São Luís terá comitê gestor para tratar do abastecimento d’água

Murad explica medidas (Foto: Nestor Bezerra)

O secretário de Estado de Saúde, Ricardo Murad, informou, nesta sexta-feria (13), que um Comitê Gestor – comandado pelo secretário adjunto de Saneamento Ambiental, Jorge Mendes – ficará responsável pelas medidas que visam a melhorar o abastecimento d’água em São Luís enquanto não é concluída a duplicação do sistema Italuís.

Segundo ele, devido aos diversos rompimentos ao longo dos anos, o nível de vazão da água na adutora que abastece a capital caiu de 7.000 m³/hora, para 5.900 m³/hora. Com os dois rompimentos das duas últimas semanas, essa capacidade caiu ainda mais: para 5.040 m³/hora.

“O Governo do Estado está buscando uma solução eficaz para um problema sério, agudo, que tomou conta de São Luís”, disse Murad, que reafirmou o plano da CAEMA de perfurar 60 poços em São Luís.

“O Comitê Gestor ficará responsável por conduzir essas obras. Serão 60 poços nas áreas mais sensíveis da capital”, completou.

Ricardo Murad e o presidente da CAEMA, João Moreira Lima, embarcam, no início da próxima semana, para Brasília, onde terão audiência com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra. O objetivo é garantir ajuda federal para as obras que prometem solucionar o problema da falta e do rodízio d’água em São Luís.

Baixe aqui o mapa com os locais onde os poços serão perfurados.


6 pensou em “São Luís terá comitê gestor para tratar do abastecimento d’água

  1. Marco, essa bolha de fernamdo fialho vice, é apenas o ensaio para sua efetivacao na SINFRA dentro em breve,

  2. Poço? Mais poço? O lençol freático não é de ferro, e poço tem fundo!
    Muitos locais já dão somente água salobra, justamente pela quantidade e qualidade dos poços e o governo sai com uma pérola dessas?
    Poço é coisa de lugarejo, de cidade pequena… emergencial? Duvido, é o famoso “provinitivo”; aquele provisório que é feito para ser definitivo…

  3. Está correta a colocação do Rodrigo,eu sempre desconfiei que essa Italuis, só serve para o consórcio Alcoo x Alumar. Um rio perene como o Rio Itapecuru, com evasão de bilhões de m3 de H2O no oceano, e São Luis vivendo eterna falta de água, impossível, pra onde foi a água durante três década, e este racionamento que não acaba nunca, um dia sim e 29 não, é demais, tanto dinheiro, o último em 2009 de 225 milhões para troca da tubulação, hoje aprodecido e os milhões caindo nas conta dos paraiso fiscal da oligarquia, assim é dinheiro entregue a ratos e ratas…
    E esse pessoal ainda tem, a cara de pau de ir a Brasilia pedir dinheiro!, só sendo reforço para a campanha eleitoral que se aproxima, é demais…

  4. 72 HOSPITAIS, 60 POÇOS ARTESIANOS…. LÁ VEM O GOLPE.
    E A ADUTORA COM MAIS DE 30 ANOS SE ROMPENDO TODA SEMANA.

Os comentários estão fechados.