reunir: será na próxima terça-feira (20), novamente na sala das comissões.

Após isso, a comissão entra em recesso juntamente com toda a Assembléia Legislativa e retoma os trabalhos dia 17 de janeiro.


2 pensou em “CPI dos R$ 73 milhões pede detalhes de contas a BB e CEF

  1. Afinal, pra quer serve mesmo esta CPI dos 73 milhões?, somente para está em evidência, por pura falta do que fazer, deste pau mandado Roberto Rolha de Poço Costa. Querem por quer querem, tirar do foco a CPI do propinoduto do babaçú abunda.

    • Sempre que o assunto são os desmandos de Castelo tem uma turma que treme diante de qualquer investigação

Os comentários estão fechados.