Pesquisa de Duda Mendonça gera mal-estar na Prefeitura

Castelo não gostou do "vacilo"

Causou um tremendo mal-estar entre o gabinete do prefeito João Castelo (PSDB) e a Comunicação da Prefeitura de São Luís a divulgação, por este e pelo blog o Marco D’eça, de detalhes sobre a pesquisa qualitativa realizada pela Metodológica, ligada ao publicitário Duda Mendonça, analisando o quadro da sucessão na capital.

O principal problema, avaliam os aliados mais próximos do tucano, foi o fato de a pesquisa já de posse do Palácio dos Leões revelar que mais de 60% da população de São Luís avaliam a administração Castelo como péssima ou ruim.

Esses mesmos interlocutores do prefeito dizem que a Secomzinha perdeu o timing de “vazar”, via redes sociais, a informação constante de uma pesquisa da Exata, contratada pelo Executivo Municipal há quase um mês: nela, João Castelo apareceria com 55% de aprovação popular.

________________________Leia mais

SLZ quer prefeito que se relacione com o Governo

Uma placa, “três meses” e nenhuma obra

Duda Mendonça vê espaço para alternativa entre Dino e Castelo

Desgaste de João Castelo é quase irreversível, aponta pesquisa

Ninguém sabe explicar ao certo por que os dados não foram utilizados em campanhas pró-Prefeitura.

Mas agora é tarde!

E divulgar os números nesse momento soaria como uma fraude, diante da realidade apontada pela equipe de Duda Mendonça desde a semana passada.

Em tempo: Duda Mendonça por o marqueteiro da campanha vitoriosa de Castelo em 2008.


3 pensou em “Pesquisa de Duda Mendonça gera mal-estar na Prefeitura

  1. E o mal-estar no Palácio dos Leões com a pesquisa da Exata?
    No blog do Djalma Rodrigues: Governo já pensa em plano B por conta da fragilidade de Max

    A pesquisa divulgada pela Exata, que mostra o prefeito João Castelo à frente de Flávio Dino e o pífio desempenho do secretário de Infraestrutura, Max Barros, provocou um rebuliço no Palácio dos Leões. Fontes ligadas ao governo revelaram ao colunista que a governadora Roseana Sarney reagiu com impaciência ao resultado. Isso porque Max foi lançado pré-candidato a prefeito sob um forte esquema midiático. Mesmo assim, no primeiro levantamento, aparece abaixo do deputado federal Edivaldo Holanda Júnior, que desponta com 2%. Max tem apenas 1%. Desde que foi eleito, Edivaldo Holanda Júnior praticamente desapareceu de São Luís. Há quem afirme que Roseana já pensa inclusive num plano B por conta desta situação.

Os comentários estão fechados.